Prefeitura de Maricá implanta sistema binário de trânsito em Itaipuaçu para diminuir acidentes

Com o objetivo de tentar evitar mais acidentes de trânsito em Itaipuaçu, a Prefeitura de Maricá está iniciando hoje, quinta-feira (23), o sistema binário de trânsito do distrito. As mudanças, que se caracterizam por transformar em sentido único o tráfego das vias, acontecerão em três etapas. Na primeira, o novo sentido será implantado em quatro ruas, 32, 33, 52 e 53.

Mudanças

1ª Etapa: Ruas 52 e 53 com sentido alterado entre o trecho da Avenida 02 até a Rua 33. Passaram a ter sentido único as seguintes ruas:

– Rua 32: direção à Rua Professor Cardoso de Menezes, antiga Rua 1)

– Rua 33: direção à Rua 66

– Rua 52: direção ao Canal

– Rua 53: direção à Avenida Jardel Filho (antiga Avenida 2

2ª Etapa: Rua 35 passará a ter sentido único, com direção da Rua 66 para a Rua 01

3ª Etapa: Terá sentido único, da Avenida Jardel Filho (antiga Avenida 2) com direção ao Canal, as Ruas: 45, 47, 49, 51, 53, 55, 57, 59, 61 e 64.

– Terá sentido único, do Canal com direção à Avenida Jardel Filho, as seguintes Ruas: 44, 46, 48, 50, 52, 54, 56, 58, 60, 63

A Rua 53, a partir da Rua Van Lerbergue (antiga Rua 34) em direção ao Canal, permanecerá mão dupla devido ao acesso à ponte. Todas as ruas, exceto a 53, terão inversão de sentido a partir da Rua 34 em direção ao Canal.

Na Estrada dos Cajueiros, onde acontece a obra de duplicação da via, também será implementado o sistema nas Ruas 66 e 63, no trecho entre a Avenida 02 até a Rua Circular. A Rua 66 terá sentido único em direção à RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto). Já a Rua 63 terá sentido único em direção à Av.02.

Acidentes

No anúncio feito pelo secretário de Trânsito e Engenharia Viária, Marcinho da Construção, com a presença do prefeito Fabiano Horta, ele revelou que o objetivo de optar pelo sistema binário, foi a solução encontrada para evitar o número de acidentes que estavam acontecendo. De acordo com ele, desde janeiro de 2021, foram noticiados 92 acidentes de trânsito somente no distrito, com 51 colisões em cruzamentos, 44 vítimas não fatais e seis mortes.

“A mudança vai ajudar a evitar acidentes frontais, reduzindo os índices, além de contribuir para o ordenamento, já que com a via em mão única conseguiremos definir a distribuição de vagas ao longo do percurso, os locais de vagas regulamentadas, preferenciais e de carga e descarga”, explicou Marcinho.

Para o prefeito, é importante que a população entenda os objetivos dessas mudanças.  “Queremos muito essa sinergia de buscar com a população a percepção e o entendimento de que quando ordenamos um espaço estamos dando maior fluidez, segurança e capacidade de organização para todos. É um projeto continuado, para mais de ano, mas os ganhos são rapidamente percebidos e alimentados como um todo pela população”, afirmou o prefeito Fabiano Horta.

Transporte sustentável

Além de ter a intenção de diminuir os acidentes, com a implantação do sistema binário, a Prefeitura implementará 5 km de ciclofaixa e 1 km de ciclorrota – trechos em que bicicletas e veículos motorizados trafegam juntos, em vias com sinalização, proporcionando maior mobilidade sustentável para os moradores de Itaipuaçu.

E ao que tudo indica, essa mobilidade deve aumentar ainda mais, como conta o presidente da Empresa Pública de Transportes (EPT), Celso Haddad.

“A EPT já fez um estudo técnico preliminar e já iniciou um processo que prevê um atendimento de estações de bicicletas em todo município. Hoje, temos funcionando 20 estações para 200 bicicletas. Com essa extensão das ciclofaixas no município (em Itaipuaçu), a gente entende que quer levar essa malha de mobilidade urbana sustentável das bicicletas para todo município. A gente pretende instalar várias estações nesses trechos que hoje perfazem essa fase (de implantação do sistema binário) e depois em outros locais”, informou Celso.

Além das bicicletas, serão 2.800 vagas de estacionamento regulamentado, contando com 240 vagas exclusivas para idosos, gestantes e PCDs, além de vagas para carga e descarga, e 168 faixas de pedestres que Itaipuaçu vai ganhar.

 

Lívia Louzada