Tanguá ganha Estação Cidadania e Cultura

A noite da última sexta-feira (9) foi dia de festa em Tanguá. Com presença maciça da população, incluindo muitas famílias com crianças, foi inaugurada na cidade a Estação Cidadania – Cultura, espaço que integra em um só local programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação profissional, serviços socioassistenciais e políticas de prevenção à violência. Localizado no bairro Bandeirantes II, área de alta vulnerabilidade econômica e social, o espaço recebeu investimentos de R$ 2,02 milhões do governo federal, além de uma contrapartida da Prefeitura de mais de R$ 300 mil.

A Estação Cidadania de Tanguá conta com dois edifícios multiuso, dispostos numa praça de esportes e lazer, salas multiuso, biblioteca, telecentro, cineteatro/auditório com 60 lugares, quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground e pista de caminhada. A expectativa é atender de cerca 200 pessoas por dia.

Espaço recebeu investimentos de R$ 2,02 milhões do governo federal, além de uma contrapartida da Prefeitura de mais de R$ 300 mil (Foto: Divulgação)

“Um complexo como este tem um valor extraordinário. Nós queremos que não tenha nenhum jovem com tempo ocioso, que todos estejam estudando ou tendo alguma atividade esportiva ou artística, para que se despertem novos talentos e, ao mesmo tempo, haja uma melhoria do ponto de vista social e econômico e que os meninos não tenham tempo para escolher caminhos errados, como, por exemplo, o caminho das drogas”, disse o chefe do Escritório do Ministério da Cidadania na Região Sudeste, Matheus Quintal.

A unidade de Tanguá é a oitava inaugurada no estado. Quintal parabenizou o empenho da atual gestão. “Vinte seis cidades foram contempladas com esse projeto, que é de 2012, mas essa é apenas a oitava unidade inaugurada. Muitos prefeitos estão tendo que devolver o dinheiro, pois não conseguiram tocar a obra. Por isso, parabenizo o prefeito Valber pelo empenho em tornar o sonho dessa comunidade em realidade. A obra foi muito bem executada e o resultado estamos vendo hoje aqui”, afirmou Quintal

O prefeito de Tanguá, Valber Carvalho, também ressaltou a importância da Estação Cidadania. “Esta é uma região carente, mais afastada do Centro da cidade, então poderemos trabalhar nossas crianças no contraturno para que elas não fiquem expostas a outros segmentos que não trazem nenhuma vantagem à cidadania. Este é um espaço abençoado para a nossa região. Este espaço será um diferencial na vida dos moradores da cidade. Com certeza, crianças, jovens, adolescentes e famílias poderão ter encontro com atividades culturais, esportivas, de lazer, educacionais, além dos serviços de assistência social para que todos tenham acesso à dignidade e à cidadania”, disse Valber.

O secretário de Obras, Felipe Monteiro, falou sobre o investimento da Prefeitura no complexo poliesportivo. “O município recebeu um recurso federal de cerca de R$ 2 milhões e a Prefeitura entrou com mais de R$ 300 mil de contrapartida. Tivemos algumas dificuldades durante o processo, mas conseguimos finalizar a obra no ano passado. Restavam apenas alguns problemas burocráticos na questão do mobiliário, que conseguimos sanar com muito empenho de toda nossa equipe. Começamos essa obra do zero e hoje estamos entregando esse espaço para a população”, explicou Felipe.

A Estação Cidadania de Tanguá conta com dois edifícios multiuso, dispostos numa praça de esportes e lazer (Foto: Divulgação)

Presente na inauguração, a ex-deputada federal, Solange Almeida, elogiou a estrutura do complexo. “Uma obra maravilhosa, que acredito não ter igual nos municípios da região, inclusive em Rio Bonito, onde fui prefeita por três mandatos. Sabemos da dificuldade que é concluir uma obra com recursos federais, devido a burocracia. É um trabalho árduo, que muitos municípios tiveram a oportunidade de ter, mas não conseguiram finalizar a obra. Por isso, é importante que a população saiba que somente com muito trabalho, muito afinco, competência, gestão e amor a população  é que se chega até aqui”, disse Solange, que foi uma das peças fundamentais para a liberação da verba enquanto era deputada federal.

Moradores aprovam espaço

Moradora do Bandeirantes II há 11 anos, Michele Fortunato elogiou o espaço. “Temos muitas crianças que não têm onde brincar, o que fazer, ficam em casa e agora elas vão poder ter um esporte para poder trabalhar. Nós temos muito orgulho e alegria de estarmos participando e vendo a prosperidade chegando aqui no nosso bairro para trazer mais produtividade, cultura e desenvolvimento para a cidade”, afirmou.

A unidade de Tanguá é a oitava inaugurada no estado (Foto: Divulgação)

Também morador do bairro, Luís Caetano comemorou a inauguração da Estação Cidadania. “Apesar das nossas crianças já utilizarem esse espaço há quase um ano, só agora podemos dizer que é nosso de verdade. Será um ganho muito importante para o nosso bairro. Não só na parte de esporte, mas também na educação, na cultura e na área social. Agora depende da gente, morador, cuidar e zelar por esse espaço. A Prefeitura fez a parte dela, agora é com a gente”, disse Luís.