Idosos com 66 anos começam a ser vacinados nesta segunda-feira

A secretaria de Saúde começou nesta segunda-feira (12) a aplicação da primeira dose da vacina em idosos com 66 anos. O cronograma de vacinação da Covid-19 está sendo feito com as doses que chegaram na sexta feira(09). A aplicação das doses acontecem nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) da Mangueira, Parque Andréa, Nova Cidade, Boa Esperança, Rio Vermelho, Viçosa, Boqueirão, Serra do Sambê, Rio do Ouro, Jacuba, Lavras, Colina da Primavera, Sambê, Bela Vista, Clínica da Família, Praça Cruzeiro, Ipê, BNH, Cajueiro, Parque Indiano e Basílio, onde o idoso deve estar cadastrado. Não é necessário chegar de madrugada, já que as unidades estarão abertas no horário das 9h às 16 horas. É necessário levar o CPF e comprovante de residência.

Durante a semana de 05 a 09 de abril, foram vacinados idosos entre 67 a 69 anos. A quantidade recebida para primeira dose vai imunizar a população de 66 anos e idosos de 67 anos que, por algum motivo, não puderam receber a vacina no momento que estava sendo disponibilizada. Para os idosos de 65 anos, a vacinação acontece assim que o município receber mais doses.

Vacinação Itinerante – Vale lembrar que o local de vacinação dos idosos residentes no Centro, Caixa D Água, Paineiras e locais que não possuem unidades de ESF, a vacinação será feita no Centro Pediátrico Municipal Dr. Almir Branco. Já nos bairros do interior de difícil acesso, a vacinação acontece de forma itinerante, no dia 13 de abril (terça-feira), nos ESFs da Mata, Catimbau, Rio Seco, Vertente, Mineiros, Jacundá e Braçanã.

A secretária de Saúde, Daiana Albino, explicou que os idosos nessa faixa etária, que tiverem acamados ou com dificuldade de locomoção e não puder comparecer nos locais de vacinação, as dosagens serão realizadas normalmente nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF). A família deverá solicitar esse procedimento na unidade do bairro, pelo telefone (21)2734-1539 ou por e-mail: vacinacovid19@riobonito.rj.gov.br.

A prefeitura informa que essas ações para vacinação dos grupos prioritários, seguem um cronograma da vacinação e o controle de doses recebidas contra o Covid-19 que são destinadas ao município pelo Governo do Estado.

 

Começa hoje a segunda dose da vacina para idosos de 75 a 79 anos

Campanha de vacinação

A secretaria de Saúde começou a aplicação da segunda dose da vacina para idosos de 75 a 79 anos. Esse grupo, que recebeu a primeira dose no CIEP, Basílio, Boa Esperança e Bela Vista,  no dia 12 de abril, deve ficar atento ao novo local para receber a segunda dose.  O cronograma para continuação da vacinação contra a Covid-19 está sendo feito com a aplicação das doses que chegaram na sexta feira(02).

A vacinação começou nesta segunda-feira (5), com a vacinação dos idosos de 79 e 78 anos, no Centro Pediátrico Municipal Almir Branco, no Centro. Na terça-feira (5), será a vez da vacinação para as pessoas com 77 e 76 anos, que será feita no Ambulatório Municipal de Boa Esperança. Na quinta-feira (7), a imunização será para os idosos de 75 anos, realizada no Ambulatório Municipal Manoel Loyola Junior. A aplicação da segunda dose da vacina nesses locais acontece das 9h às 16h.

A Secretária de Saúde, Daiana Albino, explicou que os idosos nessa faixa etária,  que tiverem acamados ou com dificuldade de locomoção e não puder comparecer nos locais de vacinação, as dosagens serão realizadas  normalmente nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF). A família deverá solicitar esse procedimento na unidade do bairro, pelo telefone (21)2734-1539 ou por e-mail: vacinacovid19@riobonito.rj.gov.br.

A prefeitura informa que essas ações para vacinação dos grupos prioritários, seguem um cronograma da vacinação e o controle de doses recebidas contra o Covid-19 que são destinadas ao município pelo Governo do Estado.

 

Vacinação avança com profissionais de saúde da rede privada

Os profissionais de saúde da rede privada de Maricá devem ficar atentos: nos próximos dias 1 e 2 de abril (quinta e sexta-feira), será feita a vacinação destas pessoas contra a Covid-19, exclusivamente no Posto de Saúde Central, no Centro da cidade. No dia 1, a vacina será aplicada das 9h às 14h, e das 9h ao meio-dia no dia 2. Todos devem comparecer ao local munidos de documento de identidade com foto, CPF e cartão SUS (quando houver).

São considerados profissionais de Saúde, para a prioridade na vacinação, os funcionários de hospitais, clínicas, laboratórios de análises e exames, consultórios e farmácias. Os profissionais autônomos, que não possuem comprovação de vínculo com algum estabelecimento de saúde, não serão vacinados nesta etapa e devem aguardar orientações da Secretaria de Saúde.

É importante ressaltar que, para receber a vacina, os profissionais devem comprovar que residem ou trabalham em Maricá. Essa comprovação será exigida na chegada ao local e deve ser feita com a apresentação de um comprovante de residência, para os moradores, ou de algum documento – alvará de localização, registro no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) – que demonstre a atuação profissional no município.

A medida faz parte do cronograma de vacinação atualizado pela Secretaria de Saúde (veja aqui), que desde esta segunda-feira está contemplando os idosos com acima de 72 anos em uma maior quantidade de postos de imunização.

Clique aqui para saber quais os profissionais de Saúde da rede privada. Confira aqui os documentos que devem ser apresentados no momento da vacinação.

Brasil: Butantan entrega mais 5 milhões de doses da CoronaVac

O Instituto Butantan liberou hoje (29) mais 5 milhões de doses da vacina CoronaVac ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Em todo o mês de março, já foram entregues 19,3 milhões de doses, mais do que o disponibilizado em janeiro e fevereiro.

Com o novo carregamento, o total de imunizantes disponibilizado pelo instituto ao PNI chega a 32,8 milhões de doses desde 17 de janeiro. Até o fim de abril, o total de vacinas garantidas pelo Butantan somará 46 milhões.

De acordo com as informações do governo do estado de São Paulo, a previsão é que o Butantan entregue mais 54 milhões de doses para vacinação até o dia 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades. Atualmente, 85% das vacinas disponíveis no país contra a covid-19 são do Butantan.

Segundo o instituto, a produção da vacinas segue em ritmo constante e acelerado. “No último dia 4, uma remessa de 8,2 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), correspondente a cerca de 14 milhões de doses, desembarcou em São Paulo para produção local. Outros 11 mil litros de insumos enviados pela biofarmacêutica Sinovac, parceira internacional no desenvolvimento do imunizante mais usado no Brasil contra a covid-19, chegaram ao país em fevereiro”, informou o Butantan.

 

 

 

 

 

Fonte: agenciabrasil