Homem é preso após manter namorada em cárcere privado em Maricá

Um homem foi preso em flagrante na noite de sábado (20) acusado de manter a namorada em cárcere privado em Maricá, na Região Metropolitana do Rio. A mulher, de 33 anos, era mantida presa dentro de casa e ficou refém do criminoso por pelo menos 15 dias. Ela foi encontrada com hematomas pelo corpo e sinais de espancamento.

A mulher contou à polícia que havia sido agredida pelo namorado e disse que ele ameaçava matar a família dela. Ela foi resgatada por policiais no início da tarde de sábado em um condomínio no bairro Caxito.

Depois de receber denúncias de familiares, policiais militares foram ao local no início da tarde de sábado (20) e precisaram arrombar a porta.

A vítima, que estava em casa sozinha, foi levada para o hospital e depois passou por um exame de corpo de delito no IML de Maricá.

Mais tarde, no início da noite, a PM foi acionada novamente para deter o acusado, que foi até a casa da vítima. Testemunhas contaram que o homem estava agressivo e ameaçava matar a namorada.

O homem foi levado para a Delegacia de Maricá e preso em flagrante pelo crime de sequestro.

Ele já tinha passagens pela polícia por roubos. O homem foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil (76ª DP), em Niterói, e depois foi transferido para um presídio em Benfica, no Rio de Janeiro.

Fonte: g1.globo.com

Começa a ser reaberto pela Prefeitura o canal da Barra de Maricá

Depois da morte de quase três toneladas de peixes nas lagos de Jacaroá e do Caju, o Canal da Barra de Maricá (RJ) começou a ser reaberto. O objetivo do trabalho é melhorar a situação da água, já que a lagoa sofre com baixa oxigenação, o que provoca morte das espécies que vivem ali.

Na manhã desta quinta-feira (18), equipes da Autarquia de Serviços e Obras de Maricá (Somar) trabalhavam no local para remover a areia que impede a passagem de água.

De acordo com o presidente da Somar, Renato Machado, o trabalho costuma demorar de dois a três dias, só que, desta vez, as equipes vão precisar de mais tempo, considerando a quantidade de areia no local. As equipes vão contar com 12 retroescavadeiras para fazer a remoção do material.

“É um trabalho pesado, contínuo e que vai ser um pouco mais difícil porque na ressaca do final do ano, o mar empurrou muita areia aqui para essa área entre o canal da Barra e a lagoa”, declarou o presidente da Somar.

Renato explica, ainda, que devido ao assoreamento no canal, não há troca de água na lagoa.

Segundo a prefeitura, a abertura, que é controlada, permite a entrada de água do mar e a saída de água da lagoa. Uma troca que, em ocasiões anteriores, trouxe benefícios ao ambiente lagunar.

A abertura pode ajudar a evitar a mortandade de peixes nas lagoas, já que a falta de circulação de água provoca baixa oxigenação.

Fonte: g1.globo.com

Prefeitura de Maricá fará reunião com alunos do Passaporte Universitário

Os estudantes dos cursos de Análise de Sistemas, Enfermagem, Pedadogia, Psicologia e Serviço Social que são bolsistas do programa Passaporte Universitário têm um compromisso importante nesta sexta-feira (19/02): a Secretaria de Educação de Maricá vai apresentar o projeto social, a ser desenvolvido nas escolas do município, envolvendo a participação desses universitários.

“A Secretaria de Educação está criando ações de diagnóstico nas escolas da cidade e, para isso, contaremos com os contemplados do Passaporte Universitário. É importante dar a esses universitários a ambientação dentro da sua área de estudo e ao mesmo tempo contribuir com o município que investe na qualificação profissional deles”, afirmou a secretária Adriana Costa.

As reuniões serão realizadas no CEPT Zilca Lopes da Fontoura (Rua Barão de Inoã 137, no Centro), observando os protocolos de distanciamento social para prevenção da Covid-19. Os alunos de Psicologia devem comparecer ao local às 9h30 e os de Serviço Social às 10h30. À tarde, será a vez dos estudantes de Enfermagem (14h) e Pedagogia e Análise de Sistemas (15h).

Os alunos que estão, pelo menos, no quarto período dos cursos citados serão convocados a integrar o projeto, de acordo com a legislação que criou o Passaporte Universitário, que prevê a necessidade de contrapartida social por parte dos beneficiados pelo programa.

“Todos os alunos que foram contemplados com bolsas de estudo pelo Programa têm como contrapartida social a prestação de serviços à comunidade. Desta forma, teremos nestas ações sociais a contribuição dos bolsistas em atividades ligadas à sua área de estudo, dentro do município”, explicou a subsecretária de Políticas Públicas Educacionais, Denise Crispim, que coordena o Passaporte Universitário.

A Secretaria de Educação esclarece que os alunos dos demais cursos universitários, que não foram selecionados neste momento, também deverão cumprir a contrapartida social prevista na lei, em suas respectivas áreas de estudo, de forma ainda a ser definida pela Prefeitura de Maricá.

 

MPRJ e Polícia Civil fazem operação contra quadrilhas que atuam no tráfico e na milícia em Maricá

Uma operação realizada nesta quinta-feira (11) em Maricá, na Região Metropolitana do Rio, busca cumprir 20 mandados de prisão temporária e 49 de busca e apreensão contra três quadrilhas que atuam em localidades da cidade com atividades de tráfico e milícia.

Até as 9h desta quinta, oito pessoas já tinham sido presas e encaminhadas para a delegacia. Quatro dos presos foram por mandados de prisão e outros quatro por prisão em flagrante.

De acordo com o delegado de Maricá, Julio Cesar Mulatinho, cerca de 100 pessoas foram detidas durante a operação e ainda serão encaminhadas à delegacia.

A operação é realizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), em conjunto com a Polícia Civil.

 Além de armas, a polícia apreendeu também uma grande quantidade de drogas, que ainda está sendo contabilizada. As diligências ocorrem nas comunidades Risca Faca, Favela da Linha e no Minha Casa Minha Vida de Inoã.

A investigação do MPRJ aponta que a narcomilícia é responsável por tráfico de drogas, furto de energia elétrica, sinal de TV, comércio de gás em botijão e por impedir as empresas concessionárias de serviço público de acessarem as regiões. A investigação também apurou que o grupo efetua diversos roubos na cidade de Maricá, especialmente na Rodovia RJ-106, que corta a cidade.

Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela Vara Criminal de Maricá, atendendo à representação da 82ª Delegacia de Polícia (Maricá) e ao requerimento do GAECO/MPRJ.

O delegado Julio Cesar Mulatinho disse que as quadrilhas estão sendo investigadas há cerca de um ano e que, durante a operação, criminosos fugiram e atiraram contra a polícia.

“No final do ano, após levantar todos os locais e pessoas [envolvidas nos crime], a Polícia Civil, juntamente com o Ministério Público, expediu prisões e mandados de busca e apreensão para esses locais. Hoje, programamos essa operação que envolve toda a Polícia Civil de Niterói até Cabo Frio tendo sido empenhados 27 viaturas e 81 homens. Teve um tiroteio na fuga dos elementos, porque eles fogem dando tiro, mas não teve confronto”, disse o delegado.

O promotor de Justiça Sérgio Pereira também falou sobre a operação.

“É importante ressaltar esse trabalho, porque é uma investigação muito bem feita, nós temos a necessidade de cessar a ousadia da criminalidade, que já estava começando a querer controlar a venda de gás, impedir as concessionária de serviço público de entrar nas comunidades, controlar sinal de TV a cabo que estava já começando a ter uma opressão maior contar os moradores da localidade, que começaram a reclamar muito muito desse sentido”, ressaltou o promotor.

Fonte: g1.globo.com

Moradores se assustam com homem fuzilado no centro de Macaé

Um homem foi fuzilado na noite de terça-feira (09), por volta das 23h30, em Macaé, Região Norte Fluminense.

De acordo com a Polícia Militar, o homem levou tiros de fuzil no centro da cidade, pessoas que passavam no local no momento do crime se assustaram com o ocorrido.

Segundo populares, um carro preto com três homens encapuzados cercaram o homem e atiraram.

Ainda de acordo com a PM, o corpo foi levado para o IML de Macaé, diligências estão sendo feitas e câmeras de seguranças analisadas, para tentar localizar os suspeitos.

O crime foi registrado nas 123ª DP de Macaé

 

 

Fonte: rlagosnoticias.com.br