Moradores de São Gonçalo reclamam dos Correios

O alto número de roubo de carga é o motivo para a interrupção da entrega dos Correios em São Gonçalo. Muitos moradores reclamam que não recebem as encomendas em sua residência e precisam ir até às Agências para buscá-las.

De acordo com Instituto de Segurança Pública (ISP) o número de roubo de carga em São Gonçalo, apresenta uma queda. Em abril deste ano, comparado com abril de 2018, a queda foi de 28%. E uma queda de 24% de janeiro a abril deste ano, comparado com o mesmo período em 2018.

A manicure Lucinete Campos, moradora do bairro do Rocha, disse que paga por um serviço que não é prestado.

“Eu moro em uma rua principal. É uma coisa que atrapalha muita gente. Nós pagamos e não temos o serviço. As contas chegam direitinho, mas encomendas grandes que deveriam ser entregues com o carro do Sedex, não chegam”, relata.

O professor Paulo Augusto Medeiros, morador do bairro Colubandê disse que há um ano não recebe os produtos em sua residência. “Eu moro pertinho da Agência dos Correios, mas tenho que ir até lá buscar. E quando chego é sempre uma fila grande. Reclamação de todos os lugares”.

Os Correios informaram em nota que isso é uma medida temporária para garantir a segurança dos funcionários por conta de assaltos.

A Polícia Militar informou que está se esforçando para aumentar a segurança.