Foragido da Justiça de Sergipe é preso em Niterói

Após a descoberta de criminosos foragidos da ,justiça do Nordeste Brasileiro atuando em São Gonçalo, mais um acusado de estar ‘nas fileiras do crime’ daquela região do país ‘caiu nos braços da lei’. Policiais do 12º BPM (Niterói), com o auxílio de informações disponibilizados pelo Disque Denúncia (2253-1177), prenderam na tarde desta quarta-feira (09), na Rua Deputado Álvaro Fernandes Fonseca, em Niterói, o foragido da Justiça do Estado de Sergipe Ronaldo Muniz Barreto Júnior, de 57 anos.

Ele era um dos 69 detentos que conseguiram fugir do Presídio Regional Senador Leite Neto (Preslen), em Nossa Senhora da Glória, no alto sertão de Sergipe, em um intervalo de apenas uma semana – entre os dias 29 de setembro e sete de outubro de 2016. Na época, a prisão se encontrava interditada e sem condição de receber mais presos, por causa da superlotação.

Entenda o caso – Na primeira fuga, os presos conseguiram serrar as grades e chegar ao pátio, onde escalaram um muro usando cordas feitas com lençóis amarrados, conhecida como ‘Teresa’ no mundo penitenciário. Já na segunda, os internos deixaram a unidade através de tuneis, de acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindpen). Nas horas subsequentes às evasões, dez presos foram recapturados.

Ronaldo estava foragido até hoje. No endereço da denúncia, em Niterói, a equipe localizou o criminoso, que franqueou à entrada da equipe na residência. Nada de ilícito foi encontrado, porém, após consulta no banco de dados, foi apontado dois mandados de prisão pendentes. O detento foi levado para 78ª DP (Fonseca), onde foi cumprido os mandados de prisão e tomadas as medidas cabíveis. O criminoso foi encaminhado para uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Bonde do Lampião – É a quarta vez esse ano que a polícia consegue encontrar foragidos do Nordeste Brasileiro na região. Em meio a disputa pelo controle das comunidades dos Complexos da Alma e da Vila Candoza, entre o bairro Almerinda, do Coelho e do Jóquei, entre o  fim de novembro do ano passado e o início de abril desse ano, a polícia conseguiu localizar três foragidos do Ceará no Complexo do Salgueiro.

Alvos prioritários da Polícia Civil do Ceará, os criminosos  José Erasmo de Sousa Filho, vulgo Erasmo, e Carlos Menezes Bezerra, vulgo Carlinhos, possuíam mandados de prisão em aberto e eram apontados como líderes do Comando Vermelho no Nordeste e foram mortos em confronto com a polícia no dia 6 de abril desse ano. Um dia depois, outro integrante do Bonde do Lampião e companheiro dos dois primeiros, Francisco Mauro Lopes Junior, de 30 anos, também foi morto em troca de tiros com a polícia no Salgueiro.

Consórcio – A conexão montada entre as lideranças do CV era que a ‘ala nordestina’ ajudassem na ‘conquista’ de territórios na ‘guerra’ contra o Terceiro Comando Puro (TCP) e recebesse, em troca, a gerência de novos pontos para explorar o tráfico e obter outros ‘lucros’ com a exploração de TV a cabo clandestinos conhecidos como ‘gatonet’, entre outras atividades. O CV conseguiu vencer as disputas com o TCP em São Gonçalo e também em comunidades da Zona Norte de Niterói, mas ainda não se sabe se o homem preso hoje no Fonseca tem ligações com a segunda facção criminosa.

O Disque Denúncia recebe informações sobre foragidos da Justiça nos seguintes canais de atendimento:

Zap do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099

(21) 2253 1177 ou 0300-253-1177

APP “Disque Denúncia RJ”

Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,

https://twitter.com/PProcurados (mensagens).

O Anonimato é Garantido.

 

Fonte: osaogonçalo