Prefeitura de Tanguá inicia testes para implantação do projeto Lona na Lua

A prefeitura de Tanguá iniciou nesta semana, os testes para a montagem da estrutura do novo polo cultural Lona na Lua, no município. O projeto, sem fins lucrativos, tem como objetivo contribuir com o desenvolvimento social e cultural de crianças e jovens através de um modelo de arte inclusiva.

Segundo o secretário de Educação, Luciano Lucio, e o secretário de Cultura, Reginaldo Garcia, no local serão oferecidas atividades envolvendo o teatro, a música, a dança, o circo e a produção audiovisual.

Em visita às obras de construção do espaço, o prefeito de Tanguá, Rodrigo Medeiros, se mostrou muito otimista com a chegada do projeto à cidade.

“Entrando no terreno você já até consegue prever o som das risadas alegres e momentos que serão vividos pelas nossas crianças, que muito mais do que sonhar serão ensinadas a viver esse sonho e compreender que há um caminho colorido e com sabor adocicado para percorrer. De hoje em diante o acesso à cultura será priorizado”, disse.

A iniciativa é fruto de uma parceria com empresas e agentes locais, que investiram na viabilização do projeto na cidade. Coube ao município a cessão do terreno para a instalação do novo espaço cultural.

A PRIMEIRA SESSÃO DO CINE&MANAS VERÃO 2021 ACONTECE NA LONA NA LUA, EM RIO BONITO, NO DIA 25 DE FEVEREIRO

O Coletivo Manas, idealizado pelas produtoras culturais Carolina Rodriguez e Helena Claro, inicia a partir do dia 25 de Fevereiro (quinta-feira), o Circuito Cine&Manas Verão 2021, em formato híbrido, com sessões especiais locais e online.

No dia 25 de fevereiro, a primeira sessão será com os alunos das oficinas e comunidade da Lona na Lua, localizada em Rio Bonito, com exibição dos filmes “Jonas e o Circo Sem Lona”, direção de Paula Gomes e “Lé com Cré”, direção de Cassandra Reis.

O longa metragem “Jonas e o Circo Sem Lona” conta a história de Jonas, filho e neto de artistas de circo, aos 13 anos de idade. O garoto tem seu próprio circo improvisado, frequentado pelos moradores do pobre bairro onde vive, na Bahia. É ele quem coordena os números, prepara os figurinos, a música e controla os ingressos. Jonas pretende abandonar a escola para se juntar ao tio e viver em um circo itinerante, mas a mãe prefere que ele permaneça na escola. No meio desta briga, ele descobre as dificuldades da vida adulta.

O curta metragem em stop motion “Lé com Cré”, apresenta temas sobre dinheiro, medo e coisas de menino e menina, por algumas crianças segundo sua própria experiência.

 

 O LONA NA LUA é uma associação cultural e social sem fins lucrativos, que tem como objetivo contribuir com o desenvolvimento social e cultural de crianças e jovens através de um modelo de arte inclusiva, utilizando como ferramentas de transformação o teatro, a música, a dança, o circo e a produção audiovisual. Desta forma o projeto estimula o surgimento de jovens críticos, conscientes e inseridos no contexto da comunidade. Sua missão é apresentar um universo de possibilidades a crianças e jovens através de uma arte que pulsa de verdade, oportunizando vivência cultural e transformação social.

O projeto Circuito Cine&Manas Verão 2021 tem patrocínio do Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc.

Serviço:

CINE&MANAS NA LUA

18H

LOCAL LONA NA LUA

ENDEREÇO: R. Des. Admario Alves de Mendonça, 121 – Cidade Nova, Rio Bonito
FILMES: Jonas e o Circo Sem Lona e Lé com Cré
Sessão Gratuita (Público limitado de acordo com os protocolos de segurança)
Distribuição de Pipoca e Suco.

 

Sobre o projeto Cine&Manas:

Projeto cineclubista itinerante que realiza sessões de cinema afim de fomentar e promover a realização e o consumo do audiovisual brasileiro. Principalmente as produções dirigidas e protagonizadas por mulheres cis e trans.  Com sessões sempre seguidas de bate papo e dinâmicas que provocam nos espectadores momentos de escuta, troca de saberes e experiências.

Realizado pela produtora MANAS, o cineclube surgiu em 2017 do desejo de contar, partilhar histórias sobre mulheres. Idealizado pelas produtoras culturais Carolina Rodriguez e Helena Claro.

Em 2019, com apoio da Prefeitura do Município de Niterói (PMN), por meio da Secretaria Municipal das Culturas (SMC) e da Fundação de Arte de Niterói (FAN), realizou o projeto Circuito Escolar de Cineclubes Cine&Manas, levando sessões a escolas e instituições da rede pública de ensino da região tendo como principal temática o protagonismo feminino e suas representações no audiovisual nacional. Em sua presença nas escolas, o Cine&Manas valoriza e interage com as atividades educacionais regulares, a partir do diálogo entre cinema, educação e ampliação do acesso ao cinema brasileiro, o projeto busca responder perguntas e fomentar novos questionamentos sobre como a mulher se projeta e é projetada no mundo.

Prefeitura Tanguá assina protocolo de intenções para atrair polo cultural Lona na Lua

A prefeitura de Tanguá assinou nesta sexta-feira (15/01), na sede da secretaria municipal de Cultura e Turismo, o protocolo de intenções com a Associação Cultural Lona na Lua. A iniciativa representa o interesse do município na instalação de um polo cultural do projeto na cidade.

Segundo o prefeito de Tanguá, Rodrigo Medeiros, o projeto Lona na Lua, presente em Rio Bonito e com histórico de ajudar outros municípios como, Silva Jardim e Casimiro de Abreu é fundamental para contribuir com o desenvolvimento social e cultural das crianças e adolescentes do município.

“Nós queremos ampliar as opções culturais aqui, oportunizando e valorizando os inúmeros talentosos tanguaenses. A prefeitura de Tanguá está disposta a ceder um imóvel para instalação do projeto porque entende que a cultura é uma prioridade”, disse Rodrigo.

Segundo Zeca Novais, diretor do Lona na Lua, o projeto adota um modelo de arte inclusiva, utilizando como ferramentas de transformação o teatro, a música, a dança, o circo e a produção audiovisual.

“O momento mais emocionante da Lona é quando chega uma criança para assistir um espetáculo. A gente vai trabalhar muito para que essas crianças que chegam, na frente da Lona, tenham esse mesmo olhar e esse mesmo sorriso todos os dias.”


A assinatura do protocolo contou com as presenças dos secretários de Cultura, Reginaldo Garcia, de Governo, Andreia de Sá, Comunicação, Chailon Conceição e Educação, Luciano Lúcio.

Lona na Lua reabre as portas para apresentação de Dom Quixote

Após quase um ano de atividades paralisadas por conta da pandemia do covid-19, o Espaço Cultural Lona na Lua abre as portas para uma apresentação artística.

Através do edital RETOMADA CULTURAL, nos meses de janeiro e fevereiro serão realizadas oito apresentações do espetáculo “Dom Quixote” na sede da instituição riobonitense.

Produtora do projeto “Na Lona e na tela… Dom Quixote está de volta!”, a atriz e instrutora de teatro Gabriele Rangel fala sobre as expectativas de voltar a se apresentar  em Rio Bonito.

“Estamos muito felizes com essa possibilidade de voltarmos a trabalhar com arte. Sabemos dos desafios envolvidos nessa produção, mas estamos preparados”.

E desafios realmente não faltam para as apresentações previstas para os dias 09 e 10 de janeiro e 06 e 07 de fevereiro. O diretor do espetáculo Zeca Novais conta que as apresentações serão para um público limitado, com distribuição antecipada de senhas e que o Lona na Lua adotará medidas de distanciamento entre as cadeiras da plateia. “Seguiremos todos os protocolos de segurança para o público presente e para os artistas envolvidos na produção. Está proibida a entrada de pessoas sem máscaras de proteção no Espaço Cultural e todo o público terá sua temperatura verificada. Além disso, todos os atores e equipe técnica farão Testes de Antígeno para COVID-19 antes das apresentações.”

O público também poderá acompanhar o espetáculo pela internet. Haverá transmissão simultânea on-line através das páginas do Lona na Lua no facebook e youtube.

“Dom Quixote” é uma produção de sucesso do Lona na Lua. O espetáculo que ganhou estrada através de parcerias com o Sesc Campos e Sesc Nova Friburgo, traz em seu elenco artistas riobonitenses e apresenta uma adaptação com música ao vivo, números circenses, coreografias e utilização de material cênico e figurino produzidos com sucata e materiais recicláveis, valorizando o princípio da sustentabilidade.

O projeto “Na Lona e na Tela… Dom Quixote está de volta!” foi contemplado no edital RETOMADA CULTURAL e é uma realização do Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Aldir Blanc.

Serviço:

Peça “Dom Quixote” no Lona na Lua

Quando: 09 e 10 de janeiro e 06 e 07 de fevereiro, às 14h e às 17h

Ingressos gratuitos – Garanta o seu através do whatsapp 21 998937565

Endereços: Lona na Lua – Rua Admário Alves de Mendonça, 121, Centro, Rio Bonito-RJ

Realização: Gabriele Rangel Produções

Classificação Livre

Duração: 50 min