Elon Musk anuncia que compra do Twitter está suspensa temporariamente

O bilionário Elon Musk anunciou, nesta sexta-feira (13/5), que suspendeu temporariamente a compra do Twitter. Ele diz que vai esperar o resultado de uma pesquisa sobre contas falsas e spams na rede social. Musk quer constatar se essas modalidades representarão menos de 5% dos usuários da plataforma. Minutos depois, novamente em sua conta, ele afirmou que está “ainda comprometido com a aquisição”.

“O acordo do Twitter foi temporariamente suspenso, por detalhes pendentes sobre o cálculo de que contas falsas/spam representam, de fato, menos de 5% dos usuários”, disse o proprietário da Tesla, na própria rede social.

Ao fazer a observação, Musk compartilhou uma reportagem da Reuters sobre a estimativa feita pelo Twitter. A divulgação, segundo a matéria publicada, veio alguns dias antes da compra da rede social por Elon Musk.

Depois da mensagem, as ações do Twitter caíram 17,9% nas negociações pré-mercado da bolsa dos Estados Unidos.

No dia 14 de abril, Musk, que é dono da Tesla e da SpaceX, fez oferta para comprar todo o restante das ações do Twitter por US$ 44 bilhões, o que corresponde a aproximadamente R$ 197 bilhões. Na data, ele já havia comprado 10% das ações.

Quando o empresário comprou as ações, o preço das cotações da empresa subiu de US$ 39,31, em 1º de abril, para US$ 51,35.

 

Crédito: Metrópoles