Personalidade da internet ‘Bunitininho’ morre durante operação do BOPE no Morro do Dendê, no Rio

Uma operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar no Morro do Dendê, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, deixou quatro pessoas mortas. Entre elas, está Diego Buiu, o ‘Bunitinho’, fenômeno das redes sociais. Ele teria sido baleado quando deixava um baile funk que acontecia na comunidade.

A identidade das outras três vítimas ainda não foi revelada. Uma delas seria o empresário de Bunitinho, mas o fato não foi confirmado. Bunitinho chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Municipal Evandro Freire, também na Ilha do Governador, mas não resistiu aos ferimentos de fuzil e morreu.

Após viralizar na internet, Diego passou a realizar eventos, convivendo também com artistas como o cantor Nego do Borel. Com 400 mil seguidores no Instagram, ele teve participações em programas como o Balanço Geral, na TV Record, e na Rádio FM O Dia.

Nas redes sociais, fãs e admiradores de Bunitinho lamentaram o ocorrido.

A morte do bunitinho é mais triste do que se imagina, é um crime e envolve muito preconceito. Anão, negro, favelado e fora dos padrões de beleza fazendo sucesso. E o final não foi diferente de muitos outros: assassinado. Parem de dizer que é mimimi, só não enxerga quem não quer”, tweetou uma conta. “Mais uma vez essa cena se repete, tiraram a vida de mais um inocente, quando isso vai parar ?? BRUTALMENTE ASSASSINADO e a culpa agora é de quem? QUE COVARDIA !! Tiraram da gente um dos sorrisos mais alegre, inocente e sincero que existiu, vai com Deus Bunitinho !!”, lamentou outro internauta. 

“2019 já pode acabar. Essa alegria que a gnt recebia toda sexta no WhatsApp vai ficar no nosso coração!!”, comentou outro usuário, compartilhando um vídeo de Bunitinho. “DESCANSE EM PAZ BUNITINHO! TORCEDOR ILUSTRE, FARÁ FALTA!”, lamentou um flamenguista no Twitter, publicando uma foto de Diego com a camisa do clube.