Fiscalização de Arraial do cabo e Polícia Militar acabam com festa em casa usada para eventos

A Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Militar interromperam uma festa na noite de sábado (9) na Praia Grande, em Arraial do Cabo, Região dos Lagos do Rio. A intervenção foi feita após denúncias e aproximadamente 30 pessoas foram orientadas a voltar para casa.

Nenhum responsável por promover a aglomeração, que está proibida por decreto municipal durante o período de pandemia, foi localizado. A maior parte do público era de jovens. Eles não resistiram a ordem dos agentes e encerraram a festa na Rua Pastor Paulo Manhard.

Segundo o secretário de Segurança Pública municipal, Bruno Monteiro, tapumes chegaram a ser colocados para impedir a visão pelo lado de fora das pessoas dentro da casa e para abafar o som. Diversos vizinhos acionaram a fiscalização, que chegou ao local por volta das 23h.

“A informação que recebemos é de que outros eventos já tinham sido realizados ali no período de orientação para o isolamento social. É uma casa comum com piscina que foi transformada em espaço para festas”, disse Bruno Monteiro, que acredita que mais pessoas ainda deveriam chegar no local, caso a intervenção não tivesse ocorrido.

De acordo com o secretário, neste domingo (10) o fiscal de plantão tenta entregar a notificação ao responsável pelo evento, mas a pessoa ainda não foi encontrada e o imóvel está fechado.