Bombeiros retomam buscas por vítimas de cabeça d’água que atingiu Capitólio (MG)

O Corpo de Bombeiros retomou neste domingo (3) as buscas por vítimas da cabeça d’água que atingiu um complexo de cachoeiras, entre São José da Barra e Capitólio (MG), na tarde deste sábado (2). Pelo menos duas pessoas morreram após serem arrastadas e cinco ficaram ilhadas.

O helicóptero Arcanjo fez uma busca aérea pela manhã na tentativa de localizar alguma vítima, mas não obteve sucesso e já retornou para Varginha (MG). Neste momento, a equipe de mergulhadores está no local para as buscas. Bombeiros procuram uma ou duas vítimas fatais, que provavelmente estão submersas no complexo de cachoeiras.

Bombeiros retomam buscas por vítimas de cabeça d’água que atingiu complexo de cachoeiras em MG — Foto: Corpo de Bombeiros

Na noite deste sábado (2), os bombeiros haviam confirmado a terceira morte causada pela cabeça d’água. Na manhã deste domingo (3), os militares informaram que apenas dois corpos foram localizados e identificados.

Eles foram encaminhados para o IML de Passos (MG). Elayla chagas Resende Corrêa de 24 anos e Helen Cristina Santos de Oliveira de 27 anos eram moradoras de Oliveira (MG).

A Marinha do Brasil divulgou uma nota na noite deste sábado (2), lamentando o ocorrido. Segundo a marinha, a inspeção naval da Delegacia Fluvial de Furnas se deslocou para o local do acidente. Eles orientaram as embarcações a se afastarem para uma área segura e recolheram os corpos de duas vítimas.

Fonte: g1.com