Tanguá apresenta case de sucesso da Educação em Fórum do Ministério Público

Tanguá foi o único município da região a realizar eleições democráticas para diretores de escolas municipais, cumprindo assim a meta 19 do Plano Nacional de Educação
às
399474002_2001421450257112_5734228372253481558_n
Foto: Secom Tanguá

Case de sucesso na gestão democrática escolar. Esse foi um dos objetivos da participação da Secretaria de Educação de Tanguá na 2ª reunião do Fórum de Interlocução Regional na Educação – Gestão Democrática e Concurso Público promovida pela Promotoria de Justiça de São Gonçalo, que abrange até a cidade de Silva Jardim.

Estabelecido no Plano Nacional de Educação, a meta 19 prevê, dentre outras ações, a gestão democrática nas escolas. Entre os municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito e Silva Jardim, Tanguá foi o único que cumpriu o plano e realizou eleições para direção das escolas municipais. A convite da promotora Bianca Motta, o secretário de Educação de Tanguá, Luciano Lúcio e sua equipe foram ao encontro e explicaram como se deu o processo.

O secretário explicou à Folha que para culminar nas eleições, foram estabelecidas e cumpridas algumas etapas, como a nomeação de uma comissão eleitoral qualificada, treinamento para as comissões de cada escola e até um processo seletivo para avaliação de mérito e desempenho dos candidatos. O processo eleitoral teve a participação ainda do Sepe, Sindicato da categoria, além de pais de alunos.

“É uma satisfação enquanto secretário representar Tanguá nesse fórum. Nos deixou muito felizes o convite porque falamos da nossa experiência. Apesar de ser um município pequeno, de poucos recursos, é uma prática do prefeito (Rodrigo Medeiros) a gestão democrática, além de ser lei. O prefeito incentiva, até porque já foi secretário de Educação, que a gente leve muito a sério isso”.

Ainda na avaliação do secretário, “a gente cumpriu a lei, criamos um modelo vencedor, utilizamos nossos técnicos e experiências, inclusive minha em processo eleitoral. A gente apenas primou em dar maior transparência possível e dar poder a cada conselho e comissão para que cumprisse o edital de forma correta”, analisou Luciano.

Caso de sucesso na gestão democrática. Esse foi um dos objetivos da participação da Secretaria de Educação de Tanguá na 2ª reunião do Fórum de Interlocução Regional na Educação – Gestão Democrática e Concurso Público promovida pela Promotoria de Justiça de São Gonçalo, que abrange até a cidade de Silva Jardim.

Estabelecido no Plano Nacional de Educação, a meta 19 prevê, dentre outras ações, a gestão democrática nas escolas. Entre os municípios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito e Silva Jardim, Tanguá foi o único que cumpriu o plano e realizou eleições para direção das escolas municipais. A convite da promotora Bianca Motta, o secretário de Educação de Tanguá, Luciano Lucio e sua equipe foram ao encontro e explicaram como se deu o processo.

Secretário de Educação de Tanguá, Luciano Lucio

O secretário explicou à Folha que para culminar nas eleições, foram estabelecidas e cumpridas algumas etapas, como a nomeação de uma comissão eleitoral qualificada, treinamento para as comissões de cada escola e até um processo seletivo para avaliação de mérito e desempenho dos candidatos à direção de instituição educacional. O processo eleitoral teve a participação do Sepe, Sindicato da categoria, além de pais de alunos.

“É uma satisfação enquanto secretário representar Tanguá nesse fórum. Nos deixou muito felizes o convite porque falamos da nossa experiência. Apesar de ser um município pequeno, de poucos recursos, é uma prática do prefeito (Rodrigo Medeiros) a gestão democrática, além de ser lei. O prefeito incentiva, até porque já foi secretário de Educação, que a gente leve muito a sério isso”.

Ainda na avaliação do secretário, “a gente cumpriu a lei, criando um modelo vencedor, utilizamos nossos técnicos e experiências, inclusive minha em processo eleitoral. A gente apenas primou em dar maior transparência possível e dar poder a cada conselho e comissão para que cumprisse o edital de forma correta”, analisou Luciano.

Por Lívia Louzada

Veja também

Uma motocicleta foi parar em cima de um poste, em meio à fiação elétrica, na madrugada desta segunda-feira
às

Deixe aqui sua opinião

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias