João Gilberto será sepultado em Niterói nesta segunda-feira

Um dos maiores nomes da música brasileira, João Gilberto, que faleceu aos 88 anos no último sábado (6), será enterrado em Niteroi, no cemitério Parque da Colina, em Pendotiba. O velório do cantor começou às 9h no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, em uma cerimônia aberta ao público que deve ir até às 14h. A família de João Gilberto possui um jazigo em Niterói. O sepultamento deve ser reservado para entes queridos.

João Gilberto morreu de causas naturais em seu apartamento no Leblon, na Zona Sul do Rio, na tarde do sábado. Nos últimos anos, ele já estaria com a saúde debilitada.  Considerado pai da Bossa Nova, João Gilberto surgiu no cenário musical em meados dos anos 50 e 60. Seu maior sucesso, “Chega de Saudade”, foi lançado em 1958. A partir daí, sua carreira deslanchou.

Natural da Bahia, João Gilberto viu sua música ser a percussora da exportação do estilo musical ao exterior, especialmente nos Estados Unidos. O músico faturou dois Grammys; um de melhor álbum, com o disco “Getz/Gilberto”, lançado em parceria com o americano Stan Getz — o primeiro disco de um artista não norte-americano a levar o prêmio; e o de gravação do ano, com “The Girl From Ipanema”, lançado com os vocais de Astrud Gilberto, que desbancou, inclusive, canções de Louis Armstrong, Barbra Streisand e dos Beatles.