Niterói fará sequenciamento genético para identificar novas cepas do coronavírus

A cidade de Niterói passará a fazer o sequenciamento genético do novo coronavírus para identificar possíveis mutações do vírus no município. De acordo com o secretário de Saúde, Rodrigo Oliveira, o mapeamento deve começar a ser realizado na próxima semana. A medida vai permitir que a cidade esteja preparada para o enfrentamento desta nova situação e que faça uma possível mudança no plano de contingência.

“As variantes apresentam um grau de transmissibilidade maior. Isso faz com que diversas cidades estejam próximas do colapso e estamos nos precavendo para evitar que isso aconteça, vamos realizar em parceria com a UFF e governo do Estado o sequenciamento genético a partir da próxima semana”, informou o secretário.

Segundo o secretário de Saúde, o município registrou uma oscilação nos casos de coronavírus e consequentemente um aumento na taca de ocupação dos leitos na rede privada de saúde.

“Rodamos o painel do Plano de Transição do Novo Normal para o Normal e observamos um aumento de casos. Não é nada preocupante e estamos acompanhando diariamente esse e outros indicadores. Niterói permanece na estabilidade, porém seguimos acompanhando. É importante que a população mantenha o rigor com os protocolos. É fundamental que estejamos atentos para que seja possível evitar uma subida rápida de casos”, falou.