Maricá vai investir R$ 4,5 bilhões em 2022; o orçamento teve aumento de 27% em relação a 2020

Quatro bilhões, 618 milhões de reais. É quanto Maricá vai investir em 2022, segundo a Lei nº 3.082/2021 publicada no Diário Oficial na última segunda-feira (6). A Lei Orçamentária Anual (LOA) foi aprovada no último dia 29 na Câmara Municipal. No comparativo com 2020, quando foi aprovado o montante de R$ 3,345 bilhões, houve aumento de 27%.

A Administração Municipal ficou com o maior percentual, R$ 1.099 bilhão para manutenção de atividades como gestão de convênios, capacitação e salários de servidores.

Saúde vem em seguida, com: R$ 700 milhões, 25% em relação ao ano de 2021, quando recebeu R$ 522 milhões. Em terceiro lugar, Urbanismo receberá R$ 663 milhões. A Educação, que conta com projetos como o Passaporte Universitário, deverá receber R$ 419 milhões. Um pouco mais dos que os R$ 402 milhões de 2021.

Outros setores como a Gestão Ambiental (R$ 146 milhões), Cidadania (R$ 178 milhões) e Ciência e Tecnologia (R$ 28 milhões) também receberão aumento em relação ao ano de 2021. No entanto, áreas como Segurança Pública, Previdência Social, Saneamento e Habitação estão previstas para receber menos verbas.

A Prefeitura informo que a cidade passou da 54º para a 3º posição no Índice de Participação Municipal (IPM) do Estado do Rio, atrás apenas da capital fluminense e Duque de Caxias. O que interfere na arrecadação do Imposto Sobre Circulação de Serviços (ICMS), ou seja, quanto maior o IPM, mais verba o município tem direito a receber do Estado.

De acordo com o Executivo, isso justificaria o aumento expressivo na arrecadação de receitas para o ano de 2022 em comparação ao ano de 2021. A administração acrescentou que houve aumento na captação dos royalties de petróleo.

 

Crédito: www.atribunarj.com.br