Polícia prende candidato a vereador suspeito de chefiar tráfico em Belford Roxo

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quinta-feira (29) um candidato a vereador que é suspeito de chefiar o tráfico de drogas do Complexo do Roseiral, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Os agentes também tentam cumprir outros nove mandados de prisão preventiva e 61 de busca e apreensão na operação batizada de Itália.

Segundo as investigações, o candidato, que também é líder religioso na região, teria assumido o lugar do irmão – preso – na hierarquia do tráfico. A decisão de participar da corrida eleitoral de 2020, inclusive, tinha como objetivo ter maior influência na administração pública.

Além do tráfico de drogas, o grupo que atua no Complexo do Roseiral teria começado a desenvolver atividades econômicas típicas de grupos milicianos, como extorsão de comerciantes e motoristas de transporte alternativo e venda de água e gás.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a quadrilha também indicaria síndicos para os conjuntos habitacionais da região. O inquérito aponta que os moradores desses prédios que não pagavam as taxas de extorsão do grupo tinham o fornecimento de água suspenso e podiam ser expulsos dos apartamentos.

Em nota, a Polícia Civil informou que, ao todo, 24 pessoas foram denunciadas por associação ao tráfico de drogas e constituição de milícia privada durante as investigações que culminaram nesta operação.

Fonte: noticias.r7.com