Torcedor agredido por Neymar apresenta reclamação contra o jogador na França

Após a notícia de que o processo de estupro foi arquivado, Neymar pode se ver envolvido em outro problema judicial: o torcedor agredido por ele em abril deste ano, durante a premiação da Copa da França, apresentou uma reclamação contra o jogador na Promotoria Pública da França. As informações são do jornal francês “L’Équipe”.

A agressão aconteceu no dia 27 de abril, no momento em que Neymar e os jogadores do Paris Saint-Germain passavam em meios aos torcedores na arquibancada, em direção à tribuna, para receber o prêmio pelo segundo lugar da Copa da França – o Rennes venceu a final e ficou com o título. O brasileiro se irritou com a provocação de um torcedor e o agrediu com um soco.

Advogado do rapaz identificado apenas como Nelson, 29 anos, citou “inversão de valores” para justificar a decisão de protocolar a reclamação quase quatro meses depois.

– Eu avisei ao meu cliente que os valores seriam invertidos e que a vítima seria considerada culpada se essa situação persistisse ao ponto de se tornar insuportável para ele. Que ele deveria apresentar uma reclamação para interromper essa inversão de valores – disse o advogado Philippe Ohayon.

– Se meu cliente agredisse o Neymar da mesma maneira, sem dúvida a justiça já o teria massacrado sem pesar. Se o oficial da Promotoria não acatar nossa reclamação, significa que amanhã qualquer um pode ser agredido sem que haja a expectativa de punição – completou.

Na ocasião, uma semana depois do acontecido, o torcedor agredido se disse arrependido pelas provocações e afirmou que, “se cruzasse na rua, seria o primeiro a pedir para tirar uma foto”. Nas redes sociais, Neymar também mostrou arrependimento: “Estou errado? Estou. Mas ninguém tem sangue de barata”.

De acordo com o “L’Équipe”, também houve várias tentativas de reuniões entre advogados dele com representantes de Neymar. Mas em vão.

Fonte: Globo Esporte