Julgamento de acusados pelas mortes de músico e catador em Guadalupe se inicia na Justiça Militar

Dois anos e meio depois da morte do músico Evaldo dos Santos Rosa e do catador de latinhas Luciano Macedo, a Justiça Militar começa o julgamento de 12 militares do Exército acusados pelas mortes. A equipe envolvida na ação deu mais de 257 tiros de fuzil contra o carro onde Evaldo estava com a família.

O caso aconteceu em abril de 2019, em Guadalupe, na Zona Norte do Rio. O músico seguia para um chá de bebê com a esposa, uma amiga dela, o sogro e o filho de apenas 7 anos. O veículo foi atingido por 62 disparos de fuzil e pistola. Luciano foi atingido ao tentar ajudar as vítimas.

Além das mortes, os militares são acusados de tentativas de homicídio contra os parentes de Evaldo que estavam no veículo e por não terem socorrido os feridos.

 

Fonte: BandNews

Rio de Janeiro: 7,5 mil casos e 349 mortes por Covid em 24 horas

casos e mortes por covid-19

O  estado do Rio de Janeiro registrou, de terça (4) para quarta-feira (5), quase 7,5 mil novos casos e 350 novas mortes de Covid-19.

número de casos é o segundo maior de toda a pandemia no estado, de acordo com os dados coletados junto à Secretaria de Estado de Saúde. Em 16 de fevereiro, foram contabilizados 8.385 casos.

A reportagem questionou para saber se há alguma explicação para a alta e aguarda resposta. Desde o início dos registros, a pasta ressalta que os novos casos e mortes não necessariamente aconteceram no dia que foram contados.

O recorde negativo ocorre no dia seguinte à morte do ator e humorista Paulo Gustavo, vítima da Covid. Aos 42 anos e sem comorbidades, ator militava a favor da vacina.

Fonte: g1.globo

Brasil atinge a marca de mais de 390 mil mortos por Covid-19

O Ministério da Saúde divulgou ontem (25) novos números sobre a pandemia de covid-19 no país. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem no acumulado desde o início da pandemia 14.340.787 casos confirmados da doença e 390.797 mortes registradas. Os casos de recuperados somam 12.809.169.

Nas 24 horas desde o boletim do dia 24 de Abril, o ministério registrou 32.572 novos casos e 1.305 mortes.

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, com 2.834.321 casos e 92.693 óbitos. Em seguida estão Minas Gerais (1.323.153 casos e 32.318 óbitos); Rio Grande do Sul (948.958 casos e 24.196 óbitos) e Paraná (929.097 casos e 21.564 óbitos).

 

 

Mortes violentas no estado do Rio caem 18% em 2020

O estado do Rio de Janeiro registrou no ano passado 4.892 casos de letalidade violenta, ou seja, homicídios, latrocínios (roubo seguido de morte), lesões corporais seguidas de morte e mortes provocadas por policiais. O número é 18% inferior ao observado em 2019, segundo dados compilados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), vinculado ao governo fluminense.

Os roubos também tiveram queda. Os roubos de cargas caíram 33% de 2019 para 2020, quando foram registrados 4.986 casos. Os roubos de rua recuaram 40% e os roubos de veículos, 36% de um ano para outro.

Segundo o ISP, o ano de 2020 também foi o ano com o menor número de mortes de policiais em serviço e em folga desde 1998. No total, foram 17 policiais civis e militares mortos em serviço e 42 em folga.

Ainda de acordo com o ISP, a covid-19, que provocou medidas de isolamento social por vários meses, pode ter tido impacto em alguns tipos de crime, como o estelionato, que cresceu 18% em 2020. O maior aumento ocorreu com golpes pela internet (198%).

 

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

Briga entre dois pescadores termina em morte em Cabo Frio

Um homem de identidade não divulgada foi socorrido pelos Bombeiros, na tarde desta quarta-feira (30), com um facão fincado no peito, após uma suposta briga.

De acordo com as primeiras informações ele foi socorrido, para o HCE, mas faleceu á caminho do hospital.

Através do de setor RAS, com o apoio dos policiais da Maria da Penha, os agentes conseguiram prender o homem que cometeu o crime.

O fato ocorreu na Avenida Coronel Ferreira, na beira do canal, em frente ao cemitério Santa Isabel, em Cabo Frio.

A cena deixou todos que estavam no local assustados. O homem morreu a caminho do hospital.

O mesmo foi levado para 126ª DP de Cabo Frio.

Fonte: rlagos