Instituto de criminalística não encontra irregularidades no carro de ex-assessor de Gabriel Monteiro morto em acidente

O laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) não encontrou irregularidades no carro de Vinícius Hayden Witeze, ex-assessor do vereador Gabriel Monteiro, morto em um capotamento. O ICCE descartou a hipótese de o veículo ter sido sabotado. O acidente ocorreu em 28 de maio, na RJ-130, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro.

O documento aponta para o nível do fluido de freio abaixo do recomendado e pastilhas de freio das rodas dianteiras com degastes no grau máximo. O carro de Vinícius Hayden era um Corolla modelo 2013.

Em depoimento à 110ª DP (Teresópolis), a amiga Suzani da Silva Oliveira, que acompanhava o ex-assessor, afirmou que Vinicius perdeu a direção na curva ao frear, o que causou o capotamento do veículo. Ela sofreu ferimentos leves no acidente. Ela contou que nenhum dos dois usava o cinto de segurança. No acidente, Vinícius foi ejetado para fora do carro.

Dias antes do acidente, Vinícius tinha prestado depoimento na Comissão de Ética da Câmara Municipal do Rio, contra Gabriel Monteiro. O vereador responde a processo ético-disciplinar por quebra de decoro e é investigado por assédio moral, sexual e por divulgar vídeo fazendo sexo com uma menor de idade.

De acordo com a perícia não foram encontrados problemas nas balanças, homocinéticas e caixa de câmbio. O sistema de transmissão do veículos, assim como a coluna de direção estavam ajustados. E não havia ruptura nos amortecedores e molas nem problema no sistema de gerenciamento eletrônico do carro.

 

Crédito: g1

Motorista morre em acidente na Avenida Brasil; congestionamento na cidade chega a 120 km

Um motorista morreu após um caminhão tombar na Avenida Brasil, na altura do Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, na pista sentido Centro, na madrugada desta terça-feira (14).

Às 8h, os engarrafamentos em toda a cidade já somavam 120 quilômetros, segundo informações do Centro de Operações Rio. A média das demais terças-feiras na cidade é de 62 quilômetros.

O tempo chuvoso e, principalmente, o acidente na via expressa, são as principais causas do congestionamento.

O caminhão transportava sacos de terra e adubo para plantas e a perícia no local já foi realizada.

Por volta das 7h20, a pista estava interditada e o trânsito sendo desviado para a via lateral.

 

Crédito: g1

Jornalista vai cobrir acidente em rodovia de São Paulo e descobre que filho foi a vítima fatal; veja o vídeo do pai

Um jornalista de Araraquara (SP) foi cobrir um acidente entre carro e caminhão na Rodovia Antônio Machado Sant’Anna (SP-255), na manhã desta quarta-feira (8), e descobriu que seu filho era a vítima fatal da colisão.

Carlos Alberto Baldassari fazia uma live em sua página de notícias no Facebook e, ao se aproximar do local do acidente, descobriu que o carro envolvido era o do filho, Thiago Cequeto Baldassari, de 31 anos.

A transmissão foi interrompida e, momentos depois, o repórter iniciou uma nova live e confirmou que a vítima era seu filho, que o acompanhava nas apresentações dos programas do canal ‘Balda News’.

“Vida de repórter é isso. Muitas pessoas, talvez, não vão entender o momento em que a gente está vivendo aqui na rodovia. Ali está o carro que se envolveu no acidente, o corpo já foi retirado por isso eu estou mostrando para vocês, o caminhão foi parar a cerca de 100 metros ali no acostamento. E vocês se segurem agora porque eu vou dizer quem é o condutor do veículo que perdeu a vida aqui: é meu filho, o Thiago, que fazia comigo todos os dias a apresentação dos programas, as lives e essa manhã a gente veio cobrir o acidente e quando eu cheguei, era meu filho”, lamentou.

Thiago deixou a esposa, que estava grávida de três meses, uma filha de 8 anos, os pais e a família.

“Infelizmente, neste mundo que a gente vive da reportagem, tem hora que a gente vai cobrir ocorrências que envolvem familiares. Infelizmente, hoje, é o meu filho. A gente perde o Thiago e que Deus o receba de braços abertos, é um menino bom, de bom coração”, completou.

Acidente

O caminhão, que seguia de Ribeirão Preto para Araraquara, bateu de frente contra um veículo modelo Volkswagem/Gol, próximo à entrada do Parque São Paulo, na SP-255.

O caminhoneiro relatou à Polícia Rodoviária que seguia pela faixa adicional da pista quando o veículo teria invadido a faixa e causado o acidente.

Com o pneu furado, o caminhão acabou caindo no acostamento, do lado oposto da pista.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estiveram no local para fazer o resgate das vítimas, mas o motorista do veículo morreu na hora.

A polícia desviou o trânsito para uma das faixas da rodovia para preservar o local para a realização de perícia.
Crédito: Portal g1

Caminhão tomba na BR-101, em Rio Bonito, interrompe tráfego, e fluxo precisa ser desviado por dentro da cidade

Um caminhão que transportava mármores e granitos tombou no km 261 da BR-101, altura de Rio Bonito, próximo ao entroncamento da rodovia federal com a RJ-124, por volta das 11h50, segundo informações da Autopista fluminense. O trecho em que o veículo tombou é estreito, com apenas uma faixa, por isso, a via ficou interrompida até o meio da tarde (até a publicação desta matéria). O motorista não sofreu nenhum ferimento.

Os motoristas estão saindo no km 259 e retornando à BR no km 264, acesso próximo ao viaduto da Praça Cruzeiro.

De acordo com a apuração da Folha, por conta do bloqueio que se formou na pista, a concessionário abriu um antigo acesso da cidade para a rodovia, na altura do bairro Cidade Nova, para que os veículos possam desviar por dentro do município e fugir do congestionamento.

Segundo a Autopista Fluminense, o motorista do caminhão alegou que o veículo perdeu os freios e precisou jogar o caminhão no barranco às margens da rodovia, bloqueando a pista sul no km 261 e derrubando um poste de energia. A concessionária de energia local foi acionada para avaliação do local.

 

Lívia Louzada

Quem é Tâmara Matos, cantora sertaneja que morreu após ser atropelada por carro desgovernado na Bahia

Tâmara Matos, 27 anos, era cantora sertaneja, engenheira e também trabalhava na Secretaria Municipal de Infraestrutura de Itabuna, no sul da Bahia. A artista morreu após ter sido atropelada por um carro desgovernado, na tarde de ontem, quinta-feira (2).

Tâmara se preparava para cumprir uma agenda de shows durantes os festejos juninos e havia se apresentado em Coaraci e Arataca, cidades da mesma região de Itabuna, no último final de semana. Ela tinha shows marcados para esta sexta-feira (3) e sábado (4), no sul do estado.

Familiares de Tâmara contam que a artista começava a realizar o sonho de fazer shows e ser conhecida como cantora na região.

“Desde criança que ela tinha o dom da música. Ela aprendeu a tocar violão pelas revistas e aí ela foi desenvolvendo através do encontro de jovens, que ela participava e era coordenadora dos Jovens com Cristo”, disse a madrinha da cantora, Jane Bonfim.

Ainda segundo a madrinha de Tâmara, a artista sempre demonstrou amor pela música. O último show que ela fez foi no último final de semana, em Arataca, município que fica a 507,8 km de Itabuna.

“Ela estava muito feliz, em Arataca, esse show foi o sonho dela. Ela foi sendo contratada, desenvolvendo, trabalhando na prefeitura como engenheira civil, mas sempre fazia shows”
Cantora morre após ser atingida por carro desgovernado na Bahia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Tâmara começou a cantar na igreja que frequentava. Foi lá que ela montou uma banda e passou a fazer shows em bares de vários municípios do sul baiano.

“Era o sonho dela crescer, desenvolver na carreira artística. Ela era muito querida na cidade, muito amada, uma afilhada que eu nunca vou esquecer, que está dentro do meu coração”, disse a madrinha da cantora, emocionada.

Em uma igreja católica de Itabuna, Tâmara fez parte de um movimento para jovens, no bairro Mangabinha. Por um período, ela chegou a ser coordenadora do grupo.

“Fica o legado de Tâmara, uma menina de fé, que transmitia Jesus para nós através de sua voz. O seu canto tocava os nossos corações e hoje fica entristecido todo mundo, porém nos conforta porque hoje ela está com o pai”, contou o amigo de Tâmara, Willian Samuel de Alves.

Muito abalada, a mãe de Tâmara, Lucineide Maria de Jesus, lembra com carinho da filha.

“Uma menina de Deus, guerreira, amada por todos. Minha estrela, minha filha dentro de casa, meu tudo”, disse a mãe da cantora, Lucineide Maria de Jesus.

“Não sei como eu vou resistir, mas eu vou pedir força a Deus. Ela era meu tudo, minha estrela e eu só lembro dela assim: ‘Festa, show, Tâmara Matos chegou”, completou.

O velório para amigos e familiares acontece nesta sexta-feira (3), e o sepultamento será no cemitério do município.
Cantora morre após ser atingida por carro desgovernado na Bahia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Acidente

A artista e duas amigas estavam a caminho de um restaurante no momento em que um veículo subiu na calçada em que elas estavam. Tâmara e uma outra jovem, que não teve a identidade revelada, foram atingidas. A cantora chegou a ser arrastada pelo chão.

As duas vítimas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levadas ao Hospital Calixto Midlej Filho. Tâmara não resistiu. A amiga não teve ferimentos e foi liberada. A terceira jovem não chegou a ser atingida.

O veículo era dirigido por uma idosa de 66 anos, que também não teve nome divulgado. A reportagem da TV Santa Cruz, afiliada da TV Bahia, entrou em contato com ela, que informou que não vai se manifestar sobre o caso, no momento.

A polícia não informou o que a teria levado a idosa a perder o controle do carro, mas disse que a motorista responderá por homicídio culposo. Testemunhas devem ser ouvidas nos próximos dias.

Crédito: https://g1.globo.com/