Número de homicídios cresce na Região dos Lagos

Os moradores da Região dos Lagos estão assustados com o aumento do número de homicídios na área. Isso porque, em um mês, do dia 19 de agosto até o dia 19 de setembro, 25 mortes foram registradas. Em Cabo Frio, por exemplo, 14 pessoas foram mortas neste período de tempo. Entre eles, um policial militar que separou uma briga e foi morto na Praça de São Cristóvão, além de um jovem motorista de aplicativo que foi encontrado morto em Guriri.

Em Araruama, o vereador Ciraldo Fernandes da Silva foi assassinado também durante o período. Já em Arraial e em Búzios, ossadas foram achadas em estágio de decomposição. Mortes também marcaram o período nestas regiões e em Cabo Frio também.

Para o Gestor de Segurança, José Maria Cadimo, os índices de crime estão maiores e os “crimes mais comuns estão sendo banalizados, aprimorando os mais sofisticados, sem que haja punição eficaz para esta crescente delinquência”. Esse índice contraria a campanha feita pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, que afirma que “o número de homicídios dolosos é o menor em quase 30 anos”.

Ainda segundo José Maria, as políticas públicas estão sendo incapazes de combater a violência. “Os investimentos realizados no setor de combate à criminalidade são aplicados de forma inadequada e não conseguem baixar as estatísticas alarmantes.”

Segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), na área do 25º Batalhão de Polícia Militar, o número de homicídios dolosos em 2019, de janeiro a julho, caiu 25,5% em relação ao mesmo período de 2018. Já o número de mortes por intervenção de agentes do Estado, quando há confrontos armados, aumentou 33%.

Para Cadimo, é necessária a ação do poder municipal “principalmente no que tange à prevenção da violência primária, já que esse tipo envolve ações focadas em fatores sociais, econômicos, psicológicos e ambientais”.

Ele ainda completa: “Reconhecemos o trabalho da polícia, no entanto, sem os investimentos necessários há décadas, o aumento do número de ocorrências foi inevitável, absorvendo praticamente todo o efetivo das Polícias Civil e Militar para o atendimento às vítimas, comprometendo todo o trabalho preventivo que deveria ter sido realizado.”

As ações da polícia que apreenderam drogas e armas na região tem também inibido a venda dessas substâncias. “A vulnerabilidade por deficiência no controle e fiscalização pelos órgãos competentes, durante vários anos, vem motivando o ingresso e comercialização de drogas, que consequentemente, são o motivo de disputa e crimes violentos”. Segundo a Polícia Civil, todos os crimes denunciados estão sendo investigados.

Fonte: O São Gonçalo 

Idoso morre eletrocutado em Maricá

Um homem de 62 anos acabou morrendo eletrocutado na tarde da última quarta-feira (18) em Maricá. O caso aconteceu por volta das 16h em Itaipuaçu, na Rua Professor Cardoso de Menezes. A vítima foi identificada como José Wilson Pereira Duarte.

Segundo informações, o idoso teria subido em um poste da rede elétrica para mexer em fios soltos, quando acabou sendo atingido por uma descarga elétrica em decorrência de um curto circuito, e acabou morrendo no local.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, em Niterói.

 

 

Guarda Municipal de Saquarema promove campanha de conscientização no trânsito

A Guarda Civil Municipal de Saquarema realizou um ato de conscientização nessa última quinta-feira (19) em comemoração à Semana Nacional do Trânsito. Os guardas organizaram uma blitz para distribuir folhetos informativos, contendo dicas para preservar a segurança e bem-estar no trânsito.

Um levantamento feito pela Seguradora Líder, que administra o DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) no Brasil, relata que em nove estados brasileiros, o trânsito provocou, em 2018, mais mortes do que crimes como homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte.

Desta forma, o objetivo principal da Semana Nacional do Trânsito é o desenvolvimento da conscientização social sobre os cuidados básicos que todo o motorista e pedestre deve ter no trânsito. Nesse sentido, ensinar atitudes de respeito, precaução e responsabilidade é essencial para a mudança do quadro alarmante de acidentes de trânsito. A Prefeitura de Saquarema, por meio da Guarda Civil Municipal, irá realizar palestras na Rede Municipal de Ensino pelo resto do mês de setembro.

DER-RJ dá início a obras de revitalização na RJ-104

O DER-RJ deu início às obras de pavimentação da RJ-104 iniciaram nesta sexta-feira (20), do Km 7 ao Km 11 (sentido Niterói), do entroncamento com a RJ-106, em Tribobó, até Alcântara. Nesta primeira fase são 4 km de intervenções de recuperação do pavimento asfáltico, com interdição de uma faixa para a execução do serviço, durante dez dias. A previsão é as obras durem, ao todo, um ano.

A revitalização da rodovia contempla serviços de pavimentação, drenagem, terraplenagem e obras especiais em viaduto, entre o Viaduto de Maria Paula, em Niterói, e a Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), e tem prazo para a conclusão no final de agosto de 2020. As intervenções são realizadas sempre em horário comercial, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

“Essa obra vai gerar desenvolvimento, geração de emprego e renda, além de dar mais segurança, agilidade e conforto aos usuários. A missão do departamento é assegurar a conservação e segurança nas rodovias”, disse o presidente do DER-RJ, Uruan Cintra de Andrade.

Daiane dos Santos visita escolas de Rio das Ostras para conscientizar alunos à respeito da água

As escolas municipais de Rio das Ostras, no interior do Rio, estão recebendo ao longo desta semana a visita da ex-ginasta e campeã brasileira Daiane dos Santos, através do projeto “Água na Escola – Gotas de Futuro”. Segundo a Prefeitura, a ação tem o objetivo de conscientizar a comunidade escolar sobre a importância do uso racional da água e das redes para coleta e tratamento dos esgotos, como também da necessidade das moradias estarem conectadas a essas redes.

O projeto começou na segunda-feira (16) e segundo o município, irá atingir aproximadamente 2.600 alunos. As seguintes unidades receberam a ação: Maria Teixeira de Paula, Simar Machado Sodré, Jerônymo da Costa Mendes, Inayá Moraes D’Couto e Ari Gomes de Marins.

Este é o segundo o ano do projeto que, segundo a Prefeitura, também aborda a questão do saneamento básico devido a desigualdade no acesso à água tratada e na coleta e tratamento de esgoto no Brasil. Daiane dos Santos, que é embaixadora do projeto, disse que o objetivo é fazer com que cada criança saia da escola com uma gotinha de consciência para o futuro.

Fonte: G1/Região dos Lagos