Policial Militar é acusado de extorsão em Araruama

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), em parceria com a Polícia Civil, realizou nesta quarta-feira (2) em Araruama, na Região dos Lagos, uma operação para prender três acusados de agredir e extorquir moradores do município.

De acordo com as duas denúncias apresentadas, o grupo, chefiado pelo ex-policial militar Marcos André Rodrigues Gloria Machado, o ‘Marcão’, e composto pelo policial militar Maicon de Souza Ribeiro, lotado no 12º Batalhão de Niterói, e por Michel de Souza Ribeiro, roubou R$ 10 mil, um carro e celulares e tentou tomar para si, por meio de ameaças e agressões, um imóvel na região da Pontinha.

Segundo as investigações, no dia 15 de fevereiro, por volta das 11h, na Estrada de São Vicente, Maicon e Marcão, com a ajuda de uma pessoa identificada como “Diego”, mediante violência física e grave ameaça com o emprego de arma de fogo, obrigaram uma das vítimas a sacar R$10 mil de sua conta bancária e entregar o valor aos mesmos. Além disso, também roubaram um automóvel pertencente à mãe da vítima, identificando-se como policiais.

Em outra oportunidade, no dia 5 de julho, em uma residência no bairro Pontinha, Maicon, Michel e “Marcão”, também com a ajuda de “Diego” e mediante agressões físicas, ameaça com arma de fogo e restrição de liberdade, obrigaram uma das pessoas encarceradas a entregar a escritura de sua casa e a se retirar do imóvel, juntamente com o filho, com o objetivo de se apossarem ilegalmente do bem. Além disso, tomaram para si dois aparelhos celulares pertencentes às vítimas.

As investigações prosseguem para identificar se os denunciados tem envolvimento na milícia local.

Segundo a assessoria da Secretaria de Estado de Polícia Militar, a Corregedoria Geral da Polícia Militar está atuando em conjunto com o Ministério Público e confirmou a prisão do policial do serviço ativo. Ele foi encaminhado para a Unidade Prisional da PM.

Fonte: Plantão Enfoco