Apontado como gerente de quadrilha atuante no Parque Andrea é preso em Rio Bonito

Policiais civis da 119ª DP de Rio Bonito prenderam na manhã desta quinta-feira (15) o suspeito apontado como gerente da quadrilha que atuava no bairro Parque Andrea, Guilherme Soares da Conceição Andrade, o GL. O suspeito, de 19 anos, é acusado pelo crime de tortura, e também é apontado em outro inquérito policial como responsável pelo tráfico de drogas no local.

GL estava foragido desde a última quinta-feira (Foto: Divulgação)

A ação que terminou com a prisão do GL foi a conclusão da Operação Torture, que no dia 1º de agosto (quinta-feira) terminou com a morte de um homem e prisão de outros dois suspeitos, incluindo a apreensão de um adolescente de 15 anos. Todas as prisões ocorreram no bairro Parque Andrea.

GL estava foragido desde a primeira incursão policial à localidade. Após entrar em confronto com a polícia, o suspeito fugiu do local. Guilherme é acusado por moradores de cobrar taxas no bairro, e de agressão. Moradores teriam relatado, ainda, que os suspeitos costumavam agir com repressão e violência na localidade.