Prefeitura de Maricá recadastra protetores de animais

A Prefeitura de Maricá está recadastrando, até o dia 31/01, 205 protetores de animais que atuam na cidade para traçar um perfil detalhado dessa rede de apoio, e agilizar ações da Coordenadoria de Proteção Animal, como castração, vacinação e campanhas de adoção de cães e gatos.

Em razão do avanço da Covid-19, o processo é feito por meio do WhatsApp (21) 99546-0334. Cada protetor que solicitar o recadastramento receberá um questionário e terá seu cadastro efetivado logo que enviar as respostas e passar por uma avaliação.

O coordenador Fabiano Novais diz que cadastro importante também para balizar projetos da Prefeitura e a elaboração de políticas públicas para melhor qualidade de vida dos animais que vivem sob os cuidados dos protetores.

“Nosso objetivo é atualizar as informações de quantos protetores continuam atuantes e também saber a quantidade de animais sob seus cuidados, se são felinos e caninos, machos ou fêmeas. Vamos apurar ainda quantos já estão castrados e ainda faltam castrar. Importante saber quais protetores fazem ação de resgate de animais, oferecem lar temporário e colocam para adoção. Alguns atuam ainda cuidando dos animais de rua, sejam eles felinos em colônias ou cães comunitários”, afirmou.

Vacinação e castração de animais

Com as informações, a Coordenadoria de Proteção Animal irá garantir vacinas antirrábicas para estes animais em parceria com a Coordenadoria de Vigilância Ambiental em Saúde, priorizar as castrações daqueles que ainda não passaram pelo procedimento e estimular a participação dos protetores nas campanhas de adoção.

Todos os protetores receberão a visita da coordenadoria para confirmar as informações e efetuar as vacinas antirrábicas. Os cadastros novos serão avaliados antes de serem efetivados como protetores. As vacinas domiciliares somente serão garantidas aos recadastrados, sendo que os novos cadastros serão incluídos no próximo programa de vacinação.