Rio Bonito recebe programa de leitura itinerante que oferece livros a partir R$ 2

O Projeto Mais Leitura, criado em 2011 pela Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, percorre diversos cidades do Estado do Rio de Janeiro com uma loja móvel que vende livros a preços populares, entre R$ 2 e R$ 9. Com apoio da Prefeitura de Rio Bonito, através da secretaria de Cultura e Turismo, o programa chega ao município nos dias 24 e 25 de junho, na Praça Fonseca Portela, no Centro, com funcionamento das 9 às 17 horas na sexta-feira, e das 9 às 15 horas no sábado.

Desde a fundação do programa, mais de 4 milhões de exemplares já foram vendidos, alcançando um público superior a 800 mil pessoas com sua diversidade de títulos e parcerias com editoras e o apoio do Sindicato dos Editores de Livros.

O Programa Mais Leitura conta com três agências fixas e uma versão itinerante que percorre os municípios do Estado do Rio de Janeiro. As agências estão instaladas na Sede da Imprensa Oficial, no Edifício Garagem Menezes Côrtes e na Biblioteca Parque. Nas Páginas do Programa Mais Leitura no Facebook e no Instagram, os cidadãos ficam sabendo do destino itinerante.

 

 

Crédito: Secom Rio Bonito

Lista de selecionados para o Qualifica Maricá será divulgada nesta quarta-feira (22/06)

A Prefeitura de Maricá vai divulgar na quarta-feira (22/06) a lista das pessoas sorteadas para os cursos profissionalizantes do programa Qualifica Maricá, da Secretaria Municipal de Trabalho e do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação de Maricá (ICTIM). Foram 4.359 pessoas inscritas para o sorteio feito nesta terça (21/06). O resultado será divulgado no site www.qualificamarica.com.br.

As matrículas serão realizadas nos dias 22, 23 e 24, de 9h às 20h, nos polos do Qualifica em Inoã, Itaipuaçu, Condado e Centro. Os candidatos deverão apresentar documentos de identificação civil, CPF, NIS (Número de Inscrição Social), e os comprovantes de vacinação da Covid-19, escolaridade e residência, além de fornecer um número de telefone. Aqueles que participam dos programas sociais do município e declararam isso no ato da inscrição também precisarão apresentar o comprovante de participação – 30% das mais de mil vagas são reservadas para beneficiários de programas sociais da Prefeitura e para pessoas com deficiência.

Nos dias 27 e 28 de junho, o site www.qualificamarica.com.br disponibilizará a lista de vagas não preenchidas e os candidatos aptos a fazer a matrícula. Nesses casos, a matrícula poderá ser feita de 27/06 a 1°/07. As aulas serão presenciais e começam no dia 11 de julho. Os cursos duram três meses e os alunos receberão um certificado que atesta a qualificação profissional. Entre os cursos mais procurados, na área administrativa destaque para Assistente Administrativo e Assistente de Logística. Na área do empreendedorismo, os destaques foram os cursos de Instalador de Drywall e Eletricista Instalador Predial.

Cronograma:
Divulgação do resultado do sorteio: 22/06
Matrículas: de 22/06 a 24/06, de 9h às 20h, nos polos do programa
Matrículas repescagem: 27/06 a 01/07
Início das aulas: 11/07

Endereços dos polos de qualificação profissional:
Centro: Rua Barão de Inoã, 500
Condado: Rodovia Amaral Peixoto, Km 27,5
Inoã: Rua do Mamoeiro, lote 12, quadra 02
Itaipuaçu: Avenida Carlos Mariguella, 160

 

Cecierj abre inscrição para pré vestibular gratuito; são 2.300 vagas presenciais e mil on-line

Quem deseja se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem mais uma oportunidade de estudar no Pré-Vestibular Cecierj. Estão abertas, até o dia 27 de junho, as inscrições para o curso Intensivo. São mais de 2.300 vagas, sendo 1.320 na modalidade presencial, e mil no on-line. O curso, ministrado pela Fundação Cecierj, vinculada da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, é totalmente gratuito, assim como o material impresso entregue aos alunos. As aulas começam em 16 de julho e se estendem até 3 de dezembro de 2022.

As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, por meio do formulário disponibilizado em https://www.cecierj.edu.br/pre-vestibular-social/estude-no-pvs/. Os documentos obrigatórios são: CPF do candidato, documento oficial de identificação (identidade, carteira de motorista ou carteira de trabalho) e comprovante de escolaridade. No ato da inscrição, o candidato poderá escolher entre polos com aulas presenciais ou por meio do ambiente virtual de aprendizagem. A listagem completa está disponível na página ‘Onde Estamos’ em https://www.cecierj.edu.br/pre-vestibular-social/estude-no-pvs/ .

Quem pode se inscrever

Para se inscrever no Pré-Vestibular Cecierj, realizado em parceria com a Secretaria de Estado de Educação, os candidatos devem, em 2022, estar matriculados no último ano do Ensino Médio regular em instituições de ensino públicas ou particulares, ou já ter concluído. Os candidatos que estiverem inscritos em outras modalidades de Ensino Médio, como Nova EJA, Encceja ou CEJA, também podem se inscrever. Todas as regras estão disponíveis no edital, publicado em https://www.cecierj.edu.br/pre-vestibular-social/estude-no-pvs/pvc-intensivo-2022/ .

O processo seletivo terá reserva de vagas para os candidatos inscritos no Cadastro Único. Essa inscrição deve estar atualizada e o comprovante, emitido pelo site http://meucadunico.cidadania.gov.br ou pelo aplicativo Meu cadastro Único, será obrigatório para aqueles que desejarem concorrer a esta reserva de vaga.

Resultado e início das aulas

O resultado do processo seletivo do Pré-Vestibular Intensivo 2022 para cada polo e categoria de vaga será divulgado no dia 7 de julho de 2022, no site http://www.ceierj.edu.br/pre-vestibular/. No dia 13 de julho será feita a divulgação das listagens dos candidatos convocados por polos. As aulas terão início no dia 16 de julho de 2022 para os locais com aulas aos sábados e para os alunos que optaram por aulas on-line.

Novidades do Pré-Vestibular Cecierj

Este ano, os alunos dos cursos Extensivo e Intensivo contam com muitas novidades. O projeto foi totalmente reformulado e o material impresso passou a ser todo colorido e conectado com a plataforma de estudos. O novo conteúdo foi desenvolvido pelos coordenadores de disciplina do Pré-Vestibular em parceria com a equipe de designers da Fundação Cecierj, que pensaram em um projeto gráfico que facilitasse os estudos. Outra mudança importante é a oferta de aulas presenciais ou on-line.

“É com alegria que a Fundação Cecierj abre mais uma oferta de vagas para os interessados na preparação para o Enem e outros vestibulares, como o do Cederj. Esses novos alunos se somam aos que já estão estudando conosco no Extensivo (curso) e, tenho certeza, vão aproveitar essa experiência, com uma equipe qualificada de tutores e um material totalmente reformulado, que facilitará o aprendizado”, destacou o presidente da Fundação Cecierj, Rogerio Pires. 

 

 

Crédito: Comunicação Fundação Cecierj

Pesquisa aponta que 8,9 milhões de jovens têm risco de largar estudos

Em todo o mundo, pelo menos 160 milhões de jovens se encontram no trabalho infantil. O número é preocupante, pois quando um indivíduo entra precocemente no mercado de trabalho, menor é a renda obtida ao longo da sua vida adulta, sem estudos, conforme aponta o Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador. Além de favorecer a uma desigualdade de oportunidades de acesso à educação, o trabalho infantil levanta outro problema como consequência: a evasão escolar.

O número de crianças e adolescentes trabalhando aumentou de 8,4 milhões nos últimos quatro anos, conforme apontam dados do relatório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). Se nada for feito para minimizar a situação, até o final do ano mais 8,9 milhões de jovens correm o risco de ingressar no trabalho infantil, segundo a organização.

O relatório Child Labour: Global estimates 2020, trends and the road forward (Trabalho infantil: Estimativas globais de 2020, tendências e o caminho a seguir – disponível somente em inglês) aponta que 79 milhões de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos realizam trabalhos perigosos que podem prejudicar a saúde, segurança ou sua moral. Além do que, quase 28% das crianças de 5 a 11 anos e 35% dos meninos e meninas de 12 a 14 anos nessas condições estão fora das escolas.

“Estamos perdendo terreno na luta contra o trabalho infantil e o ano passado não tornou essa luta mais fácil. Instamos os governos e bancos internacionais de desenvolvimento a priorizar os investimentos em programas que podem tirar as crianças e os adolescentes da força de trabalho e levá-los de volta à escola, e em programas de proteção social que podem ajudar as famílias a evitar essa escolha em primeiro lugar”, disse a diretora executiva do UNICEF, Henrietta Fore.

Prefeitura de Cabo Frio recomenda o uso de máscaras nas unidades escolares da rede municipal

A Prefeitura de Cabo Frio recomendou, por meio da Secretaria de Educação, o retorno da utilização de máscaras de proteção dentro das unidades escolares da rede municipal, nos Centros de Apoio Pedagógico e na sede da Secretaria de Educação.

A decisão ocorreu após reunião semanal entre a Comissão Municipal de Controle de Infecção em Estabelecimentos de Saúde (COMCIES) e a pasta, no dia 2 de junho, quando foram apresentados os dados sobre aumentos nos casos de Covid-19 no município e a baixa procura por vacinas nos postos de saúde.

Além das máscaras, é recomendada a constância na utilização de álcool em gel. E para os que ainda não completaram o esquema vacinal, que procurem uma das unidades de saúde do município para aplicação do imunizante.

Na ocasião, também foi reafirmado o protocolo sanitário com as orientações que servem de base para nortear as decisões das equipes diretivas em casos confirmados da doença. E em especial, sobre a suspensão de atividades.

Caso um familiar de aluno ou professor da turma teste positivo, se dá o afastamento da pessoa infectada pelo período de dez dias, e as aulas na turma são mantidas. Em caso de surto em uma sala de aula (de um a dois casos confirmados), ocorre a suspensão das aulas apenas naquela turma por dez dias.

O mesmo se aplica no caso de surto em mais de uma turma ou turno. Neste caso, serão suspensas as turmas ou o turno, sem impactar as demais atividades nas turmas ou turnos em que não haja casos positivos.

O resultado positivo deve ser entregue na unidade escolar e servirá como comprovante da necessidade de afastamento do trabalho no caso dos servidores e das aulas, no caso dos alunos.

 

 

Secom Cabo Frio