Frentista morre baleado durante tiroteio em São Gonçalo

Um frentista morreu baleado durante um tiroteio entre policias militares e traficantes , na região da Palha Seca, Tribobó, em São Gonçalo na manhã de domingo (28).

Arilson Santiago tinha 21 anos de idade e ia ser pai em a poucos meses, ele estava a caminho do trabalho e ficou no meio do fogo cruzado.

Chorando muito, a mulher de Arilson disse que ele se despediu com um beijo antes de sair de casa.

Arilson Santiago tinha 21 anos e trabalhava como frentista — Foto: Reprodução/TV Globo

“Ele pediu ontem, falou pra mim (sic) nunca deixar ele e hoje aconteceu isso. De manhã me deu um beijo e deu um beijo na minha barriga, disse que me amava e amava a filha dele”, disse Tamyres de Araújo.

“Quando que isso vai acabar, meu Deus? Trabalhador morrendo, meu irmão tinha 21 anos. Ia fazer três meses agora que ele estava trabalhando. Quando isso vai acabar? Matando inocente. Não é bala perdida. Aí é bala achada”, falou a irmã, Ana Carolina Santiago.

Após a morte, moradores fizeram um protesto na RJ-106.

O pai de Arilson vai ao Instituto Médico Legal nesta segunda-feira (1º) para fazer a liberação do corpo. O enterro deve acontecer na parte da tarde.

A reportagem aguarda retorno das polícias Militar e Civil sobre o caso.

Fonte: g1.globo.com