Prefeitura de Rio Bonito divulga nota sobre ‘revacinação’ e fala sobre responsabilização

A Prefeitura de Rio Bonito divulgou uma nota, nesta sexta-feira (30), em que alerta para a prática da “revacinação”, e suas responsabilizações legais. Segundo a publicação, a Secretaria Municipal de Saúde de Rio Bonito, através do Programa de imunização, alerta sobre o crime de revacinação. Pessoas procuram Unidades de Saúde para se imunizar com diferentes tipos de vacina contra a Covid-19, uma conduta que pode gerar responsabilidade cível e criminal por parte do “revacinado”, configurando fraude e dano moral coletivo, além de possíveis problemas de saúde. De acordo com a nota, está sendo feito um levantamento dos casos de “revacinação”, que serão encaminhados aos setores responsáveis.

“A ação segue a Recomendação Administrativa Nº 16/2021 do Ministério Público (MP) do estado do Rio de Janeiro. Segundo a equipe Sanitária, tal ato pode prejudicar a saúde e que não se sabe dos efeitos colaterais do ‘cruzamento ou sobreposição’ de doses de vacinas diferentes, além de comprometer o Plano Municipal de Vacinação com indivíduos já vacinados desviando doses que deveriam ser direcionadas ao restante da população ainda não agraciada pelo imunobiológico.

Informamos ainda que um levantamento dos casos de revacinação está sendo realizado através dos dados constantes dos sistemas informatizados e serão encaminhados ao setor responsável para acompanhamento de tais casos, bem como notificação ao Ministério da Saúde e Ministério Público para as devidas providências”.

 

 

Fonte: Secretaria de Comunicação Social