Secretaria de Saúde publica resolução que cria regulação unificada para tratamento da Covid-19

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) publicou, nesta quarta-feira (13/01), em edição extra do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, resolução que cria a regulação unificada para leitos destinados a pacientes com Covid-19 em todo o estado, conforme o Plano de Resposta de Emergência ao Coronavírus. O documento assinado pelo Secretário Carlos Alberto Chaves estabelece que todos os leitos clínicos, obstétricos, pediátricos e de terapia intensiva com suporte ventilatório destinados ao tratamento de Covid-19 estarão sob a gestão estadual, por meio da Central Estadual de Regulação (CER), enquanto durar o estado de emergência em saúde pública.

A regulação única foi discutida com os municípios através da Câmara Técnica da Comissão Intergestores Bipartite com representantes das secretarias de Saúde dos municípios do Estado do Rio, visando a otimização dos leitos destinados aos cuidados dos pacientes acometidos pelo coronavírus. A medida tem como objetivo promover o acesso de todo cidadão fluminense aos serviços de saúde pública de forma democrática, transparente e integral. A resolução será apresentada, nesta quinta-feira (14/01) aos secretários de Saúde dos 92 municípios do Estado, em uma reunião de acolhimento e boas-vindas aos novos gestores da saúde.

– O leito não é de um município, de uma unidade nem de uma pessoa. O leito é do SUS. Todos os cidadãos têm o direito a um leito de forma igualitária. A regulação única sempre foi nosso principal objetivo. Estamos começando com os leitos de Covid e vamos ampliar essa regulação unificada para a alta complexidade. Isso é um legado que queremos deixar para a população – afirmou o secretário de Estado de Saúde, Carlos Alberto Chaves.

O acordo define ainda que é de responsabilidade das unidades hospitalares integrantes do Sistema Único de Saúde (SUS), incluindo as conveniadas e as contratadas, manter o mapa de leitos atualizado em tempo real no Sistema Estadual de Regulação. A medida  garante a transparência das ações de regulação. Caberá ao estado garantir o processo de regionalização, hierarquização e integração das ações e serviços de saúde, de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde.

 

Armação dos Búzios inaugurou tenda de triagem

A Prefeitura de Armação dos Búzios, por meio da Secretaria de Saúde, inaugurou na quarta-feira (9) uma tenda de triagem para suspeitos de terem contraído a Covid-19. A estrutura foi montada em frente ao Hospital Municipal Rodolpho Perissé, no bairro São José.

No local será atendida qualquer pessoa que apresente sintomas de síndrome gripal. Munícipes que testarem positivo serão enviados para isolamento domiciliar e serão monitorados pelo sistema de saúde da família do seu bairro. Já casos graves ficarão internados no próprio hospital.

Com o objetivo de não atingir a ocupação máxima dos leitos disponíveis, e assim, não colapsar o Sistema de Saúde do município, a prefeitura decidiu que aqueles que não forem moradores de Búzios serão encaminhados para atendimento nas cidades que residem.

O prefeito em exercício, Henrique Gomes, esteve no local vistoriando o primeiro dia de atendimento e conversando com os profissionais de saúde e a população.

Reforço
Um convênio entre a prefeitura e a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro resultou no aumento do efetivo de policiais em até 100% com o Programa de Integração na Segurança (PROEIS).

Atualmente, com o programa, são mais três viaturas diárias da Polícia Militar no município.

O PROEIS, que começou em dezembro de 2018, tem como objetivo contratar policiais nos seus dias de folga, para aumentar a proteção em áreas previamente estudadas e programadas

 

Fonte: atribunarj.com

Concursos no Estado do Rio disponibilizam mais de 1800 vagas em diversas áreas

Os interessados em ingressar na carreira pública podem aproveitar uma das 1.080 oportunidades disponíveis essa semana, distribuídas em nove diferentes empresas/órgãos. As oportunidades são para trabalhar em todo o Estado do Rio de Janeiro.

O Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet) anunciou dois Concursos Públicos para contratação de 22 profissionais do Magistério Federal da Carreira do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. É necessário que os candidatos tenham graduação; licenciatura; bacharelado; mestrado; doutorados, nas áreas exigidas em cada vaga.

A remuneração oferecida varia de R$ 4.463,93 a R$ 5.136,99. As inscrições serão realizadas até 22 de janeiro, presencialmente nos Campi de: Maracanã; Petrópolis; Angra dos Reis; Itaguaí, nos endereços disponíveis nos editais. O valor da taxa é de R$ 120.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) também abriu 72 vagas para o concurso público de professor da carreira do magistério superior. O período de trabalho é de 20 ou 40h semanais sobre regime de Dedicação Exclusiva, com renumeração de R$ 2.236,31 a R$ 4.463,93, podendo chegar a R$ 9.600,92, conforme a titulação.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 17 de março de 2019, no site www.concursos.pr4.ufrj.br. A taxa de inscrição a ser pago pelo candidato é no valor de R$ 105; R$ 175 ou R$ 290 variando de acordo com a carga horária.

Outras oportunidades da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) são para as áreas de matemática (2); música (1) e educação especial (2), também na carreira do magistério superior. A renumeração é de R$ 4.463,93 podendo chegar a R$ 9.600,92 conforme a titulação.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 03 de fevereiro de 2019, no site www.concursos.pr4.ufrj.br. A taxa de inscrição a ser paga pelo candidato é no valor de R$ 170.

A Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) também está com inscrições para concurso destinado a professor de magistério superior. Ao todo são dez vagas. A renumeração é de R$ 3.126,31 ou R$ 4.463,93 de acordo com a área escolhida pelo candidato. As inscrições têm encerramento no dia 15 de fevereiro e o formulário de inscrição disponível no site www.unirio.br. A taxa de inscrição é no valor de R$ 90.

Outras 534 vagas estão sendo ofertadas para médicos, por meio do concurso da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro. Os profissionais atuarão em carga horária de 24h semanais e receberão salários que variam entre R$ 2.148,00 e R$ 7.707,44. Inscrições devem ser feitas até 25 de janeiro, presencialmente, na Rua Afonso Cavalcanti, 455, sala 601, Cidade Nova, Rio de Janeiro. O atendimento será realizado das 09h às 17h.

A Polícia Militar do Rio de Janeiro está com 37 vagas destinadas ao Curso de Formação de Oficiais da Corporação (CFO). As exigências são candidatos que tenham entre 18 anos completos até a data da matrícula no curso de formação e não tenham completado 35 anos até a data de publicação do Edital de abertura no DOERJ; bacharelado em Direito, altura mínima de 1,65 para homens, e 1,60 para mulheres, entre outros requisitos exigidos pelo edital.

Fonte: O São Gonçalo