Corpo do radialista Ronaldo Jr. será sepultado hoje, às 17h, em Tanguá

A perícia concluiu que a morte do radialista e locutor Ronaldo Júnior, de 57 anos, foi causada por choque elétrico, que ocasionou uma parada cardíaca. O corpo foi encontrado no início da noite de ontem (5), dentro de casa, no bairro Ampliação, em Tanguá. A morte teria ocorrido na noite de segunda feira. Paulo Ronaldo de Almeida Oliveira, seu nome verdadeiro, chefiava o posto do Detran de Tanguá e era uma figura bastante conhecida na região.
O corpo do radialista foi encontrado por uma vizinha, depois que colegas de trabalho foram à sua casa, por volta das 19h de ontem. Eles estranharam que Ronaldo não apareceu no posto na terça e na quarta-feira, e também não atendia as chamadas no telefone. A  vizinha resolveu olhar pelos fundos da casa, com a ajuda de uma lanterna, já que não havia luz acesa no primeiro piso do imóvel. Após avistar o corpo caído, ela resolveu chamar o irmão de Ronaldo, que sabia onde ele guardava a chave da casa. Eles encontraram o radialista descalço, vestindo apenas uma bermuda.
Natural de Itaperuna, noroeste do Estado, Ronaldo Júnior morava em Tanguá há vários anos. Com passagens por algumas rádios da região, sua voz grave e possante o alçou a apresentador de shows de grandes nomes da música brasileira, como Roupa Nova, The Fevers, entre outros. Trabalhou em campanhas de vários políticos da região, e integrou a equipe de Comunicação da então prefeita de Rio Bonito, Solange Almeida, no primeiro e no segundo mandato dela, entre 1997 e 2004. Mais tarde, se uniu ao deputado estadual Marcos Abrahão, e foi nomeado para chefe do posto do Detran de Tanguá, atividade que conciliava com a de locutor de shows e eventos, viajando por vários estados. Com a prisão do deputado, Ronaldo ficou afastado do Detran por cerca de dois anos. Ao retomar o mandato, o parlamentar conseguiu nova nomeação para ele, que voltou ao posto no final de março deste ano.

Um tanguaense de coração

Membro da Igreja Assembleia de Deus, Ronaldo Júnior amava a cidade que escolheu para morar, e era um dos maiores divulgadores dos seus recantos, seus atrativos naturais e sua gente. Amante do ciclismo, era comum vê-lo em sua bicicleta percorrendo os mais distantes e belos lugares do município. Os roteiros percorridos eram mostrados em belas fotos no seu perfil do Facebook. Uma mensagem enviada pra ele pelo seu pastor, no dia do seu aniversário, no último 6 de abril, definia bem o locutor: “Amante da natureza, cristão, visionário e pessoa de bem”.
Ele era pai de um filho, Tiago Giromoto e tinha três netos. Seu corpo está sendo velado desde às 14 horas no cemitério de Tanguá, onde será sepultado, hoje, às 17 horas.

Tanguá terá Casa Rosa

A vereadora de Tanguá, Márcia Matos, apresentou uma indicação legislativa ao prefeito Rodrigo Medeiros, para implantação de uma Casa Rosa visando atender as mulheres em diversos setores. De acordo com ela, a Casa Rosa visa garantir a ampliação de serviços voltados exclusivamente para o público feminino.

“A Casa Rosa será um espaço integrado com acolhimento e humanização que visa garantir acesso da população feminina aos serviços de promoção da saúde, planejamento familiar, orientação jurídica e estímulo a autonomia financeira. O prefeito atendeu nossa indicação legislativa e já alugou o espaço onde será implantado o projeto”, explicou Márcia Matos.

A cidade de Tanguá possui sua maioria populacional composta por mulheres.

“Assim como no país, a cidade de Tanguá também possui maioria populacional composta por mulheres e isso nos leva a indicar o Projeto de implantação da Casa Rosa que dará maior atenção às políticas públicas para as mulheres. Esperamos, em breve, ver inaugurada a Casa”, finalizou a vereadora.

A ideia inicial é que o espaço a ser implantado no bairro Pinhão tenha atendimento especializado em algumas áreas, incluindo mastologistas, nutricionistas e exames como mamografia, ultrassonografia, preventivo, colonoscopia, entre outros.

Rio Bonito e Tanguá pretendem realizar ações em conjunto para o desenvolvimento das cidades

Rio Bonito e Tanguá

Representantes da Prefeitura de Rio Bonito e Tanguá se reuniram para tratar de assuntos relacionados a cultura e turismo no eixo entre os dois municípios com o objetivo de estreitar os laços e promover o desenvolvimento regional.

Durante o encontro realizado nesta segunda-feira (11) num hotel da cidade, foram discutidas questões comuns entre as cidades, principalmente na área do turismo relacionada ao patrimônio natural de ambos, como é o caso da cachoeira de Tomascar. Placas de sinalização turística, projetos de resgate das linhas férreas para a prática do turismo também estiveram na pauta.

Representaram o município de Rio Bonito o vice-prefeito José Américo, o secretário de Cultura e Turismo Janderson Muniz, o secretário de Agricultura e Desenvolvimento Teilor Cerqueira, e o secretário de Segurança e Ordem Pública Rafael Sodré. O município de Tanguá foi representado pelo secretário de Cultura e Turismo, Reginaldo Serrano, a subsecretária de Cultura e Turismo, Laila Karoline, a Diretora de Cultura e Turismo, Silvia Plá, além da Diretora de Turismo, Elaine Biral.

 

 

 

 

Tanguá e Rio Bonito vão bloquear os acessos à cachoeira de Tomascar

Em ação conjunta, as prefeituras de Tanguá e Rio Bonito vão bloquear, neste sábado (27/03), os acessos à Cachoeira de Tomascar, ponto turístico de grande movimentação e que está localizado na divisa dos dois municípios.

A iniciativa visa impedir a entrada de turistas no local em respeito ao decreto estabelecido nas duas cidades, como medida de contenção ao avanço do coronavírus na região.

A prefeitura de Tanguá irá instalar placas de sinalização em diversos pontos informando a interdição da cachoeira, além de destacar equipes da Guarda Municipal, em parceria com outras secretarias municipais, para realizar a fiscalização dos acessos.

Como medida de prevenção, a prefeitura de Rio Bonito também atuará na fiscalização de bares e restaurantes da região, cujos acessos ao local através do município estarão bloqueados até o fim do prazo determinado no decreto.

Em Tanguá, o novo decreto assinado pelo prefeito Rodrigo Medeiros entrará em vigor neste sábado. A decisão visa respeitar a recomendação do Ministério Público, que orientou os municípios a elaborarem ações para frear o avanço do coronavírus na região.

Até a divulgação do último balanço realizado pela secretaria de Saúde do município, no mês de março foram registrados 116 novos casos de Covid-19, com 6 óbitos confirmados. Outros 3 seguem sob investigação.

Tanguá adota novas medidas de restrição contra o avanço da Covid-19

O prefeito de Tanguá, Rodrigo Medeiros, assinou,  nesta quinta-feira (25), o decreto que autoriza a suspensão de atividades consideradas não essenciais no município pelo período de 10 dias.

De acordo com o decreto que entrará em vigor nesta sexta-feira, será vetada a abertura do comércio local, além de outros estabelecimentos como bares, academias e casas de shows. O funcionamento de supermercados, farmácias e serviços bancários será mantido. Além disso, foram adotadas medidas para promover o isolamento social e impedir aglomerações serão adotadas.

Para Rodrigo, a estratégia adotada poderá auxiliar no combate à Covid-19 no município.

“Estivemos reunidos com diversos profissionais de saúde nos últimos dias, sempre buscando pensar na melhor forma de execução de uma ação eficaz. Essa não é uma decisão fácil, mas vamos enfrentar esse momento difícil juntos, na certeza de que estamos preservando vidas”, disse o prefeito.

A decisão visa respeitar a recomendação do Ministério Público, que orientou os municípios a elaborarem ações de contenção para frear o avanço do coronavírus na região.

Até a divulgação do último balanço realizado pela secretaria municipal de Saúde, no mês de março foram registrados 116 novos casos de Covid-19 no município, com 6 óbitos confirmados. Outros 3 seguem sob investigação.

Decreto nº 0031-2021 Adoção medidas Covid (1)