Espaço Cultural é inaugurado em Rio Bonito

Um espaço convidativo e repleto de conhecimento. É assim a Sala de Estudos José Lavaquial Biosca, inaugurada, no último dia 7, na Chácara União, na Mangueirinha, em Rio Bonito. Idealizado pelo desembargador Carlos José Martins Gomes, o novo espaço cultural tem por objetivo inserir a leitura, cada vez mais, no cotidiano dos estudantes. A sala de estudos fica na Biblioteca Padres Germano e José de Menezes, religiosos comprometidos com a educação.

“A leitura é peça primordial para o processo de aprendizado dos alunos e na formação do indivíduo. Com esse espaço vamos promover cada vez mais o hábito da leitura na infância, ajudando, assim, a despertar nas crianças o senso crítico, além de auxiliar o aprendizado e desenvolvimento social”, disse o desembargador Carlos José durante a cerimônia de inauguração.

O espaço conta ainda com uma biblioteca repleta de livros de literatura, história e filosofia, além de diversas obras jurídicas, romances e sobre doutrina espírita e religião em geral. Prestigiando o evento, o desembargador Lindolpho Marinho, da 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, elogiou a iniciativa do colega. “Que mais iniciativas como essa possamos ver por aí. Mais pessoas trabalhando pela educação e cultura dos nossos jovens. Um país que não investe em educação não vai a lugar algum. Parabéns por esse espaço e que ele possa gerar muitos frutos”, disse.

Neto do homenageado, José Lavaquial Neto fez questão de agradecer a iniciativa. “Está sendo uma homenagem muito linda. É muito gratificante ver que o trabalho do meu avô fez e continua fazendo diferença na vida das pessoas. É muito bacana ver esse reconhecimento, ainda mais através de uma sala de estudos onde centenas de jovens poderão aprender e se desenvolver ainda mais”, afirmou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Homanageado

Ao falecer com 92 anos, em 1988, o professor Lavaquial havia dedicado 70 anos à Educação. Ele foi o mestre de várias gerações que, sob sua elevada e enérgica direção, frequentaram o famoso Colégio de Pádua, em Santo Antônio de Pádua, onde a mãe do desembargador Carlos José Martins Gomes, Anita Navega, se formou no curso normal. Lavaquial acreditava que a educação servia ao progresso material e com maior força ao desenvolvimento espiritual do homem em busca de Deus.

O evento contou ainda com a presença do desembargador aposentado Ademir Pimentel, da nora do homenageado, Teca Lavaquial, do general Camilo Martins Gomes, da vice-prefeita Rita de Cássia Martins Borges e vários convidados, que foram recepcionados com um coquetel.