Ossada achada em rio não é dos meninos desaparecidos em Belford Roxo, diz perícia

Depois da expectativa de que a ossada achada na semana passada em um rio, fosse de pelo menos um dos três meninos desaparecidos em dezembro, em Belford Roxo, hoje, segunda-feira (2), a perícia da Polícia Civil descartou a possibilidade. Segundo a análise, o material é, na verdade, de um animal. A ossada foi coletada na sexta-feira passada (30), durante uma operação de busca pelas crianças. A ação foi realizada pela Polícia Civil, com apoio do Corpo de Bombeiros.

A informação do laudo detalhado ainda deve ser divulgado pelas autoridades. A ossada passou pelo teste depois que um homem se apresentou à polícia no fim do mês passado acusando o próprio irmão de ter participado da ocultação dos corpos. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense foi orientada a continuar as buscas.

 

Relembre o caso

Lucas Matheus, de 9 anos, Alexandre Silva, de 11, e Fernando Henrique, de 12, sumiram no dia 27 de dezembro. Eles foram vistos pela última vez em uma feira de um bairro de Belford Roxo. Uma das hipóteses apuradas pela Polícia Civil, levada à DH por uma testemunha, é a de que as crianças tenham sido mortas a mando de um traficante após furtarem passarinhos que pertenciam ao criminoso.

 

 

Fonte: Band News FM Rio