Permissão para presença de público em jogos do Flamengo é derrubada pelo STJD

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva derruba a liminar que permitia a presença de público em jogos do Flamengo, e a partida da próxima rodada da Série A, domingo (19), contra o Grêmio, não terá torcida. A decisão é do vice-presidente da entidade, Felipe Bevilacqua, e foi expedida na madrugada desta quinta-feira (16).

O auditor do Pleno do STJD atende parcialmente a um pedido feito por 17 clubes e a Confederação Brasileira de Futebol. Todos pleiteavam o adiamento da vigésima primeira rodada do brasileirão, mas apenas a liminar que permitia a presença de público foi derrubada. A medida é válida até a realização da reunião do Conselho Técnico, agendada para dia 28 de setembro.

Nesta quarta-feira (15), Flamengo e Grêmio duelaram diante de aproximadamente 6.400 torcedores no Maracanã, mas pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro venceu o tricolor gaúcho por 2 a 0 e se classificou para a semifinal.

O público presente equivale a pouco menos de 27% do total permitido pela Prefeitura do Rio: cerca de 25 mil torcedores. Os protocolos foram seguidos no entorno do estádio, mas uma aglomeração foi formada por torcedores que ocupavam o setor Norte do Maracanã. Parte dos torcedores também tirou a máscara de proteção após entrar no estádio.

O Flamengo e a Prefeitura do Rio ainda não se posicionaram sobre a decisão. A partida entre o Mais Querido e o Barcelona de Guayaquil pela Libertadores, porém, na quarta-feira que vem, deve contar com torcida. O Município do Rio liberou metade da capacidade do Maracanã para o jogo: cerca de 35 mil torcedores.

 

Crédito: https://bandnewsfmrio.com.br/