Candidata a prefeita de Silva Jardim, Maira de Jaime (PROS), tem candidatura deferida pelo TRE

A candidata a prefeita de Silva Jardim, no interior do Rio, Maira de Jaime (PROS), voltou ao páreo. Por sete votos a zero, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) deferiu nesta quinta-feira (2), sua candidatura. Ela havia sido impedida de fazer parte das eleições há cerca de 10 dias, quando a Justiça Eleitoral da cidade entendeu que haviam impedimentos no partido de Maira, o PROS, após as eleições de novembro de 2020, quando seu marido, Jaime Figueiredo, então candidato a prefeito da cidade, teve maioria de votos, mas não pode assumir por problemas com o CNPJ do partido.

A conclusão do imbróglio foi o cancelamento do pleito da época, e a marcação de uma nova eleição, que acontecerá no próximo dia 12 de setembro, quando ela poderá disputar normalmente a eleição suplementar. A sessão plenária virtual que julgou o processo foi transmitida ao vivo pela internet, a partir das 15h, e durou pouco mais de uma hora.

 

Entenda o caso

A cadeira do Executivo esteve bem movimentada nos últimos tempos, quando o município teve quatro prefeitos em aproximadamente quatro anos, depois de serem afastados dos cargos acusados de irregularidades. Se tudo der certo, esse será o quinto comando na Prefeitura. Com a decisão de ontem, quinta-feira (2), a disputa volt a ter três candidatos, Maira de Jaime (PROS), Fabrício de Napinho (PSD) e Juninho Peruca (Podemos).

O atual prefeito da cidade, que está no cargo interinamente, Fabrício de Napinho, que é um dos candidatos desse pleito, foi eleito como vereador nas eleições do ano passado, e ocuparia a vaga de presidente da Câmara, mas foi alçado ao cargo de prefeito pela Justiça. Isso aconteceu depois que o candidato Jaime Figueiredo foi eleito por maioria de votos, mas a chapa foi indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral por estar com o CNPJ inválido.

 

Lívia Louzada

Silva Jardim terá eleições para prefeito e vice no dia 12 de setembro. Eleito será o quinto na cadeira do Executivo em quatro anos

A cidade de Silva Jardim, no interior do estado do Rio, mais uma vez vai passar por uma eleição no dia 12 de setembro, para decidir quem será o chefe do Executivo. A cadeira esteve bem movimentada nos últimos tempos, quando o município teve quatro prefeitos em aproximadamente quatro anos, depois de serem afastados dos cargos acusados de irregularidades. Se tudo der certo e o eleito ou a eleita assumirem a vaga, esse será o quinto comando na Prefeitura. Nesta eleição serão três candidatos, Fabrício de Napinho (PSD), Juninho Peruca (Podemos), e Maira de Jaime (Pros).

O atual prefeito da cidade, que está no cargo interinamente, Fabrício de Napinho, que é um dos candidatos desse pleito, foi eleito como vereador nas eleições do ano passado, e ocuparia a vaga de presidente da Câmara, mas foi alçado ao cargo de prefeito pela Justiça. Isso aconteceu depois que o candidato Jaime Figueiredo foi eleito por maioria de votos mas a chapa foi indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral por estar com o CNPJ inválido.

Napinho, que está no cargo desde janeiro, já é alvo do Ministério Público Eleitoral. Em julho, o órgão cumpriu mandados de busca e apreensão em endereços ligados a ele por suspeita de abuso de poder político.

 

Próximas Eleições

Nesta eleição do próximo dia 12, Silva Jardim possui três candidatos a prefeito, o atual prefeito interino, Fabrício de Napinho, do PSD; Juninho Peruca, do Podemos; e Maira de Jaime, do Pros. O município possui pouco mais de 19 mil eleitores, e o candidato eleito deve exercer seu mandato até o dia 31 de dezembro de 2024.

 

Fabrício de Napinho (PSD)

Fabrício Azevedo Lima Campos tem 33 anos e foi eleito vereador nas últimas eleições municipais, com 391 votos. Ele é casado e tem filhos. O Candidato a vice na chapa de Napinho é o ex-vereador e policial militar reformado, Norcivan Correa Valviesse, conhecido como Fifico.

 

Juninho Peruca (Podemos)

Luiz Evandro Macedo de Barros Júnior tem 30 anos, já atuou como secretário municipal de Esportes, e foi eleito vereador para o primeiro mandato nas últimas eleições, com 650 votos, tendo sido o parlamentar mais votado na Câmara Municipal de Silva Jardim. Ele é casado e tem uma filha. O vice-prefeito da chapa de Juninho é Rubens Cavalcante de Souza, conhecido como Rubinho Cavalcante, de 44 anos.

 

Maira de Jaime (Pros)

Maira Branco Monteiro tem 38 anos, três filhos, e é casada com o pedreiro e ex-vereador Jaime Figueiredo Lima, que foi o candidato mais votado das últimas eleições para prefeito, mas não pode assumir o cargo. Seu vice é o pastor Marcos João Soares, de 46 anos.

 

 

 

 

Lívia Louzada