Depois da polêmica, Prefeitura do Rio e Flamengo vão se reunir para discutir liberação de público no Maracanã

Representantes da Prefeitura do Rio e do Flamengo vão se reunir nesta sexta-feira (10) para discutir a liberação da presença de público no Maracanã. A informação é do prefeito do Rio. Após ter tomado a segunda dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta (9), Eduardo Paes falou sobre a decisão que permitiu o retorno gradual de torcedores ao estádio em jogos do Rubro-Negro.

Segundo ele, a ação foi tomada após um pedido feito pelo clube, baseado em exigências de um decreto da Prefeitura, ter sido analisado pela Secretaria Municipal de Saúde. Para Paes, uma das maiores preocupações é a área externa do Maracanã.

Ainda de acordo com Eduardo Paes, nenhum outro clube entrou em contato para pedir a permissão de público em estádios localizados na capital fluminense.

Apesar da autorização da Prefeitura, a Confederação Brasileira de Futebol e as outras 19 equipes que disputam o Campeonato Brasileiro decidiram manter a proibição da presença de torcedores durante o torneio. O Rubro-Negro não participou da reunião.

Os clubes também informaram que vão pedir ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva que reconsidere ou reforme a decisão liminar que autorizou o Flamengo a contar torcida em jogos como mandante.

 

Crédito: bandnewsfmrio.com.br