Sebastiana promove festival virtual com músicas e debates sobre o carnaval de rua pós-pandemia

A pandemia ainda não permite aglomerações, mas já é possível começar a discussão para o carnaval de rua de 2022. Pensando nisso, a Associação Independente dos Blocos de Rua (Sebastiana) realiza nos dias 3 e 4 de setembro o festival virtual “Meu bloco nas redes – 36 anos de retomada carnavalesca”, com debates e muita música.

Com transmissão pela internet, o festival – que integra a 16ª edição do fórum Desenrolando a Serpentina – vai ter duas mesas de conversa sobre a retomada da folia pós-pandemia de Covid e uma live musical com a participação de dez blocos, que vão relembrar a retomada do carnaval de rua nos anos 1980 e 1990.

Segundo Rita Fernandes, presidente da Sebastiana, a ideia do festival é buscar, através da valorização da cultura carioca, minimizar os impactos negativos da pandemia.

Os debates virtuais, no dia 3, vão contar com a participação de representantes da Secretaria Estadual de Cultura, blocos, ligas, jornalistas e pesquisadores. Veja a programação.

Dia 4 de setembro

  • 20h – Live musical: passeio musical pela história dos blocos que fizeram a retomada do carnaval de rua com Moyseis Marques, Marina Isis, Leonardo Bessa, Cláudia Baldarelli, Didu Nogueira, Deivid Domênico, Léo Simpatia, Ronald Valle e Maju Nunes, acompanhados das baterias dos nove blocos da Sebastiana e do Clube do Samba.
  • Mestre de cerimônia: Alinne Prado
  • 21h30 – Festa Carnaval Remix: o DJ MAM e o VJ Raton fazem uma releitura de clássicos dos blocos misturados como samba, bossa nova e funk, com projeções super animadas.

Serviço:

  • Festival Sebastiana “Meu bloco Nas Redes – 36 anos de retomada carnavalesca”
  • Dias: 3 e 4 de setembro
  • Transmissão: canal da Sebastiana no YouTube

Crédito: G1