Portal dos Procurados divulga cartaz para tentar encontrar homem suspeito de participar de homicídio em Casimiro de Abreu

O Portal dos Procurados divulgou ontem (26) um cartaz para tentar ajudar a 121ª DP em Casimiro de Abreu com informações que possam levar a localização e prisão de Gleison Silva de Souza, de 32 anos. Conhecido como Roque, ele é apontado como um dos coautores do homicídio de Emerson da Costa Santos, vulgo Boka. O crime aconteceu no dia 15 de março deste ano, em Barra de São João, segundo distrito de Casimiro de Abreu.

Ainda de acordo com o Portal, a vítima estava em um bar com um amigo, quando um homem chegou ao local e iniciou uma confusão, dando um soco no rosto de Emerson, que revidou. Momentos depois, Emerson foi encontrado morto após levar vários tiros.

Segundo investigações, Gleison, vulgo Roque, junto com outros criminosos, foram indiciados como coautores do crime. De acordo com o Portal, Roque ainda seria ligado a facção Terceiro Comando Puro (TCP) e é apontado como um dos principais líderes do tráfico de drogas da região.

Além de Roque, todos os outros participantes do crime também são pertencentes ao tráfico de drogas na Comunidade do Arroz, em Barra de São João. Gleison Silva de Souza é procurado pelo crime de homicídio qualificado e tem contra ele um mandado de prisão preventiva.

Fonte: G1/Região dos Lagos

STF define novas restrições para operações policiais no Rio

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (18) impor novas restrições para a realização de operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro. A decisão limita o uso de helicópteros, determina a preservação de vestígios de crimes e proíbe o uso de escolas e unidades de saúde como bases operacionais das polícias militar e civil. A votação foi concluída à meia-noite e realizada de forma eletrônica, no plenário virtual da Corte.

O julgamento foi motivado por uma ação protocolada pelo PSB para impor limites à atuação policial devido à “excessiva e crescente letalidade” nas operações.

Por unanimidade, a maioria dos ministros acompanhou voto do relator, Edson Fachin, para estabelecer parâmetros para a realização das operações, como restrição ao uso de helicópteros apenas nos “casos de observância da estrita necessidade”, preservação de todos os vestígios de crimes, vedada a remoção de cadáveres sobre o “pretexto de suposta prestação de socorro”, além de obrigar a anexação de fotos e laudos de necropsia às investigações para futura “revisão independente”.

A decisão também cria diretrizes para operações que forem realizadas nas proximidades de escolas, creches, hospitais e unidades de saúde. Os policiais devem evitar operações durante os horários de entrada e saída dos estudantes e obriga a criação de protocolos de comunicação entre a polícia local e as áreas de educação e saúde para garantir a segurança de alunos, professores e pacientes. O uso das instalações de escolares e de saúde como base também fica proibida.

No início do mês, o STF tomou a primeira decisão para limitar as operações policiais em comunidades do Rio. Pela decisão, as operações poderão ser deflagradas somente em casos excepcionais. A polícia ainda deverá justificar as medidas por escrito e comunicá-las ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, órgão responsável pelo controle externo da atividade policial.

A Polícia Militar do Rio afirmou que mantém o seu compromisso de seguir atuando dentro de seus princípios institucionais e que a decisão do STF será respeitada. A Polícia Civil também disse que vai cumprir a decisão e que mantém seu compromisso institucional com a sociedade.

Polícia prende autor de feminicídio de jovem de 20 anos em Maricá

Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) prenderam, ontem (15), um homem acusado de matar uma jovem de 20 anos, em novembro do ano passado, em Maricá, na Região dos Lagos.

O autor estava sendo procurado pela especializada e foi capturado em cumprimento a mandado de prisão preventiva.

De acordo com a unidade, a jovem Katlen da Silva Carmo foi assassinada pelo ex-namorado no bairro Jardim Atlântico, no distrito de Itaipuaçu, no dia 28 de novembro, quando ia para a escola. A investigação apontou que o autor do crime teria abordado a jovem na rua e após um discussão efetuou disparos de arma de fogo contra ela.

Katlen era cuidadora de dia e estudava à noite. Ela e o ex se conheceram em um bar que frequentavam, através de uma prima dela.

Fonte: Meia Hora

Polícia prende homem acusado de tráfico de drogas em Rio Bonito

Policiais da 119ª DP (Rio Bonito) prenderam um homem acusado de tráfico e associação para o tráfico e apreenderam um menor por fato análogo ao tráfico e associação ao tráfico na comunidade Rato Molhado, em Rio Bonito. O homem é acusado de ser o chefe do tráfico no local.
A prisão aconteceu após policiais ouvirem disparos de arma de fogo. Os acusados tentaram fugir em uma motocicleta mas foram pegos após perseguição. Com eles foram apreendidos 60 papelotes de cocaína. O homem acusado possui diversas passagens incluindo porte de arma, tráfico de drogas e associação criminosa.

Policiais da delegacia de Rio Bonito e agentes da PRF prendem acusado de estelionato

Policiais da 119ªDP (Rio Bonito), em conjunto com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), prenderam, na última segunda-feira (06/07), um homem acusado de estelionato. Contra ele foi cumprido mandado de prisão, expedido pela Justiça.  Segundo os agentes, o acusado possui passagens de estelionato, furto e apropriação indébita. Com ele foi recolhida uma carteira de perito particular. Ele foi encaminhado ao sistema prisional.