Ventania tomba caminhão com motorista dentro, em SC; velocidade do vento chegou a 157 km/h, veja o vídeo

Rajadas de vento derrubaram um caminhão que estava estacionado em um posto da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) na Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim da Serra, na madrugada desta quarta-feira (18). O motorista do veículo, um homem de 28 anos, estava dentro do automóvel no momento do tombamento e não se feriu.

De acordo com a corporação, a velocidade do vento na estação meteorológica da cidade chegou a 157 km/h. (assista acima).

A Serra do Rio do Rastro chegou a ser fechada nesta manhã. Em comunicado nesta manhã, a PMRv afirmou que o trecho da SC-390 voltou a ser reaberto por volta das 7h20. Caminhões, no entanto, não estão autorizados a passar pelo local por conta do risco de novas rajadas de vento nesta quarta.

Ocorrências no Litoral Norte

Em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, um outdoor caiu e atingiu uma casa na noite de terça-feira (18). Já em Camboriú, na mesma região, uma placa cedeu e uma árvore foi derrubada com a força da ventania.

Tempestade

A tempestade subtropical Yakecan, fenômeno atinge Santa Catarina desde terça-feira (17), pode provocar rajadas de vento acima de 100 km/h em cidades do Planalto Sul e litoral até quinta-feira (19). De acordo com o aviso da Defesa Civil, divulgado nesta manhã de quarta, o vento segue deixando a sensação de frio ainda maior no estado.

O risco é alto e muito alto para ocorrências associadas aos ventos. Já a previsão de neve continua para Santa Catarina nesta quarta. Segundo a Epagri/Ciram, o fenômeno pode ocorrer nas partes mais altas do Oeste e Norte catarinenses.

Nesta quarta, a Serra também registrou neve. Na terça-feira, as cidades de Lages, Bom Jardim da Serra, Urubici, Urupema, Rio Rufino e São Joaquim, na Serra catarinense, registraram neve pela primeira vez em 2022 (veja as imagens do frio mais abaixo).

Tempestade

Yakecan significa “o som do céu” em tupi-guarani e foi oficialmente estabelecido por meio do aviso especial nº 356, publicado no site do Centro de Hidrografia da Marinha. No Rio Grande do Sul, a tempestade fechou comércios, cancelou aulas e causou estragos.

 

Crédito: g1

Empresa que tem o funcionário mais antigo do mundo organiza festa de 100 anos para o vendedor

Na última terça-feira (19), Walter Orthmann, o funcionário mais antigo do mundo, segundo o livro de recordes Guinness Book, completa 100 anos de vida. Em Brusque, no Vale do Itajaí, amigos, familiares e personalidades da cidade se reuniram para homenagear o catarinense. Ele trabalha como vendedor em uma empresa de tecidos há 84 anos.

Na última terça, a empresa onde Walter trabalha realizou um evento para cerca de 700 pessoas para comemorar o centenário do recordista. A festa teve início às 11h (veja as imagens).

Walter foi contratado em 17 de janeiro de 1938, aos 15 anos. Desde então, viu diversas mudanças. Naquele tempo, a rua da empresa não tinha energia elétrica, assim como a maior parte de Brusque. As estradas não tinham calçamento, e os dias chuvosos eram complicados devido à lama. Nas casas, não havia água encanada e cada um tinha um poço.

Além disso, recebeu seu salário em nove moedas diferentes. Ele entrou pela primeira vez para o Guinness Book em 2008, e pela segunda vez em 2018, quando comemorou 80 anos de empresa e 95 de idade.

Antes de ser vendedor na loja, ele trabalhava na roça desde os 12 anos, plantando aipim. Para ir à escola, Walter precisava andar, todos os dias, cerca de 5 quilômetros. Atualmente, ele dirige de carro até a empresa, onde trabalha de segunda a sexta, e tem um smartphone e um tablet na mesa do escritório.

“Hoje é muito fácil, resolve tudo com um celular na mão”.

Além de ser um profissional dedicado e que não pensa em parar de trabalhar, é também esposo, pai, avô e um homem que se cuida. Em 28 de junho de 1946, seu Walter casou com Alice Koschnik e teve cinco filhos, Sueli, Rosemari, Marli, Valmir e Valter Roberto. Em 1977, ele ficou viúvo e, em 1980, casou-se com Lucia Helena Valle, 32 anos mais jovem que ele. O casal teve três filhos, Tatiana, Sabrina e Marcelo.

Seu Walter continua casado e conta que leva uma vida simples, faz exercícios todos os dias e cuida da alimentação.

Conselhos

Walter ter algumas recomendações para se viver bem e por bastante tempo. Ele disse que cuida da saúde, fazendo um check-up a cada quatro meses. E recomenda que as pessoas cuidem da alimentação, do sono e do estresse.

Em um momento em que se fala tanto sobre temas como ansiedade, Orthmann reforça que ninguém deveria se preocupar com o dia de amanhã, e sim viver o hoje.

“Não fique nervoso, faça tudo rindo. Faça só o que gosta de fazer. Eu gosto de trabalhar aqui na empresa, gostava de viajar (a trabalho), e assim você nem sente o tempo passar. Não tenha inimigos. Peça desculpas. Viva tranquilo. A vida é só uma passagem aqui na Terra, aproveite, faça o que você quiser”, disse Walter.

Pelas manhãs, ele faz exercícios físicos e de respiração. Ele usa um pano para puxar a perna 100 vezes, ainda na cama. Ele também recomendou ingerir menos sal e açúcar.

Crédito: portal g1

Preso em Cabo Frio acusado de pornografia infantil. O mandado é da Justiça de Santa Catarina

Policiais civis da 126ª DP (Cabo Frio) prenderam em flagrante, na última terça-feira (30/11), um homem acusado de pornografia infantil. Contra ele foi cumprido um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça do estado de Santa Catarina.

Os agentes foram ao endereço do suspeito, na Praia do Siqueira, em Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, e encontraram diversas imagens de pornografia infantil, com dizeres que lembravam rituais satânicos, além de dois cadernos contendo senhas de acesso a sites de pornografia infantil.

Os policiais também observaram o nome de uma vítima escrito nas paredes de um cômodo da casa, que consta no procedimento de investigação do estado de Santa Catarina, e no qual o autor faz ameaças de morte contra ela.

No imóvel foram apreendidos um notebook, quatro pendrives, um telefone celular, diversas fotografias de pornografia infantil e dois cadernos de anotações, além de fotografias da vítima catarinense.

 

Crédito: www.osaogoncalo.com.br

Vítimas do desabamento de calçada recebem alta de hospitais em Joinville

Trinta e três pessoas que foram encaminhadas ao hospital após a queda de uma calçada que cedeu em Joinville, no Norte catarinense, na noite de segunda-feira (22), receberam alta. Em nota divulgada na madrugada desta terça-feira (23), a administração municipal informou que nenhuma das vítimas sofreu ferimentos graves.

O caso ocorreu durante uma apresentação de Natal e a estrutura que desabou passa sobre uma galeria fluvial. Equipes isolaram a área após o acidente. O trânsito na Avenida Beira-rio também foi bloqueado no trecho. Nesta manhã, às 10h, está previsto uma perícia no local.

O g1 SC tentou contato com a Defesa Civil para saber o que motivou a queda da estrutura e há risco de novos desabamentos. Até as 9h, não houve retorno.

Inicialmente, a prefeitura informou que o Hospital Infantil de Joinville recebeu 11 crianças. Outros 19 adultos teriam sido atendidos no Hospital Municipal São José de Joinville. A confirmação da internação de outros dois adultos e uma criança foi feita somente durante a madrugada.

 

Crédito: g1

Mulher vai a UPA com cólica renal, descobre que estava grávida e acaba dando à luz

Uma mulher descobriu que estava grávida de cerca de 8 meses ao procurar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) reclamando de uma suposta cólica renal.

A paciente de 43 anos deu entrada na unidade em Araranguá (SC), na manhã de terça-feira (19), alegando fortes dores abdominais, abaixo do ventre, e na coluna, mas destacando que tinha histórico de disfunção nos rins. Enquanto esperava pelo atendimento, ela pediu para usar o banheiro e foi surpreendida pelas fortes contrações.

Ellen Lazzaretti, enfermeira obstetra e coordenadora da UPA, conta que a primeira profissional que chegou ao banheiro, alertada pelos gritos da grávida, já viu o bebê “coroando”, etapa do parto em que a parte mais larga da cabeça passa pela abertura da vagina. Poucos segundos depois, o recém-nascido acabou caindo no vaso, sendo rapidamente socorrido.

Todo o processo entre a chegada da paciente e o nascimento da criança levou cerca de 40 minutos.

O bebê, um menino, veio ao mundo pesando 2,2 kg. “Não tem como a gente saber a prévia exata do tempo de gestação porque ela não sabia que estava grávida, eu enviei as fotos do bebê para um pediatra, e ele estima que estava com 35, 36 semanas, até pelo peso dele”, detalhou Ellen em entrevista ao UOL.

Ainda segundo a enfermeira obstetra, a paciente realmente não sabia que estava esperando um bebê, já que achava sentir os primeiros sintomas da menopausa e tem dois filhos mais velhos, um deles já adulto.

“Ela falou que realmente não sabia, foi uma reação de susto, porque ela trabalhou até meia-noite no emprego dela, com dores nas costas, achando realmente que era cólica renal, por isso ela veio de manhã cedinho, antes de trabalhar. Os filhos dela, um de 20 e um de 14, também ficaram bem assustados, mas é um pacotinho de surpresa bem-vindo, né?”, destacou a profissional.

Depois de receberem os primeiros socorros na UPA, mãe e bebê foram encaminhados de ambulância ao Hospital Regional da cidade. Ambos passam bem, mas o recém-nascido continua internado em observação, por ser prematuro.

“Isso se chama gravidez silenciosa, que não é rara, mas é incomum. Ela tem 43 anos, estava acima do peso, entrando no período de menopausa. Menstruava, não menstruava…então para ela, depois de 14 anos, ela não imaginou que estava grávida. Ela não sentiu o bebê mexer”, concluiu Ellen.

 

Crédito: noticias.uol.com.br