Suspeito de estuprar o próprio sobrinho é preso em Silva Jardim

Um homem de 51 anos, que estava foragido da Justiça, foi preso nessa quinta-feira (26), suspeito de estuprar o próprio sobrinho, em Silva Jardim, no interior do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil, o crime teria ocorrido no ano de 2012, e a vítima é sobrinha do agressor.

Ainda segundo a Polícia Civil, a Justiça decretou o mandado e prisão preventiva contra o homem, que foi localizado em um sítio na localidade de Bananeiras. O suspeito foi levado para a 120ª Delegacia Policial e indicado por estupro de vulnerável.

Se for condenado, o homem pode pegar entre oito e 15 anos de reclusão. A reportagem não conseguiu contato com a defesa do suspeito.

 

 

Fonte: informerj

Silva Jardim: Armas e munições são apreendidas em ação da Polícia Civil

Agentes da Polícia Civil de Silva Jardim, interior do Rio de Janeiro, cumpriram última terça-feira 23 de Fevereiro, um mandado de busca e apreensão contra um homem de 52 anos, suspeito de ameaçar matar a ex-companheira, no mês passado. De acordo com a Polícia Civil, em um dos endereços do homem, em Macaé, os agentes encontraram diversas armas de fogo e munições.

Entre o material apreendido, estão duas espingardas, e um revólver calibre 38mm, além de diversos cartuchos. Ainda segundo as investigações da 120ª Delegacia Policial, o suspeito já cumpria medida protetiva e estava impedido de se aproximar de sua ex-companheira por conta das ameaças de morte.

A Polícia Civil afirmou que, no momento da chegada dos agentes à residência do alvo, no bairro Morro Grande, onde vive atualmente, o homem não estava em casa e a busca foi realizada com uma testemunha, vizinha do suspeito. O homem, que passou a ser considerado foragido da Justiça, se apresentou na delegacia, acompanhado por um advogado, horas depois da ação.

Além das ameaças de morte contra a ex-companheira, o suspeito também vai responder por posse ilegal de arma, já que, segundo a polícia, não possuía autorização para ter os armamentos em casa.

 

Fonte: informerj.com.br

I Festival de Arte Pública de Silva Jardim

As inscrições estão abertas até domingo, 28 de Fevereiro,  para o I Festival de Arte Pública de Silva Jardim. O projeto será realizado em duas etapas e a primeira delas prevê premiação de R$ 1 mil, para o autor da obra escolhida, seja trabalho artístico em fotografia, pintura, desenho, design, colagem e técnicas mistas, que retratem o patrimônio cultural da cidade.

Segundo a organização, artistas de todo o território nacional podem se inscrever na primeira etapa do projeto, que vai selecionar uma obra para ser reproduzida através de pintura a mão por um mestre pintor em um painel de azulejo de 1m², instalado permanentemente em um local público da cidade.

“Os temas dos trabalhos enviados tem como proposta valorizar e homenagear o patrimônio local, através da reprodução de um painel de azulejos que ficará pra sempre em exposição na cidade”, destaca a artista e produtora cultural, Julia Botafogo, idealizadora do concurso.

Já na segunda etapa do festival, que não terá premiação, será construído um painel cerâmico coletivo, com tema a memória cultural de Aldeia Velha, distrito de Silva Jardim. Ainda segundo a organização, a ideia é criar um painel com imagens de acervo dos moradores da localidade, onde o espectador possa passear por diferentes informações, descobrir e se reconhecer.

O edital do concurso está disponível no site da Cerâmica Júlia Botafogo, responsável pela realização do concurso. Ainda de acordo com a organização, os trabalhos deverão ser executados até o dia 23 de março.

O festival tem patrocínio dos governos Federal e Estadual do Rio de Janeiro, através da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, por meio da Lei Aldir Blanc, que tem o objetivo de incentivar a retomada do setor cultural atingido pela pandemia do novo corona vírus.

 

 

Fonte: informerj.com.br

Silva Jardim: Ano letivo começa a partir de hoje nas escolas públicas

O ano letivo nas escolas públicas de Silva Jardim, no interior do Rio, retorna a partir de hoje – segunda-feira (22), de acordo com a Secretaria Municipal de Educação. Segundo a Prefeitura, as aulas permanecem de maneira remota, assim como no ano passado, desde o início da pandemia da Covid-19.

O município informou que serão oferecidas atividades complementares, sendo em plataforma virtual e impressas, para todos os alunos da rede municipal. Os estudantes podem acessar a plataforma para ouvir orientações e obras literárias ou musicais, além de terem acesso a informações, entre outras atividades, sem sair de casa.

Já as atividades impressas, efetuadas de maneira remota, devem ser retiradas nas respectivas unidades escolares, onde os alunos estão matriculados. A cidade de Silva Jardim é uma entre milhares por todo o Brasil, que ainda não tem previsão para retornar com o ensino presencial na rede pública.

 

 

 

Fonte: informerj.com.br

Homem ameaça matar a própria esposa e é preso em Silva Jardim

Um homem de 32 anos foi preso nessa quarta-feira (17), suspeito de ter ameaçado matar a própria esposa com golpes de faca e enxada, no bairro Cidade Nova, em Silva Jardim,  interior do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil, na delegacia, o homem confessou o crime.

De acordo com a Polícia Civil, os agentes localizaram o homem, em casa, depois que sua esposa foi até a 120º Delegacia Policial denunciar o caso. Em depoimento, a mulher afirmou que sofreu ameaças de morte, foi colocada para fora de casa com suas duas filhas pequenas, na frente de testemunhas.

As investigações revelaram ainda que o suspeito possui uma ficha criminal extensa, incluindo passagens por porte ilegal de armas, roubos, furtos, e ameaças. A reportagem não conseguiu contato com a defesa do preso.

 

Fonte: informerj