PRF troca tiros na Via Dutra, homem morre e agentes apreendem armas e munições dentro do carro

Um homem de 37 anos morreu em uma troca de tiros com policiais rodoviários federais na manhã desta segunda-feira (18), na pista sentido Rio de Janeiro da Rodovia Presidente Dutra, na altura do Jardim América, na Zona Norte do Rio. Dentro do carro onde ele estava, foram apreendidas várias armas e munições.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o homem dirigia um carro clonado. Segundo os policiais, ele estava acompanhado de uma outra pessoa, que foi levada para o Hospital da Posse. Nenhum agente ficou ferido.

A PRF informou que os ocupantes do carro trocaram tiros com os policiais. O carro acabou rodando na pista, que estava úmida por causa da chuva, e bateu numa mureta. O motorista morreu no local. Uma perícia foi realizada.

O trânsito ficou lento na região, pois a pista foi fechada e o fluxo de veículos foi desviado por uma pista lateral.

Dentro do carro, a polícia apreendeu:

  • 1 Fuzil M4 5.56
  • 1 Espingarda calibre 12
  • 1 Pistola Glock .40 SW Kit rajada
  • 1 Pistola Israelense Bul Armory 9mm
  • 1 Pistola Glock kit Roni
  • 2 Granadas
  • 2 explosivos Artesanais
  • 4 carregadores de pistola .40
  • 1 carregador de pistola 9mm
  • 4 carregadores 5.56
  • 1 carregador estendido 5.56
  • 100 munições de Calibre 12
  • 198 munições .40 SW
  • 15 munições de 9mm
  • 286 munições 5.56
  • 34 munições de 7.62
  • 4 Rádios
  • 2 Coldres
  • 1 Machado
  • 2 Capas de Coletes
  • 2 Cintos de guarnições
  • 1 soco inglês
  • 1 balaclava
  • 1 Tornozeleira Eletrônica
  • 2 Placas de veículo falsificadas

 

Jovem de 21 anos imobiliza pai para evitar que agredisse a mãe, em Anápolis (GO)

Um jovem de 21 anos teve que imobilizar o pai, de 55, para evitar que ele agredisse a ex-esposa, mãe do rapaz, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Fotos feitas no local mostram o filho ajoelhado sobre o investigado, pressionando um dos braços dele contra o chão para que não pudesse se levantar.

A situação aconteceu na tarde de sábado (16), na casa da mulher, que tem 43 anos, no Setor Campos Elíseos. A Polícia Militar prendeu o homem, registrou a versão da vítima e levou os envolvidos à Central de Flagrantes da cidade.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que o homem continua preso, na manhã desta segunda-feira (18), na Unidade Prisional Regional de Anápolis.

g1 não conseguiu descobrir quem representa o investigado para pedir uma posição sobre o caso.

Crédito: g1.globo.com

Funcionário público de Silva Jardim é esfaqueado durante briga com a ex-namorada que foi candidata a vereadora do município

Um jovem de 28 anos foi ferido com uma facada no peito durante uma briga com a ex-namorada, na madrugada do último domingo (17), em um apartamento, no bairro Caju, em Silva Jardim, no interior do Rio. A vítima foi o funcionário público Welliton da Silva Bastos. Segundo a família, ele foi socorrido, passou por uma cirurgia e está internado no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo, na Região Metropolitana.

De acordo com a família do rapaz, a suspeita pelo crime é a ex-namorada dele, Larissa de Jesus Oliveira, de 26 anos, com quem ele estava morando há cerca de um mês. A mãe de Welliton, a dona de casa Marinalda Cardoso da Silva, contou ao Informe que estava conversando com o filho por telefone quando ele foi atingido pela facada.

“Ele me ligou uma e pouca da manhã, dizendo que estava no calçadão – do bairro Reginópolis -, que não queria mais morar com ela, e que queria buscar as coisas dele no apartamento dela. Logo depois, ainda durante a ligação, eu consegui ouvir os dois brigando e o momento em que ele dá um grito e começa a chorar. Nesse momento, eu chamei o meu marido, peguei minha filha pequena e corremos pra lá. Quando cheguei, encontrei o meu filho todo sujo no chão, de bruço, e ela já estava com a vassoura tentando limpar tudo”, afirmou Marinalda, de 48 anos.

A mãe contou ainda que acionou o SAMU, os agentes fizeram os primeiros socorros e levaram o rapaz para a UPA da cidade. Em seguida, devido à gravidade do ferimento, Welliton foi transferido para o Heat, onde permanece em observação. “A facada perfurou uma artéria perto do coração. Os médicos disseram que o meu filho só não morreu por um milagre. Ele passou por uma cirurgia e, graças a Deus, está estável no CTI, em observação”, contou a mãe.

Procurada pelo Informe, Lary, como é conhecida na cidade, disse que está “muito abalada”, e sem condições para falar sobre o assunto. O advogado de defesa dela, Delson Guimarães Campos Júnior, afirmou que a jovem esteve na 120ª Delegacia Policial, responsável pelas investigações do caso, e que fez um registro de ocorrência contra Welliton, com base na Lei Maria da Penha. A defesa acrescentou ainda que Lary vai realizar um exame de corpo de delito nesta segunda-feira (18), e que ela teria agido em legítima defesa.

LARY FOI CANDIDATA A VEREADORA NO MUNICÍPIO

Lary Oliveira foi candidata a vereadora na cidade nas eleições municipais do ano passado, pelo partido Cidadania. Ela obteve 58 votos e não chegou a ser eleita. O partido Cidadania ainda não comentou o caso.

 

 

 

Crédito: www.informerj.com.br

Suspeito é baleado pela Polícia Militar durante tiroteio em Tanguá

No terceiro dia de confrontos entre traficantes que disputam o controle de pontos de venda de drogas em Tanguá, na Região Metropolitana do Rio, um suspeito é baleado por Policiais Militares e um fuzil apreendido.

Imagens divulgadas na internet por moradores do município mostram que dezenas de criminosos fortemente armados chegando ao local. Os traficantes se escondem atrás de postes e muros. Logo depois, o tiroteio começa.

O caso aconteceu na madrugada de sábado (16). O registro aconteceu na Delegacia que atende a região e que será responsável por investigar os criminosos. Não houve registro de prisões ou vítimas de balas perdidas.

 

Crédito: bandnewsfmrio.com.br

Policiais militares reagem em assalto a ônibus e matam assaltante em Araruama, na Região dos Lagos

Um homem morreu após tentar roubar um ônibus da empresa 1001, em Araruama, na Região dos Lagos, na madrugada desta sexta-feira (15). Segundo a PM, três policiais militares à paisana que estavam dentro do coletivo reagiram ao assalto.

De acordo com testemunhas, dois criminosos tentaram assaltar os passageiros, mas um morreu e outro conseguiu fugir para uma área de mata.

Ainda segundo a polícia, o assalto aconteceu por volta das 4h, na altura do bairro XV de Novembro, na RJ-116. Os policias dentro do ônibus estavam seguindo para o trabalho, mas a polícia não informou em qual batalhão eles estão lotados.

A Polícia Civil realizou uma perícia no local. A ocorrência foi encaminhada para a 118ª DP (Araruama). A PM não informou se o criminoso morto tinha antecedentes criminais.

A Auto Viação 1001 emitiu uma nota sobre o caso. Veja na íntegra:

“A Auto Viação 1001 informa que na madrugada dessa sexta-feira um de seus ônibus, que fazia linha Araruama x Rio de Janeiro, sofreu uma tentativa de assalto. Havia policiais dentro do veículo, que reagiram ao ocorrido. Um dos suspeitos foi morto e o outro foragiu. O motorista e os 19 passageiros passam bem e seguiram viagem em outro veículo da empresa. A Auto Viação 1001 lamenta o ocorrido, reitera o seu compromisso com a segurança e está à disposição das autoridades para prestar esclarecimentos.”

Crédito: www.osaogoncalo.com.br