Um homem foi preso após ser acusado de assaltar passageiros de um ônibus da linha Rio Bonito X Rio

Um homem que é acusado de ter assaltado um ônibus que fazia a linha da Rio Ita Rio Bonito X Rio (Centro), foi preso em flagrante pela Polícia Militar na manhã desta terça-feira (7), próximo ao Instituto Médico-Legal (IML), no Rio. Passageiros contaram que ele e um comparsa exigiram celulares e dinheiro de todos que estavam dentro de um ônibus que sai de Rio Bonito às 4h30. O outro homem fugiu.

Passageiros disseram que os acusados entraram no veículo, anunciaram o assalto e falavam que estavam armados.

“Eles diziam: ‘Todo mundo me dá o telefone’, eles queriam o telefone, dinheiro. Alguns tentaram esconder. Eu não estava entendendo bem. E ele dizia: ‘Eu vou matar todo mundo’. Os homens do ônibus perceberam que ele não estava armado e foram para cima. Quando a gente foi chegando aqui [IML], tinha o carro de polícia, e fizeram um auê dentro do ônibus. Aí todo mundo percebeu”, contou uma passageira, muito nervosa.

O motorista do ônibus, que não quis ser identificado, contou que foi agredido pelos homens e que lembrou do lugar onde a patrulha da PM costuma ficar.

“Ele segurou o cara que estava ali e anunciou o assalto. Falou: ‘Puxa o carro, puxa o carro!’ Nisso eu percebi que a arma não saía da cintura. E eles começaram a me agredir. O ônibus está todo avariado, eu tomei muito soco, muita pancada na cabeça. E, como eu sei que aqui na frente tem um policiamento. Aí foi que tivemos ênfase nessa situação de pegar ele ali”, afirmou o motorista.

O homem preso em flagrante possui anotação criminal por assalto a pedestre em março deste ano.

Os passageiros desceram e o motorista levou o veículo para a delegacia, para prestar queixa do caso. Outra passageira contou que os assaltos são frequentes.

Quase todo dia é isso. É um inferno. A gente já vem apreensivo. Eram dois caras. Um desceu e correu. Não deu tempo”, disse.

Depois do flagrante, viaturas reforçaram o patrulhamento na região para tentar encontrar o outro homem.

Fonte: Portal g1
Fotos: Reprodução/ TV Globo