Escola pública de Cachoeiras de Macacu recebe peça sobre o consumo responsável de recursos naturais

Crianças de escola pública de Cachoeiras de Macacu, com idades entre 08 e 12 anos, terão a oportunidade de assistir ao teatro “A Descoberta do Gás Natural”, que trata sobre o gás natural e como consumir recursos naturais com responsabilidade, por meio de entretenimento e arte.

O projeto é idealizado e realizado pelo Diverte Teatro Viajante, que leva cultura, entretenimento, arte e conhecimento através do teatro para crianças e adolescentes de todo o Brasil. Por meio de lei federal de incentivo à cultura, as apresentações contam com o apoio do Ministério do Turismo e da NTS – empresa transportadora de gás natural da região sudeste.

Sinopse

Na peça, o professor Pipeta e seu ajudante têm a importante missão de classificar os tipos de energia e entender como elas são utilizadas pelo homem. Com ajuda das crianças da plateia, eles descobrem em um jardim o componente energético que mudou a história do planeta: o petróleo e o gás natural.

Com uma linguagem simples, muita interação com o público e experiências no palco, a peça sobre esta fonte de energia torna o assunto acessível e interessante. De forma divertida, as crianças entendem sobre as distintas fontes de energia, sua função e sua origem, além de como podem economizar energia para o cuidado do meio ambiente para ter um futuro melhor!

“É muito importante que as crianças entendam conceitos básicos dos nossos recursos naturais mais valiosos. Ações como a nossa apresentação são pequenos passos para uma boa base de conhecimento e elementos fundamentais no dia a dia para preservação do meio ambiente e qualidade de vida das próximas gerações”, destaca o diretor do projeto, Júlio Martinez.

Serviço: Espetáculo “A Descoberta do Gás Natural”

Com o objetivo de ampliar a inclusão por meio da experiência artística, o Diverte Teatro Viajante realiza espetáculos que contam com acessibilidade para pessoas com deficiência.

Cachoeiras de Macacu (RJ)

Dia: 28/06
Horários: 9h, 10h e 13h
Local: Escola Municipal Engenheiro Elias Farhat
Endereço: Estrada Rio Friburgo – RJ 122 – KM 17

Sobre a NTS

A NTS (Nova Transportadora do Sudeste S/A – NTS) transporta gás natural por meio de um sólido sistema de gasodutos, conectando a região mais industrializada do Brasil com segurança e confiabilidade.

São mais de 2.000 quilômetros de malha que ligam os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo – responsáveis por aproximadamente 50% do consumo de gás no Brasil – ao gasoduto Bolívia-Brasil, aos terminais de GNL e às plantas de processamento de gás.

Sobre o projeto Diverte Teatro Viajante

O Projeto consiste em levar o teatro para espaços alternativos como escolas, praças públicas, locais privados de acesso público, entre outros, tornando-os culturalmente aproveitáveis, desenvolvendo programas integrados que permitam o contato, a interação e a participação das crianças com representações ativas através do teatro infantil.

Como principais objetivos, o projeto visa contribuir para facilitar, a todos, os meios para o livre acesso às fontes da cultura e o pleno exercício dos direitos culturais, com a realização de espetáculos gratuitos e de estrutura acessível em municípios em todo o Brasil, a fim de possibilitar à população a incorporação de produtos artísticos em seu cotidiano.

O Projeto está em sua 6ª edição e já alcançou um público de mais de 225.000 pessoas percorrendo o Brasil de norte a sul, levando teatro para crianças que nunca tiveram a oportunidade de vivenciar essa experiência tão essencial para a formação do intelecto.

Alerj pede à Anac que Governo do Estado seja responsável pela concessão do Aeroporto Santos Dumont

A Assembleia Legislativa do Rio pede à Agência Nacional de Aviação Civil que o Governo do Estado seja responsável pela concessão do Aeroporto Santos Dumont. O ofício, encaminhado na segunda-feira (8), solicita que o terminal localizado na capital fluminense tenha tratamento equivalente ao adotado em relação ao Aeroporto de Pampulha, em Minas Gerais.

De acordo com a Alerj, a iniciativa pretende evitar um possível esvaziamento do Galeão. As autoridades fluminenses criticam a intenção da União de conceder o Santos Dumont sem restrições para oferta de voos.

Em outubro, a Assembleia Legislativa lançou uma Frente em Defesa do Aeroporto Internacional do Galeão. O movimento reúne autoridades, entidades empresariais, associações e deputados estaduais e federais.

Recentemente, o Governo Federal deu aval para que o governo mineiro realizasse o leilão do terminal de Pampulha. A CCR, que também administra o aeroporto de Confins venceu a disputa. Desta forma, Pampulha ficou com os voos regionais e de pequeno porte, enquanto Confins seguiu com as operações internacionais.

 

Fonte: Band News