Adolescente espanhol é internado por 2 meses com grave vício no jogo Fortnite; caso é inédito

Um adolescente espanhol ficou internado durante dois meses em razão de um grave vício ao jogo Fortnite, caso tratado como o primeiro do mundo estudado pela literatura científica. O jovem foi hospitalizado após apresentar um distúrbio comportamental que o levou a se isolar em casa e recusar interações sociais.

Segundo a equipe médica do hospital provincial de Castellón, onde o menor deu entrada, ele exibia uma série de sintomas relacionados à dependência ao jogo de videogame, entre eles rejeição de ir aos serviços de saúde, inflexibilidade pessoal persistente e pouco interesse pelo meio à sua volta.

Os profissionais de saúde informaram ainda que o jovem desencadeou alterações no desempenho das atividades básicas diárias, teve o sono prejudicado e dificuldade de aceitar o tratamento prescrito.

Desde o início do ano letivo, a família do menor, antes com um desempenho acadêmico elevado, notou um aumento do absentismo, interrupção dos tempos de descanso e desinteresse pelos estudos, o que implicou uma mudança de turma.

O tratamento envolveu tanto o adolescente quanto a família, e os resultados mostraram uma diminuição significativa no uso de tecnologias na primeira fase após a hospitalização, que consistia em promover sua socialização de maneira supervisionada. Os médicos também observaram uma melhoria no desenvolvimento pessoal e social do paciente.

De acordo com o hospital, este é o primeiro caso de vício associado ao Fortnite estudado pela literatura científica. Especialistas que integram a pesquisa alertaram para a necessidade de prestar atenção ao comportamento de jovens que dedicam horas a videogames e afins, dada “a crescente precocidade do seu consumo”, especialmente devido à “falta de maturidade nas funções executivas e cognitivas durante a adolescência”.

A pesquisa conclui que se deve fiscalizar o uso que os menores fazem dessas tecnologias, “estabelecendo limites claros e bem definidos” e “promovendo a prática de outras fontes de satisfação”.

Crédito: extra.globo.com/

Permissão para presença de público em jogos do Flamengo é derrubada pelo STJD

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva derruba a liminar que permitia a presença de público em jogos do Flamengo, e a partida da próxima rodada da Série A, domingo (19), contra o Grêmio, não terá torcida. A decisão é do vice-presidente da entidade, Felipe Bevilacqua, e foi expedida na madrugada desta quinta-feira (16).

O auditor do Pleno do STJD atende parcialmente a um pedido feito por 17 clubes e a Confederação Brasileira de Futebol. Todos pleiteavam o adiamento da vigésima primeira rodada do brasileirão, mas apenas a liminar que permitia a presença de público foi derrubada. A medida é válida até a realização da reunião do Conselho Técnico, agendada para dia 28 de setembro.

Nesta quarta-feira (15), Flamengo e Grêmio duelaram diante de aproximadamente 6.400 torcedores no Maracanã, mas pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro venceu o tricolor gaúcho por 2 a 0 e se classificou para a semifinal.

O público presente equivale a pouco menos de 27% do total permitido pela Prefeitura do Rio: cerca de 25 mil torcedores. Os protocolos foram seguidos no entorno do estádio, mas uma aglomeração foi formada por torcedores que ocupavam o setor Norte do Maracanã. Parte dos torcedores também tirou a máscara de proteção após entrar no estádio.

O Flamengo e a Prefeitura do Rio ainda não se posicionaram sobre a decisão. A partida entre o Mais Querido e o Barcelona de Guayaquil pela Libertadores, porém, na quarta-feira que vem, deve contar com torcida. O Município do Rio liberou metade da capacidade do Maracanã para o jogo: cerca de 35 mil torcedores.

 

Crédito: https://bandnewsfmrio.com.br/

Prefeitura e Governo do Estado inauguram polo da Faetec em Tanguá

Amanhã, quarta-feira (15), às 14h30, será realizada a cerimônia de inauguração do Polo profissionalizante da FAETEC no município. A abertura da Fundação de Apoio à Escola Técnica traz mais oportunidades  para os moradores de Tanguá e cidades vizinhas que buscam qualificação para crescer profissionalmente.

“Nosso objetivo é fazer com que os jovens se capacitem  para enfrentar o mercado de trabalho  preparados e com mais chances de conseguir o lugar que merecem dentro da sociedade. Agradeço pelo apoio que temos recebido do governador Cláudio Castro, que possibilitou, em  pouco tempo, conquistas que mudam para melhor a vida da população.
No caso do Polo da FAETEC, devemos muito também ao secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Dr. Serginho, pela atenção e sensibilidade social”, disse o prefeito Rodrigo Medeiros.

“Muita coisa ainda está por vir! Estamos trabalhando para fechar novas parcerias e que garantam  um espaço  maior para atendermos mais alunos. Estou muito feliz”, concluiu Rodrigo.

Atual titular da pasta de Ciência e Tecnologia no município, o professor universitário Paulo Renato Faria Ramos disse estar muito entusiasmado com a nova empreitada.

“Trazer novas possibilidades de crescimento profissional para os jovens, de uma cidade que até pouco tempo atrás tinha tão pouco a oferecer, não é apenas um desafio prazeroso, é o dever de todos nós que atuamos na área de educação pública. Estamos trabalhando essa pauta, ao lado do prefeito Rodrigo Medeiros desde fevereiro, um mês após ele ter iniciado a sua gestão.

Agora, estamos dando apenas o primeiro passo”, disse o educador e agora secretário municipal.

Inicialmente, serão ministrados cursos técnicos de Assistente Administrativo e Língua Estrangeira (Inglês), para alunos do nível Médio de ensino, a partir dos 16 anos de idade.

As inscrições deverão ser feitas no site oficial da FAETEC, pelo endereço eletrônico: http://www.faetec.rj.gov.br .

Na cerimônia que marcará o início das atividades da unidade, estarão presentes o governador Cláudio Castro; o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Dr. Serginho, entre outras autoridades.
A transmissão será feita ao vivo na página do Facebook da Prefeitura de Tanguá.

 

Crédito: Secretaria de Comunicação de Tanguá

Cachorro Zé Pereira deve ganhar estátua na Praça Fonseca Portela, no Centro de Rio Bonito

Para quem não é de Rio Bonito, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, ouvir que um cachorro pode ganhar uma estátua na praça central da cidade, pode parecer um tanto estranho, mas se depender dos cerca de 60 mil habitantes do município, o vira-latas Zé Pereira será eternizado na Praça Fonseca Portela, no Centro. Para legitimar a instalação, um grupo está coletando assinaturas que devem ser levadas a Prefeitura e assim homenagear o cão que durante anos morou nos arredores da praça e era muito bem cuidado, principalmente pela jornaleira Terezina Gomes. Ele faleceu de pneumonia no último dia 30 de agosto.

 

Como tudo começou

Assim que o cãozinho partiu, o diretor e fundador do projeto social Lona na Lua, Zeca Novais, escreveu um texto sobre ele e disse que Zé Pereira merecia uma estátua na Praça Fonseca Portela. “Zé Pereira merece uma placa, um busto, uma estátua na Praça Fonseca Portela!”. A postagem do texto no Facebook gerou mais de 600 compartilhamentos quase 900 comentários de pessoas aprovando a ideia.

A partir daí foi dado o pontapé inicial. Foi criada uma petição pública para dar legitimidade ao ato e então solicitar a instalação da estátua junto a Prefeitura. A lista já possui mais de 300 assinaturas e a estátua já foi encomendada para a artista plástica niteroiense Jô Grassini, que também é a responsável pelas estátuas de Angelo Longo e Leir Moraes, fincadas na mesma Praça, que ganhará a escultura do cãozinho.

Para Zeca, Zé Pereira “é um personagem da história da contemporaneidade de Rio Bonito, Zé Pereira marcou uma geração. É um cachorro que a gente vai contar dele para nossos filhos e netos. É um cachorro que conseguiu unir uma cidade”, revela.

 

Repercussão

A morte de Zé Pereira e a notícia da estátua se espalharam e virou assunto até mesmo na Coluna Niterói de Verdade, do jornalista Gilson Monteiro. Em um texto intitulado “Cão mais amado da cidade, Zé Pereira vai ganhar estátua em Rio Bonito (RJ)”, ele conta histórias do cachorro e sobre a homenagem que será feita. De acordo com o jornalista, o secretário de Cultura e Turismo, Janderson Muniz disse que não “existe dispositivo legal para ser destinada verba municipal para a estátua”, mas “o prefeito Leandro Pereira Neto e secretários estão empenhados em ajudar a conseguir recursos para a obra”.

 

Como participar

Quem quiser deixar sua assinatura pedindo a instalação da estátua, basta entrar neste link https://secure.avaaz.org/community_petitions/po/camara_de_vereadores_de_rio_bonito_rj_uma_estatua_para_ze_pereira_1/?cFLYoeb&utm_source=sharetools&utm_medium=copy&utm_campaign=petition-1303846-uma_estatua_para_ze_pereira&utm_term=cFLYoeb%2Bpo

Assim que a Prefeitura autorizar a instalação, o mesmo grupo, formado pela sociedade civil organizada, será aberta uma vaquinha on-line para custear a estátua de Zé Pereira.

 

Lívia Louzada

Projeto social CTAV Itinerante promove aulão em bairros de Rio Bonito

O projeto social Centro de Treinamento Árvore da Vida (CTAV), de Rio Bonito, deu início a mais um trabalho em prol de jovens e adolescentes da cidade, o CTAV Itinerante. A iniciativa tem o objetivo de promover um aulão, com oficinas de futebol, dança, pintura facial, recreação infantil, jiujitsu, capoeira e muay thai em igrejas de bairros da cidade de Rio Bonito. Amanhã, sábado (11), será o dia do bairro Caixa D’Água, na Igreja Nova Vida, que às 14h, receberá os atletas e colaboradores do projeto para este grande encontro, que ainda terá a apresentação do Ministério GPS. O próximo bairro a ser contemplado será Parque Andreia.

O atleta e fundador do projeto, Tiago Bitesnik explicou que a iniciativa visitará os bairros sempre aos sábados a cada 15 dias.

“Vamos rodar a cidade toda e dar oportunidade a bairros que dificilmente chegariam trabalhos sociais, como por exemplo Jacundá e Mineiros. Através de estruturas de igrejas, o projeto CTAV vai conseguir levar um pouco de atividade física, um pouco de amor e trabalho para a garotada”.

 

 

Lívia Louzada