Vai viajar de carro? Veja dicas para transportar os pets de forma segura

Com a proximidade do período de festas de fim de ano e férias, as rodovias recebem um fluxo maior de veículos. Nas viagens, muitas famílias optam por levar o bichinho de estimação. A prática é permitida, no entanto, há regras que devem ser seguidas para evitar multas e garantir a segurança e bem-estar do pet.

A concessionária que administra rodovias na região de Bauru deu dicas de como transportar os animais de maneira adequada nos passeios de longas distâncias. Segundo a empresa, o transporte correto dos pets varia de acordo com o tamanho e a espécie, mas os animais devem ser colocados sempre no banco de trás do veículo.

As caixas de transporte servem para gatos e cachorros de pequeno ou médio porte e devem ter um tamanho adequado ao bichinho, serem ventiladas e possuir trava para fechamento das portas. Também é recomendado que a caixa possua alça para se prender ao cinto de segurança durante as viagens.

Para os cães maiores, os cintos de segurança adaptados funcionam bem. Segundo a médica veterinária Mariana Motta, de Bauru, o correto é utilizar as guias peitorais durante o transporte e jamais as guias de pescoço, pois em caso de acidente o animal poderá sofrer lesões graves e até morrer.

No caso de animais pequenos, como hamsters e pássaros, a recomendação é levá-los dentro da gaiola, presa com o cinto de segurança e coberta por um pano fino. Isso ajuda a diminuir o estresse do animal.

Outra observação da veterinária é evitar temperaturas altas dentro do carro. O calor dificulta a respiração do pet e ainda pode deixá-los estressados. Se o carro tiver ar-condicionado, a recomendação é deixá-lo ligado para manter uma temperatura agradável. Se não tiver, a orientação é deixar as janelas um pouco abertas ou viajar em horários mais amenos.

A alimentação do pet é outro ponto importante. A recomendação é procurar um médico veterinário antes da viagem para que ele possa indicar uma medicação contra enjoos e vômitos. “O ideal é que os animais possam comer e beber durante a viagem. Muitos têm medo do pet passar mal e sujar o carro, mas com medicação é possível evitar esse quadro”, afirma.

Paradas para descanso

Programar paradas rápidas durante a viagem pode reduzir o estresse do animal durante o trajeto. Segundo a veterinária, o recomendável é fazer paradas dentro de um intervalo aproximado de duas horas e meia para o pet fazer suas necessidades, beber água e caminhar um pouco, sempre usando a coleira.

No caso de gatos, que não andam de coleira, a melhor opção é deixá-los dentro da caixa de transporte e levar uma caixa com areia para que eles possam fazer as necessidades dentro do carro.

Mariana lembra ainda que nas viagens é sempre possível alguma fiscalização da Polícia Rodoviária. Por isso, é importante manter a carteirinha de vacinação atualizada, especialmente com a vacina contra raiva, que é obrigatória. Outro documento que é recomendado levar nas viagens é a Guia de Trânsito Animal (GTA), emitida pelos médicos veterinários.

Punição pelo transporte incorreto de animais

Além de garantir uma viagem tranquila aos animais, os cuidados servem para evitar punições aos motoristas. Dirigir com animais soltos ou do lado de fora do veículo é proibido. Além de perigoso, é também infração de trânsito e passível de multa.

De acordo com o artigo 235 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), é proibido “conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados”. A infração é considerada grave, punida com 5 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e multa no valor de R$ 195,23.

Já o artigo 252 diz que “dirigir o veículo transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas” é infração média, punida com 4 pontos na carteira e multa no valor de R$ 130,16.

Crédito: g1.globo.com

Maria Antonieta, a Chiquinha de ‘Chaves’, curte passeio de barco em Acapulco

Maria Antonieta de Las Nieves, conhecida pelo seu papel de Chiquinha no seriado Chaves, compartilhou alguns momentos de sua viagem a Acapulco, no México. Vale lembrar que o destino foi um dos retratados na série com participação de todo o elenco.

“Nesses tempos não sabemos quanto tempo nos resta com aqueles que amamos. Não espere para dizer que os ama e mimá-los. Seja feliz”, escreveu ela na legenda de uma das fotos, em que aparece em um barco.

Em outro post, a atriz de 70 anos de idade falou ainda que mergulhou em alto mar. “Nadar no mar foi uma grande experiência. Obrigada por viver momentos felizes como este na companhia de pessoas que amo”, disse ela.

Mãe de três filhos, María Antonieta perdeu o marido, Gabriel Fernandez, em 2019, depois de 48 anos de relacionamento. Ela segue interpretando Chiquinha em shows.

Brasileiro está concorrendo para emprego dos sonhos

Ser pago para viajar pelo mundo e publicar suas experiências extraordinárias nas mídias sociais – parece um sonho e é. Para o engenheiro brasileiro com cidadania irlandesa, Renan Batista Silva, a expectativa é alta, que está com sua aplicação em processo.

A posição de aprendiz “Shore Explorer” incluirá visitas a destinos como o Alasca, Japão, Noruega e Dubai – e a cereja no topo do bolo é uma viagem única a uma ilha particular no Caribe.

Ao conseguir o emprego, o candidato escolhido também receberá um salário equivalente a US $ 135.000 por ano por seus problemas, como o fotógrafo especialista em sombras, Russ Francis.

Espera-se que o candidato “Shore Explorer” realize a tarefa diária de postar suas experiências no Instagram, Instagram Stories e IGTV. Além disso, eles serão selecionados para o cargo por um painel independente de jurados, incluindo James McVey – guitarrista do The Vamps e estrela do “I’m A Celebrity” – e a escritora de viagens Nadia El Ferdaoussi.

O papel está aberto aos candidatos do Reino Unido e da Irlanda.

“Estou muito animado por trabalhar com a Royal Caribbean para encontrar a pessoa perfeita para esse novo aprendizado; alguém que tem paixão por viagens, exploração e busca de experiências novas e extraordinárias em todo o mundo “, disse McVey. “E, claro, eles têm que ser brilhantes em compartilhar sua aventura online também.”

A oportunidade de trabalho única na vida foi inventada pela Royal Caribbean International, cujo porta-voz disse: “Estamos procurando um viciado em adrenalina que não esteja apenas com fome de aventura, mas também tenha uma capacidade única de capturar um momento e conte uma história em um simples post de mídia social.

“Nós já oferecemos uma enorme quantidade de incríveis experiências únicas em terra como parte de nossas férias em cruzeiros – de cabos zip e rafting, a caminhadas em geleiras e passeios de balão de ar quente.

“Ao lançar esta posição, esperamos que o candidato vencedor leve o nosso programa de excursões para o próximo nível”, acrescentou.

De acordo com uma nova pesquisa da OnePoll, jovens britânicos, com idades entre 18 e 37 anos, afirmam ser uma geração “faça” em vez de “comprar” – concentrados em gastar seu dinheiro em coisas memoráveis, em vez de posses. 56% acreditam que eles simplesmente obtêm mais experiências do que em um ativo físico – e, para um quarto, a “gratificação instantânea” obtida por meio de uma experiência divertida é reforçada por postagens em mídias sociais.

Os candidatos esperançosos podem obter mais informações sobre como se inscrever visitando o canal ou site do Reino Unido da Royal Caribbean no Instagram .

Fonte: Portal Eu, Rio!