Prefeito assina convênio e garante o repasse de R$ 2,8 milhões para a saúde

Uma boa notícia para os moradores de Rio Bonito. O prefeito José Luiz Mandiocão e o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, assinaram um Termo de Cooperação Técnica que garante o repasse de R$ 2,8 milhões para investimentos na área de saúde no município. A assinatura, realizada nessa quinta-feira (13) na sede da secretaria de Saúde do Estado, contou com a presença da secretária municipal de Saúde, Dailane Magalhães, além do deputado estadual, Anderson Alexandre, e do deputado federal, Áureo Ribeiro, que viabilizaram a liberação dos recursos.

Esses recursos, de acordo com o termo de cooperação que foi firmado, serão utilizados para a compra de equipamentos para as unidades de saúde do município, como tomógrafo, aparelho de endoscopia, mamógrafo, eletrocardiógrafo, bomba de infusão, ventilador pulmonar, monitor multiparâmetro, computadores, impressoras, no-breaks, além de ambulância e veículos de passeio, entre outros, que irão auxiliar no trabalho dos profissionais de saúde.

O prefeito José Luiz Mandiocão comemorou a assinatura desse convênio, e disse que essa verba vai dar condições de ampliar e melhorar o atendimento prestado à população.

“Agora teremos mamógrafo e tomógrafo na rede de saúde pública própria do município. Estávamos em busca desses recursos, que chegam em ótima hora, pois estamos ampliando cada vez mais os serviços de saúde de Rio Bonito”, declarou o prefeito agradecendo o apoio dos deputados Anderson Alexandre e Áureo Ribeiro.

Segundo a secretária de Saúde, Dailane Magalhães, os recursos servem para qualificar os atendimentos no município, humanizando a assistência.

“No total são R$ 2,8 milhões que serão destinados a aquisição de novos equipamentos, para o aparelhamento e estruturação das nossas unidades de saúde”, esclareceu a secretária.

O aparelhamento das unidades deve respeitar os projetos e os cronogramas apresentados pelo município à Secretaria de Estado de Saúde. Após a conclusão desse processo, a prefeitura também deve enviar a prestação de contas. À SES cabe providenciar o repasse de recursos.