Libertadores: trio de Flamengo e Palmeiras busca 3º título particular e entrada em grupo seleto histórico

Palmeiras e Flamengo disputarão no próximo sábado (27), em Montevidéu, o título da Conmebol Libertadores. Os dois clubes contam com muitos jogadores que participaram das conquistas de 2019 e 2020, mas só três dos envolvidos na final podem se dar ao luxo de entrar em um grupo histórico.

Flamengo:

O Flamengo já está no palco da final da Libertadores. Com mobilização de torcedores na porta do hotel, a delegação desembarcou em Montevidéu no fim da manhã de quarta-feira para a decisão de sábado. Na parte da tarde, Renato Gaúcho comandará treinamento no estádio Campeón del Siglo, que pertence ao Peñarol.

Após desembarcar no aeroporto, a delegação do Flamengo chegou, por volta de 13h15 (horário de Brasília), de ônibus ao hotel em que ficará hospedada. Cerca de 20 torcedores faziam a festa no local. Vindo de vários estados do Brasil, eles cantavam músicas de apoio aos jogadores e provocavam o Palmeiras.

Por privacidade, como aconteceu em Lima, o clube abriu mão de trabalhar no estádio Centenário e fará apenas um “passeio” para reconhecimento do gramado, sexta-feira, com os jogadores de tênis. Na véspera da partida estão previstas também entrevistas coletivas de Renato Gaúcho e do capitão Everton Ribeiro.

O estádio dos carboneros será a casa rubro-negra na capital uruguaia também para facilitar a logística, já que fica perto tanto do hotel quanto do aeroporto. A atividade está marcada para as 16h com a presença de todos os jogadores que não iniciaram o empate com o Grêmio. O Flamengo ainda treina no local quinta e sexta-feira, ambos às 15h30.

O Flamengo chega para final da Libertadores com todo o elenco à disposição. Com a presença de Arrascaeta e Pedro no 2 a 2 com o Grêmio, Bruno Henrique é o único dos principais jogadores que não entrou em campo na passagem por Porto Alegre, mas não preocupa. O camisa 27 foi poupado para aliviar as dores causadas por uma tendinite no joelho, mas estará em campo no dia 27.

Desta maneira, a tendência é que o Flamengo busque seu terceiro título de Libertadores com Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Andreas Pereira, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel. Será a 12ª final disputada no estádio Centenário, onde o Rubro-Negro foi campeão em 1981.

 

Palmeiras:

No início da tarde desta quarta-feira, o elenco alviverde embarcou para Montevidéu, onde buscará o tricampeonato continental neste sábado.

Com uma grande festa da torcida, a delegação do Verdão deixou a Academia de Futebol pouco antes das 13h e seguiu para o aeroporto internacional de Guarulhos.

Jogadores, comissão técnica e dirigentes, antes de entrar em dois ônibus do clube, foram homenageados por funcionários, que se reuniram para desejar boa sorte à delegação.

Ao deixar o CT, o elenco se deparou com milhares de torcedores. Os fãs começaram a se reunir na avenida Marquês de São Vicente desde o meio da manhã. Estouraram fogos, portaram bandeiras, cantaram o hino. E foram ao delírio às 12h57, quando os ônibus despontaram no portão.

Os veículos ficaram cerca de dez minutos cercados pela torcida – até conseguirem se deslocar, com batedores da polícia, para Guarulhos, onde chegaram às 13h35.

Lá, os jogadores desceram dos ônibus e entraram no aeroporto por um portão alternativo. Por orientação da polícia, não houve presença de torcida no local.

Às 14h20, os jogadores iniciaram a entrada no avião. O embarque estava previsto para por volta de 15h. A chegada a Montevidéu é aguardada para o fim da tarde.

Os treinamentos começam na quinta. Na sexta, ocorrem os eventos oficiais da final, como o reconhecimento do gramado do Centenário.