Mandados de busca e apreensão nas cidades de Rio Bonito, Saquarema e Rio de Janeiro

A Polícia Federal (PF) iniciou nesta terça-feira (20) a Operação Predestinado, que visa a apurar suspeitas de fraude em contratos da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). Um deles foi firmado em R$ 4 milhões.

Equipes cumpriram nove mandados de busca e apreensão, expedidos pela 8ª Vara Federal Criminal, nas cidades do Rio de Janeiro, Rio Bonito e Saquarema, na Região dos Lagos. Não há mandados de prisão. Em um dos endereços, a PF apreendeu dois BMWs.

Houve buscas ainda em um condomínio em Olaria, na Zona Norte do Rio. O alvo não foi revelado.

A PF afirma ter encontrado indícios de direcionamento e superfaturamento em um contrato firmado entre a Unirio e uma empresa especializada para prestar serviços continuados de operação e manutenção preventiva, corretiva e emergencial.

O nome da empresa não foi divulgado.

Segundo a PF, o material apreendido será periciado e servirá para aprofundar a investigação e responsabilizar mais pessoas envolvidas nas fraudes.

Fonte: g1.globo.com