Ação integrada da Polícia captura o gerente do tráfico da Vila Cruzeiro

Policiais Militares da Superintendência de Inteligência e Análise – SAI – da Coordenadoria de Polícia Pacificadora – CPP – em ação com Grupamento de Ação Tática da CPP e Desarme, através de Dados de Inteligência, e ajuda do Disque Denúncia (2253-1177), prenderam na tarde do último domingo (09), o criminoso foragido da Justiça, Carlos Alberto Santana de Melo Junior, vulgo Júnior da 29, de 36 anos.

Um dos principais Gerentes do Tráfico da Vila Cruzeiro, na Penha, Zona Norte do Rio, ele estava na condição de Evadido do Sistema Penitenciário, desde março de 2019, quando recebeu o benefício da VPL – Visita Periódica ao Lar – e não mais retornou a sua unidade prisional, o Instituto Penal Edgard Costa.

Após sair na evasão, ele reassumiu o cargo de Gerente do Tráfico na localidade e participou de diversos confrontos contra policiais da UPP da Vila Cruzeiro e do Parque Proletário, além de fazer diversas postagens ostentando nas redes sociais e debochando das autoridades.

Ele estava sendo monitorado pela SIA/CPP e Desarme, que montaram uma operação integrada neste domingo e conseguiram prendê-lo, em um churrasco se divertindo com seus amigos e familiares, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio.

A ocorrência foi conduzida a Delegacia da Desarme, na Cidade da Polícia, onde foi tomada todas as medidas cabíveis e cumprido Mandado de Prisão Nº: 0304085-89.2016.8.19.0001.0001, expedido pela Vara de Execuções Penais – VEP -. O preso foi conduzido a uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça, e assim poder cumprir o restante da pena.

A ação não resultou em qualquer efeito colateral, não havendo a vitimização de civis inocentes ou agentes do Estado. Com essa prisão a SIA/CPP contabiliza 2 cerimoniosos monitorado e preso no ano de 2022.

O Disque Denúncia recebe informações sobre a localização de foragidos da Justiça, nos seguintes canais de atendimento:

Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

(21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP “Disque Denúncia RJ”

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

Site Portal dos Procurados – em Denuncie – (procurados.org.br/contato).

Em todas as plataformas digitais, o Anonimato é Garantido.

 

 

Crédito: www.osaogoncalo.com.br