Ciclovia do bairro Bela Vista, em Rio Bonito, é revitalizada

A turma do pedal e praticantes de caminhadas, que utilizam diariamente a ciclovia da Avenida Manuel, na Bela Vista, já começaram a utilizar a “nova ciclovia”. A Prefeitura de Rio Bonito finalizou a revitalização da ciclovia com a nova pintura das faixas de sinalização, no trecho entre o viaduto que dá acesso ao bairro Rio do Ouro e o Centro da cidade, iniciada este ano.

O local recebeu o serviço de capina, poda das árvores, limpeza e pintura de guias da ciclovia, que tem, aproximadamente 1,5 quilômetros de extensão, e que deu mais segurança para ciclistas e pedestres que circulam pelo local. A obra também foi feita pensando na acessibilidade com a colocação de piso tátil direcional e com alerta para deficientes visuais.

“Muitas pessoas utilizam esse espaço diariamente e essa é uma ação que qualifica a sinalização e aumenta a segurança, tanto dos ciclistas e pedestres quanto dos motoristas que trafegam pela Avenida Manoel Duarte”, afirmou o prefeito Leandro Peixe.

Mobilidade – O prefeito, que é ciclista, explicou que a tendência hoje em dia nas grandes cidades é o investimento em transportes alternativos. Segundo ele, todas as cidades estão fugindo da utilização do carro e abrindo novas fronteiras em termos de mobilidade urbana. A bicicleta é uma das maneiras encontradas pelas pessoas para se locomoverem, dados seu baixo custo, praticidade e o fato de ser um meio de transporte ecologicamente correto.

“Esta tendência tem crescido em Rio Bonito e a Prefeitura vem investindo na expansão dos locais para atender à demanda dos cidadãos que aderiram à bicicleta como meio de transporte no dia a dia. A ideia é que o corredor entre a Bela Vista e a Via Verde, seja interligado pela ciclovia”, explica o prefeito.

 

Crédito: Secretaria de Comunicação de Rio Bonito

Texto: Denilson Santos

Fotos: Rômulo Muniz

Festa da Padroeira de Maricá atraiu multidão com shows de Mumuzinho e Thiaguinho

Após dois dias de muito samba e pagode, o sertanejo invadiu o palco da Barra de Maricá com o show da cantora Lauana Prado na noite de domingo, 14, fechando o terceiro dia da Festa da Padroeira da cidade, Nossa Senhora do Amparo. O cantor Thiaguinho foi a atração principal do primeiro dia de festa, 12, e Mumuzinho do segundo dia, 13.

1º dia de festa

Pela primeira vez cantando gratuitamente na cidade, o pagodeiro apresentou músicas do novo show “Infinito”, que conta com canções de seus 20 anos de carreira. Entre elas: “Livre para voar”, “Fugidinha”, “Caraca Moleque”, “Deixa tudo como tá”, “Melhor eu ir”, “Dividido”, “Teu Segredo”, “Calma Amor”, “Sou o cara pra você”, “1 Minuto” e “Vencedor”.

“É um prazer imenso estar aqui em Maricá mais uma vez. A gente ficou um tempão sem fazer show e automaticamente sem reencontrar muitas cidades que fazem parte da história da minha vida. Eu estou completando 20 anos de carreira esse ano e já vivi muitos momentos lindos pelo estado do Rio de Janeiro e Maricá é um dos lugares. Eu fico muito feliz em participar da festa da padroeira. Sei o quanto é importante para a cidade momentos assim e eu ser escolhido para trazer e buscar alegria, porque é uma troca, isso me deixa muito feliz e honrado”, disse Thiago André que foi vocalista do grupo de pagode Exaltasamba por nove anos.

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta fez questão de cumprimentar Thiaguinho, conversou sobre algumas das políticas públicas implementadas pelo município e ainda o presenteou com uma placa pelos 20 anos de carreira.

“Que você leve essa placa como uma homenagem pública da gratidão que temos pelo trabalho que você realiza para a sociedade brasileira. Maricá é uma cidade que tem um programa de transporte tarifa zero e todo esse serviço municipal é gratuito. A população se desloca com tarifa zero. Temos uma moeda social própria que retroalimenta a economia local e as periferias da cidade. É um dinheiro que só circula na cidade e tem um grande programa de inserção universitário, o passaporte universitário para 6500 jovens, que estão saindo do ensino médio e estudando medicina custeado pela prefeitura. Só para você saber um pouco mais da nossa terra. Obrigado por tudo e sucesso no show”, disse o prefeito.

2º dia de festa

Com seu pagode romântico e sátiras engraçadas, o pagodeiro imitou pessoas famosas do meio musical e fez todo mundo rir e dançar durante duas horas de show na noite de sábado, 13/08.

“Essa é uma data muito importante em que a cidade comemora a data da Padroeira, mas eu acho que a cidade também se comemora por vários motivos. Um deles é a volta depois da pandemia, de tanto tempo parado com as atividades. E a gente poder estar junto e celebrar isso é uma honra, um prazer imenso para mim. O que eu tenho que fazer é colocar essa galera para cima e a gente comemorar junto”, disse o cantor, que já havia se apresentado na cidade em outras duas ocasiões.

Entre as canções interpretadas por Mumuzinho, estavam algumas músicas conhecidas do público, como “Me apaixonei pela pessoa errada”, “Reticências”, “Você me vira a cabeça”, “Depois do prazer”, “Se eu não te amasse tanto assim”, “Fulminante” e “Evidências”.

Para tornar a festa ainda mais divertida, David Brazil foi o apresentador da noite de comemoração, ao lado da influenciadora digital Deborah Duarte, que integra a Secretaria de Turismo.

“Para mim é uma alegria, uma honra poder apresentar, porque eu já vim aqui para ser jurado em concurso de rainha do carnaval, desfilei duas vezes pelas ruas de Maricá com a minha Grande Rio e tenho um grande amigo que tem sítio aqui. Sempre que tenho uma folga, eu saio lá da Barra da Tijuca e venho para cá, para ficar no sítio dele, porque eu amo esse lugar e essa energia. E hoje é a minha primeira vez na festa da padroeira, Nossa Senhora do Amparo e está tudo maravilhoso. Só tenho que agradecer”, contou David.

3º dia de festa

A dona do hit “Cobaias”, a cantora e compositora Lauana, apresentou as canções do álbum “Raiz”, com clássicos sertanejos que marcaram sua geração. Entre as canções estavam “Não aprendi dizer adeus”, “Efeitos”, “Elevador”, “A ferro e fogo”, “Não tem bar na cidade”, além das autorais “Cobaia”, “Viva voz”, “Primeiro eu”, “Você humilha”, “Potinho” e “Tem que respeitar”.

Ela falou sobre a oportunidade de se apresentar pela primeira vez no estado do Rio e em Maricá, na Festa da Padroeira.

“É uma honra muito grande para mim estar aqui, porque eu sei que essa é uma festa muito tradicional da região. Eu estou muito feliz porque esse é o meu primeiro show no estado do Rio de Janeiro. Estou estreando com o pé direito nessa festa incrível. E já entendi que a galera está muito ansiosa, com muita expectativa. Eu também estou e espero que as pessoas gostem do show, que se divirtam”, disse a cantora sertaneja, dona de uma voz marcante e inconfundível.

Artistas locais, como a banda TatudoEmCasa e a cantora Bruna Mandz, também marcaram presença no último dia de show na Barra em homenagem à padroeira, levantando o público.

Para Amanda Regina, 44 anos, moradora do Centro, o evento foi ótimo. “Resultado surpreendente, foi tudo maravilhoso. Valeu muito à pena ter vindo aqui”, afirmou.

Moradora de Jacaroá, Lizandra Azeredo, 27 anos, aproveitou até o último momento da festa. “Eu só vim hoje porque era sertanejo, que é o que eu mais gosto. Achei o show incrível. Segurança 100%, não teve confusão ou briga,.  Eu gostei muito. Gratidão”, disse.

União de forças fez a diferença

O secretário de Turismo, Robson Dutra, comemorou a realização de mais um evento de sucesso. “Deu um público excelente e eu quero agradecer à toda equipe da prefeitura, comunicação, segurança, trânsito, do turismo e a todos mesmo, o procurador, os funcionários da limpeza. É essa união que está fazendo realmente o sucesso dos nossos eventos”, declarou Dutra.

 

Fotos: Evelen Gouvêa e Katito Carvalho

Arraiá de Lavras tem ação social e arrasta-pé na roça

Depois do sucesso de duas edições e o intervalo de dois anos sem acontecer por causa da pandemia, o Arraiá de Lavras voltou a Rio Bonito. A festa aconteceu no último sábado (13), na quadra de esportes do bairro que fica na zona rural. Cerca de três mil pessoas de Rio Bonito e região, prestigiaram o evento que teve como atração a cantora sertaneja Paula Brito, a banda Os Ferinhas do Forró e o DJ Class. O encontro teve o apoio da Prefeitura de Rio Bonito, projeto CTAV e Instituto Ellos.

Nem mesmo o frio espantou moradores e visitantes que cantaram e dançaram a noite toda. Além da diversão, comerciantes também lucraram com a festa, vendendo vários quitutes e bebidas para a população.

Para a diretora da Escola Municipalizada Professor Santos Loureiro, em Lavras, Liliane Alves, festas como essa são uma boa oportunidade para os moradores. “Nós sabemos que as crianças, principalmente de zona rural, não têm tanto acesso a oportunidades lazer, turismo, e que essa é uma oportunidade dos trabalhadores daqui serem vistos, montarem sua barraquinha e mostrarem a cultura daqui”, disse a diretora.

Como a diretora mencionou não foram só os adultos que se divertiram, os pequenos também ganharam atividades promovidas pelo projeto CTAV, como recreação, distribuição de brinquedos e princípios de alguns esportes.

“Essa foi a vez de trazer o CTAV Itinerante para o bairro de Lavras. A última vez que trouxemos foi no ano passado, mas hoje, nosso objetivo é que os jovens possam ter acesso ao esporte e a ações sociais. Nossa intenção é que consigamos afastar os jovens das drogas e da criminalidade, e até poder gerar uma perspectiva melhor através do esporte para eles”, disse o diretor do projeto CTAV, Tiago Bitesnik.

Também prestigiando o evento, o prefeito Leandro Peixe disse que a intenção do governo é fortalecer os bairros.

“A intenção é fortalecer a economia dos bairros do interior para que a gente consiga, futuramente, que isso vire uma cultura, e a gente possa trabalhar em cima do turismo. Quando os bairros tiverem as suas atividades (planejadas), a intenção de realizarem algum evento, nos procurem para que consigamos ajudar dando apoio a esses eventos, que são de grande importância”, disse o prefeito.

 

 

Lívia Louzada

Projeto em Itaboraí atrai grandes nomes do Taekwondo e vira referência no país

Ferramenta de inclusão social, o esporte vem sendo utilizado como forma também de desenvolvimento profissional e pessoal em Itaboraí. Uma prova disso é o projeto social Taekwondo do técnico olímpico Diego Ribeiro, que conta com apoio da Prefeitura de Itaboraí, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SEMEL), que vem se tornando um celeiro de atletas de alto nível e conquistas de nível nacional e internacional do esporte.

Atualmente, o projeto conta com duas unidades localizadas nos bairros Porto das Caixas e Reta, com mais de 180 atletas de diferentes idades, entre ‘pratas da casa’ e lutadores de outros estados, como São Paulo e Rio Grande do Norte. O secretário municipal de Esporte e Lazer, Fábio Santos, ressalta a importância de fomentar projetos sociais para participação de jovens do município.

“Ver a nossa cidade sendo celeiro de grandes atletas e virar potência de treinamento em todo o país é muito satisfatório. Entendemos que o esporte transforma vidas e buscamos, através dele, o desenvolvimento pessoal dos mais novos da nossa cidade. E o projeto social Taekwondo é uma prova disso. O técnico Diego é referência em todo o mundo e escolheu a nossa cidade para difundir a arte marcial”, afirmou.

De acordo com o diretor do projeto e técnico da seleção brasileira de Taekwondo, professor Diego Ribeiro, o projeto vem crescendo muito nos últimos anos com atletas conquistando títulos e participando de grandes competições no Brasil e no Exterior. Segundo o treinador, há atletas com grandes chances de disputar as Olimpíadas de 2024.

“O esporte transforma vidas e as nossas unidades em Porto das Caixas e na Reta podem retratar essas mudanças. Através do esporte, buscamos melhorar a disciplina e educação de nossos alunos. O apoio da Prefeitura de Itaboraí é imprescindível para o funcionamento do nosso projeto. Toda a ação realizada em prol do esporte e dos jovens do município traz frutos para a cidade”, disse o professor Diego Ribeiro, que já participou de diversas competições em mais de 50 países e é treinador da seleção olímpica do esporte desde 2017.

Um dos participantes do projeto que deixou sua cidade natal para buscar melhores condições de treinamento em Itaboraí foi o atleta Paulo Ricardo Melo, de 25 anos. Ele atualmente é o terceiro colocado do ranking mundial da categoria até 54kg e forte candidato à participação nos Jogos Olímpicos de Paris, em 2024. Para o atleta, o projeto social tem grande participação na sua evolução recente coroada com a conquista de três medalhas de ouro neste ano.

“Ter uma boa estrutura de treinamento é fundamental para a nossa evolução como profissional e nós temos isso aqui em Itaboraí. Saí do Rio Grande do Norte para alçar voos maiores na minha carreira e encontrei no projeto social um forte aliado para conquistar os meus objetivos. No projeto, temos a experiência do nosso professor Diego junto de toda a sua comissão, que são fundamentais para a nossa evolução”, disse Paulinho, como é conhecido.

O projeto social também conta com a participação da paulista Milena Titoneli, de 24 anos, quinto lugar na última edição dos Jogos Olímpicos do Japão em 2020 e atual campeão Pan-Americana na categoria adulto até 67 kg; Gabriela Siqueira, de 27 anos, campeã do Pan-Americano do México, em 2021, na categoria até 73kg; e Henrique Marques, medalhista de bronze nos Jogos Pan Americano da Juventude, realizado na Colômbia em 2021.

Entre março e abril deste ano, três atletas do projeto conquistaram medalha de ouro nos Jogos Sul-Americanos da Juventude, disputado em Rosário, na Argentina. Quem tiver interesse em participar do projeto social Taekwondo, basta visitar uma das unidades, que ficam localizadas na Rua Armando Pimentel, 299, em Porto das Caixas, e Avenida Flávio Vasconcelos, lote 6 e 7, quadra 3.

Flamengo faz cinco gols no segundo tempo e goleia o Athletico

Resumão

Com uma bola aérea afiada, em especial nos escanteios cobrados pela direita, o Flamengo goleou o Athletico por 5 a 0 na tarde deste domingo, em jogo válido pela 23ª rodada do Brasileirão. Todos os gols saíram no segundo tempo, quatro deles em bolas aéreas: Fabrício Bruno (duas vezes), Ayrton Lucas, Lázaro e Pedro fizeram os gols no Maracanã. A partida serviu de prévia para o confronto que volta a acontecer na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Força pelo alto

Com a defesa do Athletico bem postada na partida, o Flamengo recorreu à bola aérea para abrir a porteira. Quatro dos cinco gols saíram de cobranças de escanteio pela direita – os dois primeiros praticamente idênticos, marcados pelo zagueiro Fabrício Bruno. Os outros dois foram marcador por Lázaro e Pedro, este último já nos acréscimos.

Embalado

Essa foi a sexta vitória consecutiva do Flamengo, que vem jogando com uma equipe alternativa no Brasileirão. Com os três pontos deste domingo, a equipe foi aos 39 pontos e assumiu a vice-liderança da competição.

Golpe duro

O Athletico conseguiu segurar o Flamengo no primeiro tempo, com destaque para o estreante goleiro Anderson, que protagonizou ao menos cinco defesas importantes. Mas, no segundo, o apagão na bola aérea decretou a goleada do time de Felipão no Maracanã. O Furacão, que vinha de duas vitórias seguidas, teve sua sequência interrompida e caiu para a quinta posição do Brasileiro, com 37 pontos.

Pareceu replay

Fabrício Bruno, que ainda buscava seu primeiro gol com a camisa do Flamengo, fez logo dois neste domingo. E no intervalo de três minutos. Foram lances muito parecidos, em cobranças de escanteio de Marinho pela direita. O zagueiro do Fla foi eleito o Craque do Jogo e dedicou os gols ao filho e ao pai.

Histórico

Essa foi a maior goleada do Flamengo em cima do Athletico na história do confronto entre os dois clubes. O histórico recente de duelos tem sido equilibrado, com vitórias para ambos os lados e encontros decisivos pelas copas.

 

Crédito: ge