Covid-19: Búzios volta a restringir circulação após aumento nos casos

A Prefeitura de Búzios anuncia a intensificação e ampliação das medidas de combate à Covid-19. No intervalo de apenas um dia, o número de pessoas contaminadas na cidade passou de 730 para 904, um aumento de 174 casos em 24 horas, um registro bem elevado em relação à média observada nas últimas semanas. Levando em conta este grande aumento no número de casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, e o relaxamento da população em relação ao cumprimento dos protocolos de segurança sanitária, o prefeito em exercício Henrique Gomes determinou a adoção de ações em diversos setores da cidade, envolvendo o trabalho de todas as secretarias.

A obrigatoriedade do uso de máscara em locais públicos, estabelecimentos comerciais, transportes públicos e praias, será observada por agentes de posturas, guardas municipais e salva vidas.

Entra em vigor o Decreto 1.517, que altera o Decreto 1.405 sobre a restrição de circulação noturna em toda a cidade. A partir do novo decreto, não será permitida a entrada no município das 22h às 6h. Somente veículos que comprovem serviço essencial estarão autorizados a entrar neste horário. Os transportes públicos intermunicipais continuarão operando no período, mas todos os usuários deverão comprovar residência em Búzios ou vínculo de trabalho ligado a serviço essencial. A circulação noturna dentro dos limites da cidade está liberada.

As barreiras sanitárias localizadas nas duas entradas do município, Rasa e Centrinho, seguem operando normalmente, com a presença de agentes de saúde que realizam a aferição de temperatura de todos que chegam a Búzios. Nesses locais, guardas municipais e guardas marítimos ambientais conferem a documentação de moradores, trabalhadores e visitantes. Para entrar no município é necessário apresentar comprovante de residência ou vínculo de trabalho na cidade. Visitantes devem apresentar o QRCode emitido pelos estabelecimentos comerciais e meios de hospedagem.