Prefeitura do Rio fecha evento com 700 pessoas em bar na Barra da Tijuca

A Secretaria Municipal de Ordem Pública do Rio interrompeu eventos irregulares e registrou 53 infrações sanitárias entre a noite de sexta-feira (3) e a madrugada de domingo (5). No sábado (4), um evento com cerca de 700 pessoas em um bar, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, foi encerrado. O mesmo estabelecimento já tinha sido interditado em operações anteriores. Um homem foi levado para a delegacia por desacatar guardas municipais.

Um bar no Recreio, na mesma região, e uma boate em Copacabana, na Zona Sul, também foram interditados. Os dois realizavam eventos com cerca de 100 pessoas. No Rio das Pedras, na Zona Oeste, um bar foi fechado por falta de documentação necessária para funcionamento.

Equipes da Prefeitura também multaram estabelecimentos por aglomeração em Realengo, também na Zona Oeste, e na Tijuca, na Zona Norte.

As quadras do Império Serrano e da Viradouro também foram palco de desrespeito às regras de prevenção contra a covid-19. Imagens que circulam pela internet mostram a falta de distanciamento. Na quadra da escola de samba de Niterói, os presentes faziam coreografias sem máscara, durante evento da disputa de sambas, que permite até 450 pessoas. A agremiação disse que o espaço filmado era reservado para as torcidas dos sambas, e que as recomendações sanitárias são cumpridas pelos profissionais da escola, mas afirmou que vai ratificar a necessidade de obedecer às medidas preventivas em eventos futuros.

Já a escola de Madureira disse que o evento não foi realizado pela agremiação e que o espaço foi alugado para os organizadores. O Império disse ainda que os protocolos de segurança foram respeitados.

 

 

Crédito: Band News FM Rio