Câmara de Rio Bonito aprova nome do ex-prefeito Nelson Mendonça para prédio da Prefeitura, no Centro

O prédio que abrigou por muitos anos a maior parte da estrutura da Prefeitura de Rio Bonito, localizado na Rua Monsenhor Antonio de Souza Gens, nº 23, deve, finalmente, ganhar um nome. A Câmara de Vereadores de Rio Bonito aprovou, por unanimidade, na sessão do dia 17 de agosto, o projeto de lei do vereador Humberto Belgues, que denomina o imóvel de Nelson Joaquim de Mendonça, uma homenagem ao ex-prefeito da cidade por dois mandatos, 1962 e 1970. Foi ele, inclusive, que concluiu as obras do prédio que deve levar seu nome. Após a aprovação, a expectativa agora é que a Prefeitura sancione a lei aprovada pela Câmara.

Na matéria, a justificativa para a indicação do nome do ex-prefeito, dava conta de que, “Este projeto visa manter vivo na memória de nossa cidade, um empresário que colaborou muito para o crescimento de nossa cidade, tendo conduta exemplar no exercício da Chefia do Executivo, sendo exemplar durante sua gestão. A cidade de Rio Bonito merece lembrar do saudoso Nelson Joaquim de Mendonça, deixando grande legado em nossa cidade”.

Segundo o parlamentar, o filho do ex-prefeito, que também tem o nome do pai, procurou o Legislativo a fim de que Nelson Mendonça fosse homenageado em algum prédio da cidade, já que outros ex-prefeitos e políticos riobonitenses, já haviam recebido esse tributo.

“Agora a gente teve essa oportunidade, já que a Câmara deixou o prédio antigo, que foi construído pelo homenageado, a gente se sentiu feliz de ter aprovado a matéria, de fazer a homenagem, do filho dele em vida poder se orgulhar de ter o nome do pai dele. A gente espera agora que o Executivo se sensibilize e providencie a placa e inauguração do novo nome o mais rápido possível”, disse o vereador.

Para a reportagem da Folha, Nelson Mendonça, filho do ex-prefeito, disse que a homenagem, embora tardia, é muito importante. “Foi um privilégio ter um pai como ele. De uma educação ímpar, nunca levantou a voz pra ninguém, principalmente com as pessoas humildes. As pessoas encontravam nele uma forma de melhorar de vida (em relação as políticas públicas implementadas por ele). Ele pensava nas estradas, pontes, escolas e também na saúde das pessoas. Fiquei muito feliz pelo reconhecimento a alguém que dedicou a vida a Rio Bonito”, lembrou o filho.

Ele também agradeceu aos vereadores. “Em nome da minha mãe, do meu irmão Evilásio, e dos meus filhos, Rafael e Gustavo, gostaria de agradecer ao vereador Humberto e aos demais vereadores pela formulação do projeto de lei que veio concretizar a homenagem ao meu pai”.

Quem foi Nelson Mendonça?

Nelson Joaquim de Mendonça nasceu em Boa Esperança, distrito de Rio Bonito, em 10 de outubro de 1919. Começou a vida trabalhando em uma farmácia em Casemiro de Abreu, e após trabalhar em outra atividade no Rio de Janeiro, voltou para Rio Bonito e abriu uma farmácia, onde se tornou um respeitado farmacêutico. Foi Oficial do Registro Civil do 1º Distrito de Rio Bonito, e ingressou na política através do PSD.

Em 1962 elegeu-se prefeito de Rio Bonito, mas se afastou do cargo seis meses antes de acabar o mandato para se candidatar a deputado estadual. Não venceu o pleito, mas foi o candidato mais votado da região, e ficou como suplente. Em 1970 se elegeu novamente como prefeito e continuou seu trabalho. Construiu escolas, postos de saúde, calçou ruas, investiu no saneamento básico e esgoto da cidade, construiu pontes e outras tantas obras de infraestrutura para a população riobonitense.